easyJet mostra crescimento mais fraco nos aeroportos de Lisboa e do Porto

23-01-2018 (17h41)

Foto: easyJet
Foto: easyJet

A easyJet, que indicou ter terminado o último trimestre de 2017 com um aumento de passageiros em 8%, para as suas operações em Lisboa e no Porto apontou variações de 7,6% e 4,2%, respectivamente.

A variação no Porto é mesmo a mais fraca das especificadas pela easyJet no seu balanço, que incluem Veneza, com +11,1%, Suíça, com +9,6%, França, com +6,3%, Amesterdão, com +5%, e Reino Unido, com +4,8%.

A informação divulgada pela easyJet mostra que antecipa desacelerar o aumento de capacidade de 8,3% no semestre de Setembro de 2016 a Março de 2017 para 5,1% no semestre de Setembro de 2017 a Março deste ano, ficando ainda assim acima da concorrência, que indica irá desacelerar o aumento de capacidade de 7,6% no semestre de Setembro de 2016 a Março de 2017 para 2,4% no semestre de Setembro de 2017 a Março deste ano.

A companhia divulgou entretanto que vai mudar o seu Chief Commercial Officer, referindo que ainda não decidiu quem substituirá Peter Duffy que, refere, “concordou com Johan [o novo CEO Johan Lundgren] que agora é a altura certa para ele sair da easyJet”.

No curto prazo, as equipas que trabalhavam com Duffy passarão a reportar a Johan Lundgren no sentido de desenvolverem “a melhor estrutura para estas áreas de negócios”.

Uma decisão já tomada é que Accountability for pricing, revenue management e ancillary revenue são transferidas da aérea Comercial para o director de Estratégia e Rede, Robert Carey, com o objectivo de haver “melhor alinhamento e transparência em todas as decisões chave que a easyJet faça sobre para onde voa, quanto cobra e que outros produtos e serviços a companhia propõe aos clientes”.

Na mesma informação é indicado que também está de saída o ainda director de Comunicação, Paul Moore, que irá seguir a antiga CEO da companhia, Carolyn McCall, que se mudou para a ITV plc.

 

Continua:

easyJet factura +14,4% no último trimestre de 2017 com +8% de passageiros

 

 

Clique para mais notícias: easyJet

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos alemães da Ryanair pronunciam-se sobre greve a partir de Agosto

22-06-2018 (16h26)

O sindicato de pilotos alemães Vereiningung Cockpit (VC) vai promover uma votação entre os seus cerca de 400 associados que trabalham na low cost Ryanair sobre desencadear uma greve a partir de Agosto.

CEO da TAP defende direito a sonhar com liderar tráfego entre a Europa e a América do Norte

20-06-2018 (17h57)

Embora tenha pela frente concorrentes como a British Airways, que ainda em 4 de Maio começou a voar de Londres-Heathrow para Nashville, sua 26ª cidade nos Estados Unidos, o CEO da TAP reivindicou hoje no Porto o direito a da companhia a “sonhar grande em relação a ser a principal companhia aérea que liga a Europa à América do Norte”.

CEO da TAP garante aposta no Porto e ironiza: “a concorrência que se cuide”

20-06-2018 (17h51)

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro "é historicamente um dos alicerces da TAP", que tem um "compromisso total e absoluto" com o Porto, garantiu hoje o CEO da companhia, Antonoaldo Neves, que rematou com um: "Queremos ter uma posição dominante no Porto, e a concorrência que se cuide".

Antonoaldo Neves reconhece pontualidade como “problema gravíssimo” da TAP

20-06-2018 (17h48)

"Temos um problema gravíssimo de pontualidade na ponte aérea e na TAP em geral", reconheceu hoje o CEO da companhia, Antonoaldo Neves, na sessão de balanço da operação da companhia aérea no Porto admitiu, que assegurou tratar-se de um "desafio" a superar nos próximos tempos.

Exportações portuguesas de transporte aéreo de passageiros voltam a crescer acima de 20% em Abril

20-06-2018 (16h28)

As empresas portuguesas de transporte aéreo de passageiros, as maiores das quais a TAP, a Azores Airlines, a euroAtlantic e a Hi Fly, aumentaram em Abril as vendas ao estrangeiro em 23,2%, alcançando assim um aumento médio em 15,3% no quadrimestre.