Diversidade é ‘trunfo’ da LATAM para entrar nos voos Lisboa – São Paulo

28-06-2018 (13h20)

O aumento dos voos da TAP e da Azul entre Lisboa e São Paulo não assusta a LATAM, que conta como seu ponto forte para começar a voar entre as duas cidades a 3 de Setembro que o seu mercado "é mais do que São Paulo, é Chile, Argentina, Peru, Colômbia", disse ao PressTUR Rodrigo Contreras, director da companhia para a Europa.

"A nossa capacidade não é só a capacidade de São Paulo. Somos capazes de chegar dentro do Brasil e fora do Brasil, ao resto da América do Sul, onde conectamos com mais de 120 destinos", disse Rodrigo Contreras, hoje em Lisboa para apresentar a nova rota da LATAM entre Lisboa e São Paulo, que começa a 3 de Setembro com cinco voos por semana.

"A diversidade de mercados onde vamos construir tanto de Lisboa para a América do Sul como da América do Sul para Lisboa permite-nos concorrer", acrescentou o director da LATAM para Europa.

Face à oferta da Azul em voos domésticos no Brasil, Rodrigo Contreras responde que "não voamos só dentro do Brasil, mas também fora do Brasil e é isso que nos faz concorrer de forma totalmente diferente".

O mesmo ‘trunfo' da diversidade é apontado pelo executivo quando questionado sobre o impacto de uma previsível desvalorização do real nas viagens internacionais de brasileiros.

Qualquer factor económico "tem influência e temos que estar sempre muito atentos ao que se está a passar", disse Rodrigo Contreras, que realçou que, no entanto, "é a diversidade que nos permite que quando algum mercado não está a correr tão bem existam outros mercados que compensam".

Por outro lado, acrescentou, o impacto da desvalorização do real no sentido Europa - Brasil é que ligará a "destinos que passam a estar mais baratos".

"A nível de turismo poderia ser uma oportunidade", concluiu.

Os voos da LATAM entre Lisboa e Guarulhos serão às segundas, terças, quartas, quintas e Sábados, com uma duração de cerca de dez horas e 45 minutos.

A companhia aérea prevê transportar mais de cem mil passageiros por ano na rota Lisboa - São Paulo, que vai operar em aviões Boeing B767 com capacidade para 191 passageiros em económica e 30 em premium business.

Lisboa é a oitava cidade europeia para onde a LATAM opera, juntando-se a Madrid, Barcelona, Paris, Londres, Frankfurt, Milão e Roma.

 

Continua em:

LATAM já vende Lisboa - São Paulo e "está a correr muito bem" - Rodrigo Contreras

 

Clique para mais notícias: LATAM

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo Air France KLM anuncia 44 novas rotas este Inverno IATA 2017/2018

18-10-2018 (18h11)

O grupo Air France KLM, nº 1 da aviação europeia em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), anunciou hoje que este Inverno IATA, que vai de dia 28 de Outubro a 30 de Março, terá 44 novas rotas e uma frota mais moderna e com cabinas novas.

Governo ainda está em negociações relativamente ao aeroporto do Montijo – Pedro Marques

18-10-2018 (17h43)

O Governo ainda está em negociações relativamente ao novo aeroporto do Montijo e não sabe quando será assinado o acordo com a ANA -Aeroportos de Portugal, disse ontem o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

Compras de passagens aéreas ao estrangeiro caem 10,5% em Agosto

18-10-2018 (17h06)

As compras de passagens aéreas a companhias estrangeiras, contabilizadas pelo Banco de Portugal como importações, caíram 10,5% em Agosto, o que ‘acomodou’ um abrandamento das vendas ao estrangeiro (exportações) para 3,3%.

Ryanair garante continuidade dos voos Lisboa – Porto no próximo Verão

17-10-2018 (17h02)

A Ryanair vai continuar a voar entre Lisboa e Porto no próximo Verão, assegurou a companhia em resposta ao PressTUR, questionada sobre a continuidade da linha tendo em conta que no seu website estão indisponíveis reservas a partir de 31 de Março.

Travelport renova acordo de distribuição com a Jet Airways

17-10-2018 (14h17)

A Travelport e a Jet Airways renovaram o seu acordo de distribuição, que permite às agências de viagens conectadas à tecnológica aceder à oferta da companhia de aviação indiana.