Deslocação da base aérea de Sintra para Beja avança na Primavera para libertar espaço aéreo

21-11-2019 (18h55)

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, anunciou que a deslocação da base aérea nº1 de Sintra para Beja vai avançar na Primavera, para “libertar muitos constrangimentos na gestão do espaço aéreo na proximidade do aeroporto de Lisboa”.

“A deslocação da base aérea nº1 de Sintra para Beja já na Primavera do próximo ano vai libertar muitos constrangimentos na gestão do espaço aéreo na proximidade do aeroporto de Lisboa e permitir mais movimentos com menos constrangimentos do que aqueles que se verificam”, disse Pedro Siza Vieira no 31º Congresso Nacional de Hotelaria e Turismo, organizado pela Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), a decorrer em Viana do Castelo.

“Sabemos que o reforço da capacidade aeroportuária está comprometido enquanto não podermos ter em operação o novo aeroporto do Montijo, mas um investimento muito significativo [já a anunciado] vai ser feito também no Aeroporto Humberto Delgado [Lisboa] e é nesse que temos que nos concentrar", acrescentou Siza Vieira perante uma plateia de hoteleiros e outros agentes do sector turístico.

Pedro Siza Vieira considera que é este investimento na expansão do aeroporto de Lisboa, bem como no Porto, que "vai permitir mais rapidamente aumentar os acessos [de turistas] a Lisboa".

O sector tem reclamado urgência no avanço das obras do aeroporto complementar do Montijo - que aguarda a resposta da ANA à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) sobre as medidas de mitigação de impacto ambiental - de forma a não comprometer todo o trabalho desenvolvido pelo sector até aqui.

“Os investimentos que se vão começar a fazer poderão reforçar o número de movimentos para o aeroporto já a partir do próximo ano. Este investimento, e ultrapassados os investimentos à volta da capacidade aérea, é muito significativo”, acrescentou.

(PressTUR com Agência Lusa)

Ver também:

Governo reforça programa de captação de rotas aéreas com 10 milhões

Linha de Apoio à Qualificação da Oferta turística vai contar com mais 250 milhões

Governo vai avançar com proibição das cláusulas de paridade das plataformas online

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo Air France KLM cresce 3,5% até Novembro

10-12-2019 (16h59)

O grupo Air France KLM, que já foi o líder europeu em tráfego medido em RPK (do inglês para passageiros x quilómetros voados), registou um crescimento médio em 3,5% nos primeiros onze meses deste ano, que lhe permitiu um ganho de taxa de ocupação em 0,5 pontos, atingindo uma média de 88,5%.

Cabo Verde Airlines vai ter mais voos Sal - Paris

10-12-2019 (16h58)

A Cabo Verde Airlines, ‘sucessora’ da TACV, vai aumentar a oferta de voos entre o Sal e Paris Charles de Gaulle ainda este mês, passando a disponibilizar quatro voos por semana.

EL AL já voa com o seu novo B787 Dreamliner

10-12-2019 (16h38)

A companhia de aviação EL AL Israel Airlines anunciou que já recebeu o seu 13º avião Boeing 787 Dreamliner, com matrícula 4X-ERA, e que já se encontra em operação.

‘Lista negra’ da UE inclui companhias aéreas de Angola, São Tomé, Guiné Equatorial e Venezuela

10-12-2019 (16h28)

Companhias de aviação de Angola, São Tomé e Príncipe, Guiné Equatorial e Venezuela constam a ‘lista negra' de 115 transportadoras proibidas de voar para a União Europeia (UE) divulgada em Bruxelas.

TAP Air Cargo anuncia novo website

10-12-2019 (16h13)

A TAP Air Cargo, uma unidade da TAP Air Portugal, tem um novo website onde fornece informação de produtos e serviços, cotações, horários, reservas, cartas de porte electrónicas, ‘track & trace’ das cargas e canais de contacto imediato e directo com o serviço ao cliente.

Noticias mais lidas