Delta passa a voar todo o ano entre Nova Iorque JFK e Lisboa

18-04-2018 (14h04)

A Delta Airlines, principal companhia de aviação do segundo maior grupo aéreo dos Estados Unidos, com mais de 186 milhões de passageiros transportados em 2017, anunciou que passa a ter voos todo o ano entre Nova Iorque JFK e Lisboa, em concorrência com a TAP, como já acontecia em época alta.

A companhia norte-americana, que até este anúncio tinha voos entre Nova Iorque JFK e Lisboa apenas em época alta, informou que passará a ter quatro voos por semana nesta rota em época baixa, entre Janeiro e inícios de Março, e cinco por semana nos restantes meses.

Os voos serão nocturnos no sentido Nova Iorque - Lisboa, com partida de JFK às 22h20 (hora local) e chegada à capital portuguesa às 10h15.

De Lisboa para Nova Iorque os voos têm partida prevista para as 11h45 e chegada a Nova Iorque às 15h03 (hora local).

Os clientes da Delta vão ter "acesso nonstop à Europa todo o ano", diz o comunicado da Delta em que anuncia que passou de sazonais a anuais os voos, citando os casos de Nova Iorque JFK - Lisboa, Los Angeles - Paris e Amesterdão, Indianápolis - Paris e Orlando - Amesterdão.

A alteração  no caso da rota de Lisboa começa a 27 de Outubro, especifica o comunicado, no qual o vice-presidente sénior da companhia norte-americana para as rotas transatlânticas, Dwight James, avalia como "tremendamente bem sucedido" o primeiro Verão de operação da rota JFK - Lisboa, em 2017.

O executivo acrescenta que a companhia viu, assim, "grande potencial para serviços adicionais" para Portugal e, daí, o anúncio de mais rotas, designadamente Atlanta - Lisboa e JFK - Ponta Delgada (para ler mais clique: Norte-americana Delta reforça em Portugal com 2ª rota para Lisboa e voo Nova Iorque JFK - Ponta Delgada).

Um comunicado da companhia distribuído em Portugal diz que "durante os meses de Verão, a Delta vai oferecer mais de 3.700 lugares por semana entre Portugal e os Estados Unidos, oferecendo mais opções non-stop e one-stop (uma escala) para os turistas dos EUA descobrirem a cultura da região, cidades históricas e praias fantásticas".

Os seu voos serão realizados em aviões Boeing 757-200ER, mas a companhia "tem programado um Boeing 767-300ER na rota entre Lisboa e Atlanta", refere o comunicado que acrescenta que "todas as rotas vão ser operadas em conjunto com os parceiros joint-venture Air France-KLM e Alitalia".

"A bordo, o Delta Studio - mais de 1000 horas de entretenimento on-demand complementar - pode ser visionado em ecrãs individuais por trás dos encostos para a cabeça dos assentos da frente ou directamente num portátil, tablet ou telemóvel", informa o comunicado, que diz ainda que "os clientes desfrutam ainda de mensagens móveis gratuitas via iMessage, WhatsApp e Facebook Messenger, além do acesso opcional a Wi-Fi de alta velocidade".

 

Clique para mais notícias: Delta Airlines

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Américas

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo TAP prepara-se para entrar em bolsa a partir de 2020

22-03-2019 (18h21)

A TAP SGPS está a trabalhar para, a partir de 2020, estar pronta a avançar com uma IPO (Oferta Pública Inicial), com uma percentagem entre 15% e 30%, anunciou hoje o presidente da Comissão Executiva do grupo.

Grupo TAP tem prejuízo de 118 milhões de euros em “ano necessário”

22-03-2019 (18h06)

O Grupo TAP passou de um lucro de 21,2 milhões de euros em 2017 para um prejuízo de 118 milhões de euros em 2018, um ano de transformação necessária para preparar o futuro, segundo descreveram hoje Miguel Frasquilho, Antonoaldo Neves e David Neeleman.

TAP quer acabar com “dependência” do Brasil através da diversificação de mercados

22-03-2019 (16h42)

A TAP está a trabalhar na diversificação de mercados para acabar com a “dependência” do Brasil, um mercado que representa quase 25% das vendas totais da companhia e que no ano passado teve uma quebra de receitas de 10%, em euros.

TAP vai investir “cada vez mais” nas vendas directas

22-03-2019 (15h13)

As vendas da TAP através dos seus canais directos, como o seu website e o contact center, representaram 41% das vendas da companhia aérea em 2018, e o objectivo é chegar a 50%, disse hoje Raffael Quintas, Chief Financial Officer (CFO) da companhia.

Companhia aérea indonésia cancela encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX

22-03-2019 (14h30)

A companhia aérea indonésia Garuda anunciou hoje o cancelamento de uma encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX, aparelho ligado a dois acidentes, o mais recente dos quais a 10 de Março, na Etiópia.