DECO recebeu mais de quatro mil queixas relativas a transporte aéreo em 2018

19-04-2019 (18h19)

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) recebeu mais de quatro mil reclamações relacionadas com transportes aéreos em 2018 e, no primeiro trimestre deste ano, elevam-se a 674.

Em comunicado, a DECO especificou que o número de reclamações relativas a transporte aéreo atingiu um total de 4.122.

“Nesta época de Páscoa, em que muitos portugueses viajam para estar com a família e para descansar longe do ‘stress’ do dia-a-dia, as reclamações relacionadas com transportes aéreos ganham especial importância”, assinala o comunicado, que elenca que as queixas mais numerosas são de atrasos e cancelamentos de voos, seguindo-se os problemas com bagagem e a emissão de bilhetes.

Quanto ao às reclamações provocadas por atrasos e cancelamentos dos voos, a DECO destaca “a falta de informação, a falta de assistência e os entraves ao pagamento da indemnização” como os principais motivos das queixas.

No caso dos problemas com a bagagem, os consumidores reclamam sobretudo de danos, atrasos e extravios.

“Estas queixas, apesar de ainda serem significativas, estão a baixar” e “as transportadoras são hoje mais transparentes e rápidas no tratamento destas situações”, acrescenta a DECO Proteste.

Em terceiro lugar estão as reclamações relativas a obstáculos à emissão de bilhetes, possibilidade de alterar as datas de voo e falta de informação sobre tarifas.

A Associação salienta que nas queixas dos consumidores “há também outras questões a ganhar peso”, citando “problemas com pagamentos para fazer o check-in, pagamentos de bagagens de mão e os tempos de espera no embarque e no desembarque”.

A Deco Proteste realça que os consumidores podem exigir o reembolso dos bilhetes nos casos em que os atrasos dos voos são de cinco ou mais horas e que quanto à bagagem têm direito a uma indemnização até um valor máximo de 1.220 euros, tendo sete dias para reclamar (ou 21 dias se tiver recebido a bagagem com atraso).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Air Europa vai voar Madrid – Fortaleza a partir de 20 de Dezembro

23-08-2019 (13h58)

A Air Europa, companhia do grupo Globalia, de que fazem parte o operador turístico Travelplan e os hotéis Be Live, vai voar Madrid – Fortaleza a partir de 20 de Dezembro, inicialmente com dois voos por semana e, a partir de Junho, com três voos por semana.

Programa nacional de segurança da aviação civil prevê auditorias aos aeroportos

23-08-2019 (13h43)

O Governo aprovou ontem em Conselho de Ministros o diploma que define as responsabilidades dos intervenientes no sector da aviação na implementação das normas da aviação civil e que prevê a realização de auditorias aos aeroportos.

Pista do aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro encerra um mês para obras

23-08-2019 (13h39)

A pista principal do aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro vai estar encerrada durante um mês para obras. Cerca de 200 voos diários serão transferidos para o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Rio Galeão).

Aeroporto de Lisboa vai ter uma nova área de chegadas com mais cinco postos de controlo

21-08-2019 (16h30)

O aeroporto de Lisboa vai ter a partir de final de Setembro/início de Outubro mais cinco postos de controlo do Serviço de Estangeiros e Fronteiras (SEF) numa nova área de chegadas, disse Isabel Oneto, secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna.

Lisboa foi Top5 de crescimento de passageiros na Europa no primeiro semestre

21-08-2019 (15h37)

O ACI Europa, associação que reúne mais de 500 aeroportos europeus, cotou o Aeroporto de Lisboa como um dos grandes aeroportos do continente com mais forte crescimento do número de passageiros no primeiro semestre.

Noticias mais lidas