Crescimento da Ryanair arrefece em Dezembro para nível mais baixo desde Março de 2014

03-01-2018 (13h59)

Foto: Ryanair
Foto: Ryanair

A Ryanair, maior companhia de aviação europeia, indicou hoje que o seu crescimento em Dezembro foi em 3%, que é o nível mais fraco desde Março de 2014, em que pelo efeito Páscoa registara uma queda em 3,9%.

Ainda assim, a companhia acaba por concluir um ciclo de 45 meses consecutivos de crescimento e, com 9,3 milhões de passageiros transportados, superar Dezembro de 2016 por 300 mil passageiros.

Com esse aumento, face a um crescimento da capacidade moderado para 2,2%, a Ryanair melhorou a percentagem de lugares vendidos em um ponto, para 95%, o que se traduz, por sua vez, numa redução do número de lugares vazios nos seus voos em cerca de 15% ou 85 mil.

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Sindicato belga alerta para mais greves se “a Ryanair não mudar”

19-10-2018 (17h22)

O sindicato belga CNE, que representa tripulantes de cabina da Ryanair, ameaçou organizar vários dias de greve antes do final do ano se a companhia “não mudar radicalmente de posição e atitude”.

Ryanair chega a acordo com sindicato dos pilotos portugueses

19-10-2018 (10h30)

A Ryanair chegou a acordo com o sindicato português dos pilotos SPAC, o que “servirá de base para acordos relativos a antiguidade e transferência de base”.

Grupo Air France KLM anuncia 44 novas rotas este Inverno IATA 2017/2018

18-10-2018 (18h11)

O grupo Air France KLM, nº 1 da aviação europeia em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), anunciou hoje que este Inverno IATA, que vai de dia 28 de Outubro a 30 de Março, terá 44 novas rotas e uma frota mais moderna e com cabinas novas.

Governo ainda está em negociações relativamente ao aeroporto do Montijo – Pedro Marques

18-10-2018 (17h43)

O Governo ainda está em negociações relativamente ao novo aeroporto do Montijo e não sabe quando será assinado o acordo com a ANA -Aeroportos de Portugal, disse ontem o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

Compras de passagens aéreas ao estrangeiro caem 10,5% em Agosto

18-10-2018 (17h06)

As compras de passagens aéreas a companhias estrangeiras, contabilizadas pelo Banco de Portugal como importações, caíram 10,5% em Agosto, o que ‘acomodou’ um abrandamento das vendas ao estrangeiro (exportações) para 3,3%.