Chief Revenue da TAP cria área para “reposicionar o controlo da distribuição”

08-03-2018 (14h11)

O Chief Revenue Officer da TAP, Elton D'Souza, divulgou hoje à empresa a nova estrutura da sua área, na qual inclui um departamento de Distribuição Estratégica, que terá a responsabilidade de "reposicionar o controlo da distribuição do produto TAP em alinhamento com as actuais práticas em termos globais".

A informação interna divulgada por Elton D’Souza explica que a criação dessa área de Distribuição Estratégica é para “reposicionar o controlo da distribuição do produto TAP em alinhamento com as actuais práticas em termos globais” e específica que terá nomeadamente a seu cargo as negociações com os GDS.

Sob a responsabilidade de Nuno Viegas,  a nova área “irá desenvolver a visão, objectivos e metas em termos comerciais e tecnológicos, assegurando a negociação com os GDS’s (Global Distribution System)”, explicita a circular assinada por Elton D’Souza.

A informação começa por situar as alterações no “processo de transformação e crescimento em curso na TAP Air Portugal” e especifica de seguida as responsabilidades de cada uma das áreas que respondem directamente a Elton D’Souza.

Assim, é indicado que Salvação Alves é nomeada Directora de Pricing e Otimização da Procura, “tendo em vista reforçar a estratégia de diversificação do produto e potenciar a maximização da receita”.

Seguem-se as nomeações de Maria João Dias como Directora de Rede Continental e Optimização de Inventário e Ana Mónica Freire como Directora de Rede Intercontinental e Optimização de Inventário, que a informação explicita têm “o objectivo de fortalecer o alinhamento estratégico com a gestão e optimização de cada rota e posicionamento nos diversos mercados onde a TAP Air Portugal”.

“De igual modo, para assegurar a gestão de slots e horários e garantir a articulação dos diversos recursos (aeronaves, tripulação, catering, serviços especiais e reacomodação de passageiros) essenciais ao bom desempenho das nossas operações, mantém-se na função de Gestora de Planeamento de Horários, Mafalda Carvalho”, acrescenta a informação.

O documento apresenta depois a informação sobre a criação da área de Distribuição Estratégica e segue-se a indicação que a “área de Alianças e Relações Institucionais passa a integrar esta estrutura e irá agregar as responsabilidades relativas às áreas de SPA’s (Special Prorate Agreements) e de implementação de Codeshares, mantendo-se em funções como Diretor de Alianças e Relações Institucionais, José Guedes Dias”.

Sob a responsabilidade directa do Chief Revenue Officer passa a estar também a área de Prevenção de Fraude, de que João Frias se mantém Gestor de Prevenção de Fraude.

O documento a que o PressTUR teve acesso explicita que “a área de Prevenção de Fraude passa também a integrar esta estrutura e irá assegurar a estratégia global de controlo de fraude, verificando os diferentes métodos digitais de pagamento nas vertentes operacional/comercial, garantindo a monitorização da integridade e optimização da receita, o controlo de custos associados à fraude e à implementação de soluções de pagamento nos mercados”.


Para ler mais clique:

Antonoaldo Neves ‘arruma’ a TAP ‘à sua maneira' 


Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

TAP confirma A321neo LR na rota Porto – Newark

18-01-2019 (11h56)

A TAP confirmou que a partir de 1 de Junho vai voar entre Porto e Nova Iorque Newark seis vezes por semana com um avião Airbus A321neo Long Range, como o PressTUR noticiou esta terça-feira, dia 15.

Norwegian vai encerrar bases em Espanha, Itália e EUA

18-01-2019 (11h30)

A companhia de aviação Norwegian Air Shuttle anunciou que vai encerrar a partir de Abril várias bases em Espanha, Itália e Estados Unidos, para melhorar o seu desempenho financeiro.

Aeroportos portugueses já ficaram em Novembro abaixo do crescimento médio na União Europeia

17-01-2019 (17h49)

O estancamento do Aeroporto de Lisboa arrastou o país dos tops de crescimento da aviação comercial na União Europeia para níveis inferiores à média, de acordo com o ACI Europa, que até mostrou Faro no Top5 de crescimento em Novembro dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano.

“A festa poderá estar a acabar em breve”, avisa director-geral do ACI Europa

17-01-2019 (17h47)

O director-geral do ACI Europe, Olivier Jankovec, citado em comunicado da organização, comentou que os dados de Novembro mostram que o transporte aéreo de passageiros “continuam a desafiar um ambiente geopolítico e económico crescentemente desafiador”, mas que “a festa poderá estar a acabar em breve”.