Centenas de voos cancelados hoje em França devido a greve geral

05-12-2019 (15h28)

Foto: Trinity Moss / Unsplash
Foto: Trinity Moss / Unsplash

A greve geral em França contra o projecto de revisão do sistema de reformas provocou o cancelamento de centenas de voos hoje. Um sindicato de controladores de tráfego aéreo que se juntou a esta greve vai continuar o protesto até Domingo, dia 8.

A autoridade francesa para a aviação civil já tinha solicitado às companhias aéreas o cancelamento de 20% dos voos programados para hoje, dia 5 de Dezembro, para os aeroportos de Paris Charles de Gaulle, Paris Orly, Lyon, Marselha, Toulouse e Bordéus.

A Air France, de acordo com a imprensa francesa, cancelou 30% dos seus voos domésticos e 20% dos seus voos de médio curso, e assegurou a manutenção de todos os voos de longo curso.

A easyJet, por sua vez, cancelou 233 voos, incluindo 70 de e para o Reino Unido, de um total de 1.186 voos programados.

A Ryanair não especificou quantas partidas cancelou, enquanto a Vueling avançou a previsão de cancelar 16 voos para os aeroportos de Paris Charles de Gaulle e Paris Orly, a Air Algérie cancelou 12 voos para os dois aeroportos da capital e para Marselha, a Volotea cancelou dez voos nas suas bases em França e a Swiss cancelou uma rotação Zurique – Paris, segundo o portal especializado em notícias de aviação “Air Journal”.

A Transavia France manteve os seus voos e a Air Corsica anunciou que tinha previsto perturbações para os seus voos até Domingo.

As notícias acrescentam ainda que companhias estrangeiras como a British Airways, Royal Air Maroc e a TAP não avançaram informações detalhadas sobre os seus voos de e para França, mas avisaram que tinham previsto que os seus voos que atravessam o espaço aéreo em França poderiam ser afectados.

Um aviso no site da TAP com data de 3 de Dezembro diz que “devido à greve geral em França, a TAP informa que os Passageiros podem alterar as suas viagens de e para os aeroportos franceses marcadas para os dias 4 a 8 de Dezembro de 2019, com isenção da taxa de alteração, para voos até ao dia 15 de Dezembro de 2019”.

“Apesar de totalmente alheia a este greve, pedimos desculpa pelo incómodo e reafirmamos o compromisso da TAP de tudo fazer para minimizar o impacto desta greve nos planos de viagem dos nossos Clientes”, acrescenta a companhia de aviação portuguesa.

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Agências de viagens portuguesas ‘derrubam’ em 2019 recorde de venda de voos com 11 anos

17-01-2020 (15h56)

As agências de viagens portuguesas superaram em 2019 o recorde da venda de voos contabilizada pelo BSP da IATA que se mantinha há 11 anos e ficaram próximas dos mil milhões de euros, com mais de três milhões de transacções.

Aeroportos de Cabo Verde somam mais 1,6% de passageiros até Novembro

17-01-2020 (10h45)

Os aeroportos cabo-verdianos movimentaram entre Janeiro e Novembro mais de 2,3 milhões de passageiros, uma subida de 1,6% face ao período homólogo do ano anterior.

Volotea vai voar entre Madrid e Faro no próximo Verão

16-01-2020 (12h24)

A companhia de aviação espanhola Volotea tem programado realizar voos entre Madrid e Faro de 31 de Maio até 4 de Outubro, duas vezes por semana.

TAP passa a incluir Portugália Airlines no negócio dos charters

16-01-2020 (12h12)

A Portugália Airlines, que tem uma frota de 13 aviões Embraer, também vai passar a fazer voos charter contratados ao Grupo TAP, anunciou hoje a companhia de aviação portuguesa.

TAP aumenta frequência de voos para Telavive a partir de Abril

15-01-2020 (11h29)

A TAP vai aumentar a sua oferta de voos entre Lisboa e Telavive, em Israel, de sete voos por semana para 14 durante o mês de Abril e para 11 a partir de Maio.

Noticias mais lidas