Cabo Verde Airlines, Newtour e Lease Fly fazem parceria para operar voos domésticos

06-08-2019 (11h07)

A Cabo Verde Airlines (CVA) anunciou uma "parceria estratégica" com as portuguesas Lease Fly e Newtour para operar os voos domésticos entre ilhas naquele arquipélago, garantindo assim a conectividade ao hub internacional na ilha do Sal.

A CVA refere que a parceria irá garantir a partir de 13 de Agosto a conectividade ao hub na ilha do Sal - de onde a transportadora aérea opera grande parte dos voos internacionais -, de e a partir das ilhas de Santiago, São Vicente e Fogo, com recurso a aviões ATR42-300, segundo um comunicado.

O modelo de operação terá voos bi-diários - no período da manhã e da noite - ao hub do Sal, para garantir também as ligações internacionais da CVA.

A parceria envolve a Lease Fly, uma empresa registada em Portugal e com bases operacionais em Espanha e França, sendo um “operador especializado no transporte aéreo regional e executivo”.

Esta empresa vai disponibilizar os ATR42-300 em regime de locação, o primeiro dos quais, conforme noticiado anteriormente pela Lusa, chegou ao aeroporto da Praia a 30 de julho.

“Num futuro próximo, a Lease Fly pretende obter o seu próprio certificado de operador em Cabo Verde e em parceria com a Cabo Verde Airlines operar e incentivar a conectividade inter-ilhas e ao hub na ilha do Sal”, refere a CVA.

A Newtour, grupo que detém o operador turístico Soltrópico e o master franchising das agências de viagens Bestravel, entre outras empresas, é apresentado no comunicado como um dos maiores grupos no sector do turismo a operar em Portugal, em áreas como a hotelaria ou a distribuição, “contanto com mais de 30 anos de experiência no mercado cabo-verdiano”.

“A Cabo Verde Airlines, e respectivos parceiros, irão explorar as rotas de alta densidade numa operação conjunta. Os aviões serão pintados de acordo com o atual branding da companhia cabo-verdiana”, esclarece a CVA.

“A conexão inter-ilhas, ancorada no programa Stopover que permite ficar em Cabo Verde até sete dias sem encargos adicionais [relativos ao voo], tem agora condições de sustentabilidade para ser assumida pela Cabo Verde Airlines e os seus parceiros na hotelaria, restauração e na animação turística correspondendo à demanda do mercado interno e contribuindo para o crescimento da indústria de turismo no arquipélago”, concluiu o comunicado.

Em Março, o Estado de Cabo Verde vendeu 51% da companhia aérea nacional TACV por 1,3 milhões de euros à Lofleidir Cabo Verde, uma empresa detida em 70% pela Loftleidir Icelandic EHF e em 30% por empresários islandeses com experiência no sector da aviação.

Para o Governo cabo-verdiano, a alternativa à privatização seria a sua liquidação, a qual custaria mais de 181 milhões de euros.

Em entrevista anterior à Lusa, o presidente e diretor executivo da CVA, Jens Bjarnason, explicou que a companhia está nesta altura “concentrada” na implementação do conceito do hub internacional no Sal, tendo já então avançado que a operação doméstica ficaria a cargo de uma “parceria do consórcio que inclui a CVA, Leasefly e uma empresa de distribuição”.

Actualmente, as ligações aéreas entre ilhas são asseguradas apenas pela companhia Binter, mas o Governo cabo-verdiano tem insistido que o mercado está aberto a novas operadoras.

A frota actual da CVA é composta por três Boeing 757-200, com a companhia aérea cabo-verdiana a garantir ligações do arquipélago para Dakar, Lisboa, Paris, Milão, Roma, Boston, Fortaleza, Recife e Salvador.

Entretanto, a CVA prevê reforçar a frota com dois Boeing 757-200 adicionais, a partir de Novembro, garantiu Jens Bjarnason, bem como alargar as ligações internacionais da companhia, até final do ano, a Luanda, Washington, Lagos e Porto Alegre.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Cabo Verde

Clique para ver mais: Cabo Verde Airlines

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Deslocação da base aérea de Sintra para Beja avança na Primavera para libertar espaço aéreo

21-11-2019 (18h55)

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, anunciou que a deslocação da base aérea nº1 de Sintra para Beja vai avançar na Primavera, para “libertar muitos constrangimentos na gestão do espaço aéreo na proximidade do aeroporto de Lisboa”.

Governo reforça programa de captação de rotas aéreas com 10 milhões

21-11-2019 (13h16)

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, escolheu a abertura hoje do 31º Congresso da AHP para anunciar o reforço do programa VIP.pt de captação de rotas aéreas em dez milhões de euros.

Aeroporto de Lisboa encerra pista à noite de Janeiro a Junho

19-11-2019 (18h32)

O Aeroporto de Lisboa terá uma das suas pistas encerradas durante a noite entre Janeiro e Junho para uma intervenção “com vista à melhoria da eficiência da operação”, anunciou hoje a ANA Aeroportos.

Eurowings vai voar entre Colónia e Porto Santo a partir de Maio

19-11-2019 (16h19)

A companhia de aviação Eurowings, do grupo Lufthansa, abriu reservas para uma nova rota que vai inaugurar este Verão, entre Colónia, na Alemanha, e Porto Santo.

Air Europa programa voos para Marrocos de Málaga e Palma de Maiorca

19-11-2019 (16h11)

A companhia de aviação espanhola Air Europa, alvo de um proposta de compra do IAG da British Airways e Iberia, tem programado voar este Verão de Málaga e Palma de Maiorca para Casablanca, Marraquexe e Nador, em Marrocos.

Noticias mais lidas