Boeing diz não ver razão para novas orientações sobre operação do B737 MAX-8

12-03-2019 (16h14)

Foto: Boeing
Foto: Boeing

A Boeing, fabricante do avião da Ethiopian que se despenhou no Domingo matando as 157 pessoas a bordo, declarou hoje “não ter qualquer base para emitir novas orientações para os operadores” de um dos seus mais recentes modelos de aviões de médio curso.

O fabricante norte-americano começa por declarar “total confiança na segurança do 737 MAX”, acrescentando que no entanto “compreende” as medidas que estão a ser tomadas por autoridades no entendimento d que “são as mais apropriadas para os seus mercados domésticos”.

A Boeing assegura então que se envolverá com essas entidades no sentido de “assegurar que têm a informação que necessitam para terem confiança na operação das suas frotas”.

A Boeing também diz que a sua decisão de não considerar serem necessárias novas orientações para os operadores do B737 MAX decorre de a própria autoridade dos Estados Unidos, a FAA (Federal Aviation Administration), que é das mais reputadas a nível mundial, não estar a requerer “qualquer acção adicional neste momento”.

Vários países estão a interditar os voos em B737 MAX-8, que também foi o avião da Lion Air que se despenhou há poucos meses.

De acordo com as agências de notícias internacionais, Reino Unido, França, Áustria, Holanda, Irlanda e Omã são os novos países a interditar o avião, até há pouco apelidado de Gamechanger pelas tecnologias que lhe permitiam melhor custo por passageiros transportado e ser menos poluente.

O B737 MAX entrou em operação comercial em meados de 2016 e conta milhares de unidades encomendadas.

 

Clique para mais notícias: Boeing

Clique para mais notícias: B737 MAX

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroporto de Lisboa vai ter uma nova área de chegadas com mais cinco postos de controlo

21-08-2019 (16h30)

O aeroporto de Lisboa vai ter a partir de final de Setembro/início de Outubro mais cinco postos de controlo do Serviço de Estangeiros e Fronteiras (SEF) numa nova área de chegadas, disse Isabel Oneto, secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna.

Lisboa foi Top5 de crescimento de passageiros na Europa no primeiro semestre

21-08-2019 (15h37)

O ACI Europa, associação que reúne mais de 500 aeroportos europeus, cotou o Aeroporto de Lisboa como um dos grandes aeroportos do continente com mais forte crescimento do número de passageiros no primeiro semestre.

Tráfego aéreo de/para Portugal cresce acima da média da UE no 1º semestre

21-08-2019 (15h29)

Portugal foi um dos países cujos aeroportos tiveram aumentos de passageiros no primeiro semestre “bem acima da média da União Europeia”, informou o ACI Europe, associação que conta com mais de 500 aeroportos em 45 países europeus, que em 2018 somaram mais de 2,3 mil milhões de passageiros.

Ryanair diz que no primeiro dia de greve do SNPVAC teve “mais funcionários” do que necessitava

21-08-2019 (12h29)

A Ryanair assegura, em informação publicada no seu website, que hoje de manhã, primeiro dia de greve de tripulantes de cabina em Portugal convocada pelo SNPVAC, teve “mais funcionários” do que precisava para realizar todos os voos programados de/para aeroportos portugueses.

Portugal é a origem de passageiros para Espanha com aumento mais forte de lugares de avião

20-08-2019 (16h15)

Espanha tem este Agosto +15,5% de lugares de avião em voos de Portugal, que é assim a origem de passageiros com mais forte aumento de lugares no mês, de acordo com uma informação da Turespaña, organismo do Ministério da Indústria, Comércio e Turismo de Espanha.

Noticias mais lidas