Azul cresce acima de 30% no mercado doméstico brasileiro

05-09-2019 (16h11)

Foto: ANA Aeroportos
Foto: ANA Aeroportos

A Azul, companhia de aviação brasileira futura accionista da TAP, informou hoje que teve um crescimento médio do tráfego de passageiros (em RPK, de passageiros x quilómetros voados) de 26,4% em Agosto impulsionado por um aumento em 32,3% no mercado doméstico.

“Mais uma vez aumentamos em dois dígitos a nossa capacidade e crescemos nossa taxa de ocupação, o que demonstra um sólido ambiente de demanda”, foi o comentário do seu CEO, John Rodgerson, citado no comunicado em que a Azul divulga os seus dados de tráfego em Agosto.

A declaração de John Rodgerson assinala que recentemente a companhia recebeu o seu 31º A320neo e que está previsto que receba o primeiro Embraer E-2 “nas próximas semanas”, acrescentando que “são os dois principais propulsores do nosso plano de expansão de margem para os próximos anos”.

A informação da Azul indica que o seu crescimento em voos internacionais, onde se incluem os seus voos de Viracopos, Campinas, para Lisboa e para o Porto, foi mais modesto, em 11,2%, e ficou mesmo aquém do aumento de capacidade, que foi de 13,3%, levando a um decréscimo da taxa de ocupação em 1,5 pontos, para 84,2%.

Ainda assim, pela evolução em alta de 1,4 pontos, para 82,6%, em voos domésticos, a Azul teve em Agosto uma taxa de ocupação média 0,6 pontos superior à do mês homólogo de 2018, situando-se em 83%.

A relevância da sua operação doméstica é ‘cartão de visita’ da Azul, que frisa sempre ser “a maior companhia aérea do Brasil em número de voos e cidades atendidas, com 870 voos diários e 114 destinos”.

 

Clique para mais notícias: Azul

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Construção de aeroporto no Montijo depende da aprovação do projeto de execução e respetivo relatório ambiental

22-01-2020 (18h05)

A construção de um aeroporto civil no Montijo, declarada na terça-feira ambientalmente viável pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), só pode avançar após aprovação dos respetivos projecto de execução e relatório de conformidade ambiental.

Portugal é “um mercado muito importante” onde a Globalia quer crescer — Javier Hidalgo, CEO

22-01-2020 (14h32)

A Globalia, dona da Air Europa e dos hotéis Be Live, entre outras empresas de turismo, como o operador Travelplan, presente em Portugal, vê o país como um mercado "muito importante" onde ambiciona crescer em várias áreas de negócio, disse ao PressTUR Javier Hidalgo, CEO do grupo.

Wizz Air começa a voar de Viena para Faro a partir de Julho

22-01-2020 (13h46)

A Wizz Air, que se apresenta como a maior low cost da Europa Central e do Leste, lança este ano a rota Viena – Faro, bem como prevê reforçar o número de voos das rotas Viena – Porto, que iniciou em meados de Dezembro passado, e Viena – Lisboa.

Sul-africana SAA cancela voos enquanto aguarda injeção de capital

21-01-2020 (18h36)

A companhia aérea estatal sul-africana South African Airways (SAA) anunciou hoje o cancelamento de 38 voos para poupar capital enquanto espera uma injeção de emergência do Governo para salvar da bancarrota.

Lisboa e Porto reforçaram em 2019 o domínio do tráfego aéreo em Portugal

21-01-2020 (17h53)

Os aeroportos de Lisboa e do Porto tornaram-se em 2019 ainda mais decisivos para a evolução do tráfego aéreo em Portugal, concentrando praticamente três quartos dos passageiros em aeroportos portugueses, num total de 44,27 milhões de passageiros, com um aumento médio em 8,1%, enquanto o crescimento do conjunto dos aeroportos geridos pela ANA/Vinci foi de 6,9%.

Noticias mais lidas