Azul aumenta rentabilidade operacional em 17,5% no primeiro trimestre

11-05-2018 (16h27)

Foto: ANA Aeroportos
Foto: ANA Aeroportos

A operação da companhia de aviação brasileira Azul, accionista da TAP, foi 17,5% mais rentável no primeiro trimestre deste ano que no período homólogo de 2017, segundo indica no balanço publicado hoje.

A informação refere-se ao resultado operacional por unidade de transporte colocada no mercado, em ASK, do inglês para lugares x quilómetros voados, reflectindo um aumento da receita líquida por ASK em 5% face a um aumento dos custos operacionais em 3,4%.

A informação indica adicionalmente que a subida da receita unitária resultou de um aumento yield ou preço médio por quilómetro voado em 4,1% e uma subida da taxa média de ocupação em 0,8 pontos, para 82,2%.

Do lado dos custos, os factores que mais contribuíram para a subida do custo unitário foram os combustíveis, com um aumento em 10,4% e as tarifas aeroportuárias, com +12,3%.

Em sentido contrário, com os maiores contributos para conter o aumento do custo unitário estiveram as despesas com manutenção, que baixaram 24,8%, reflectindo nomeadamente a incorporação de novos aviões.

A Azul terminou assim o primeiro trimestre, que no Brasil é época alta, com um aumento das receitas de passagens em 18%, para 2.111,8 milhões de reais, e uma subida do lucro operacional (EBIT ou resultado antes de juros e impostos) em 31,9%, para 275,9 milhões.

Esta evolução e uma redução em 35,8% dos encargos financeiros geraram um aumento em 318,7% do lucro antes de impostos, para 270,1 milhões de reais, e um aumento do lucro líquido em 260,8%, para 210,5 milhões, que representa uma margem líquida de 9,5%, +6,4 pontos que no primeiro trimestre de 2017.

 

Para ler mais clique:

Azul contabiliza ganho de 53,8 milhões de reais com a TAP

 

Clique para mais notícias: Azul

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.