Avianca Brasil deixa Star Alliance no dia 1 de Setembro

19-08-2019 (16h02)

Imagem: Avianca
Imagem: Avianca

A companhia aérea Avianca Brasil, que está a atravessar graves problemas financeiros, e já deixou de ser liderada por German Efromovich, vai deixar a Star Alliance no dia 1 de Setembro.

“A companhia de aviação brasileira Ocean Air Linhas Aéreas S/A, sediada em São Paulo e anteriormente a operar como Avianca Brasil vai deixar formalmente a Star Alliance com efeito a partir de 1 de Setembro de 2019”, anuncia um comunicado da aliança de que é membro a companhia de aviação portuguesa TAP.

A saída da Ocean Air da aliança decorre na sequência de vários meses de protecção de falência e da retirada do certificado de operador aéreo (do inglês AOC, para Air Operator Cretificate) dado pelo regulador brasileiro ANAC.

“A rede da Star Alliance mantém uma presença significativa e duradoura no mercado brasileiro de forma contínua desde a sua fundação em 1997”, salienta a nota de imprensa.

Depois de 1 de Setembro, a Star Alliance será composta por 27 companhias aéreas.

O CEO da aliança, Jeffrey Goh, destaca as contribuições importantes para a proposta da rede aos clientes do mercado brasileiro proporcionadas pela Avianca Brasil, membro desde 2015, e lamenta este “desenvolvimento infeliz”.

Jeffrey Goh acrescenta que “a saída da Avianca Brasil de maneira alguma afecta a associação da Avianca S.A., nossa valiosa integrante sediada em Bogotá, na Colômbia, que continua a contribuir significativamente para a aliança na América do Sul”.

O comunicado acrescenta ainda que existem 11 membros da Star Alliance que oferecem voos directos de e para o Brasil, designadamente as transportadoras Air Canada, Avianca, Air China, Copa Airlines, Ethiopian Airlines, Lufthansa, Swiss, South African Airways, TAP Air Portugal, Turkish Airlines e United.

As companhias aéreas operam 588 voos por semana de 11 aeroportos no Brasil para 17 hubs da Star Alliance, oferecendo conexões para outros 738 destinos internacionais.

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Avianca

Clique para ver mais: Star Alliance

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair espera voar com Boeing 737 Max em Fevereiro/Março

20-09-2019 (15h50)

O CEO do Grupo Ryanair, Michael O’Leary, afirmou que Fevereiro ou início de Março é a previsão mais real para começar a voar com aviões Boeing 737 Max, modelo proibido de voar desde Março, após dois acidentes fatais.

Beijing Capital muda voos de/para Lisboa para o novo aeroporto da capital chinesa

20-09-2019 (13h42)

A Beijing Capital, única companhia de aviação chinesa a voar de/para Portugal, vai alterar o aeroporto de partida/chegada a Pequim para o novo aeroporto da capital chinesa, o Beijing Daxing (PKX).

Aeroporto do Porto vai renovar o sistema ILS para melhorar aterragens quando há nevoeiro

19-09-2019 (17h38)

O Aeroporto do Porto vai ter um “renovado sistema ILS (Landing Sistem, ou sistema de aterragem, em tradução livre) para garantir melhores condições” à infraestrutura, nomeadamente quando há nevoeiro, revelou hoje à Lusa a NAV – Navegação Aérea de Portugal.

Magnet junta companhias aéreas e agentes de viagens em Lisboa, Porto e Coimbra

19-09-2019 (16h53)

A Magnet vai organizar em Outubro, em Lisboa, Porto e Coimbra, um evento para juntar agentes de viagens e as principais companhias de aviação que operam em Portugal.

Governo publica lei que aprova Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil

19-09-2019 (15h34)

O Governo publicou hoje, em Diário da República, o decreto-lei que aprova o Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil, com medidas que revêm a legislação anterior e a adaptam “à mais recente regulamentação europeia”.

Noticias mais lidas