Avianca Brasil deixa Star Alliance no dia 1 de Setembro

19-08-2019 (16h02)

Imagem: Avianca
Imagem: Avianca

A companhia aérea Avianca Brasil, que está a atravessar graves problemas financeiros, e já deixou de ser liderada por German Efromovich, vai deixar a Star Alliance no dia 1 de Setembro.

“A companhia de aviação brasileira Ocean Air Linhas Aéreas S/A, sediada em São Paulo e anteriormente a operar como Avianca Brasil vai deixar formalmente a Star Alliance com efeito a partir de 1 de Setembro de 2019”, anuncia um comunicado da aliança de que é membro a companhia de aviação portuguesa TAP.

A saída da Ocean Air da aliança decorre na sequência de vários meses de protecção de falência e da retirada do certificado de operador aéreo (do inglês AOC, para Air Operator Cretificate) dado pelo regulador brasileiro ANAC.

“A rede da Star Alliance mantém uma presença significativa e duradoura no mercado brasileiro de forma contínua desde a sua fundação em 1997”, salienta a nota de imprensa.

Depois de 1 de Setembro, a Star Alliance será composta por 27 companhias aéreas.

O CEO da aliança, Jeffrey Goh, destaca as contribuições importantes para a proposta da rede aos clientes do mercado brasileiro proporcionadas pela Avianca Brasil, membro desde 2015, e lamenta este “desenvolvimento infeliz”.

Jeffrey Goh acrescenta que “a saída da Avianca Brasil de maneira alguma afecta a associação da Avianca S.A., nossa valiosa integrante sediada em Bogotá, na Colômbia, que continua a contribuir significativamente para a aliança na América do Sul”.

O comunicado acrescenta ainda que existem 11 membros da Star Alliance que oferecem voos directos de e para o Brasil, designadamente as transportadoras Air Canada, Avianca, Air China, Copa Airlines, Ethiopian Airlines, Lufthansa, Swiss, South African Airways, TAP Air Portugal, Turkish Airlines e United.

As companhias aéreas operam 588 voos por semana de 11 aeroportos no Brasil para 17 hubs da Star Alliance, oferecendo conexões para outros 738 destinos internacionais.

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Avianca

Clique para ver mais: Star Alliance

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

IAG declara quebra de lucros em 2019 em 39,6%

28-02-2020 (18h40)

O IAG, grupo a que pertencem British Airways, Aer Lingus, Iberia, Vueling e Level, declarou um lucro de 1.715 milhões de euros para o ano de 2019, que é 39,6% ou 1.123 milhões menor que o declarado para o ano de 2018.

easyJet diz que voos Portugal-Itália não serão afectados por enquanto

28-02-2020 (18h39)

A easyJet disse à Lusa que por enquanto os seus voos entre Portugal e Itália não estão afectados e que está a acompanhar o evoluir da situação no Norte de Itália, onde o Covid-19 já matou 14 pessoas e infectou pelo menos 400.

CVA oferece reembolso ou alteração de reserva a passageiros com voos de/para Itália

28-02-2020 (18h31)

A Cabo Verde Airlines (CVA) anunciou que está a oferecer aos passageiros com reservas para voos entre Cabo Verde e Itália o reembolso total ou a remarcação dos seus bilhetes sem penalizações.

Cabo Verde interdita voos de Itália para conter surto do novo coronavírus

27-02-2020 (18h10)

O Governo de Cabo Verde interditou hoje, durante um período de três semanas, todos os voos com origem em Itália para aeroportos cabo-verdianos, devido ao alastrar do surto do novo coronavírus naquele país europeu.

Aeroporto de Lisboa atenua queda do tráfego aéreo de/para Portugal este Janeiro

27-02-2020 (15h32)

Os aeroportos portugueses começaram este ano com um ligeiro decréscimo do número de voos, mas não por culpa de Lisboa estar esgotado, pelo contrário, até foi o aeroporto da capital que atenuou a quebra de 3,3% para 0,2%, por ter registado o maior aumento do mês.

Noticias mais lidas