Aviação mundial cresce 6,8% e atinge ocupação recorde dos aviões para um mês de Julho — IATA

06-09-2017 (15h01)

Associação reivindica aeroportos e controle de tráfego aéreo “comportáveis”

A IATA, associação que reúne 275 companhias aéreas que em conjunto realizam 83% do tráfego global, anunciou hoje que este ano o sector da aviação atingiu um novo recorde de ocupação dos aviões para um mês de Julho, com 84,7%.

Esse novo recorde representa uma melhoria d e0,6 pontos relativamente a Julho de 2016 e é resultado de um crescimento do tráfego em RPK (passageiros x quilómetros voados) em 6,8% face a um aumento da capacidade em ASK (lugares x quilómetros voados) em 6,1%.

Embora a IATA ‘lamente’ que o crescimento em Julho tenha ficado abaixo dos +7,8% verificados em Junho, sem atender que os aviões já andavam mais cheios em Julho do ano passado (a taxa de ocupação em Junho de 2016 era de 80,9%, enquanto em Julho era de 84,1%) e enchê-los mais é sempre mais difícil, não deixa de classificar o crescimento em Julho de “forte”.

Aliás, o seu director-geral, o ex-CEO do grupo Air France KLM Alexandre de Juniac, comenta mesmo que o recorde de ocupação em Julho mostra que “o apetite por viajar de avião permanece muito forte”.

Mas de Juniac também prognostica que o estímulo para essa evolução tende a esbater-se, porque segundo ele o crescimento que se tem estado a verificar é reflexo da descida dos preços dos voos e a tendência é para que abrande “face aos aumentos de custos”.

Os alvos do director-geral da IATA são os aeroportos e os controles de tráfego aéreo.

“As pessoas querem viajar e a conectividade da aviação é vital para um funcionamento escorreito da economia global. Mas os benefícios económicos e sociais que a aviação aporta precisam de ser suportados por infra-estruturas de aeroportos e gestão de tráfego aéreo adequadas e [com custos] comportáveis”, comentou também Alexandre de Juniac.

A ‘receita’ do director geral da IATA para atingir esse objectivo é que os governos incorporem os requisitos da aviação nas suas estratégias económicas nacionais.

 

Ver também:

Aéreas europeias são as ‘campeãs’ de ocupação em voos internacionais

 

Clique para mais notícias: IATA

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Privatização parcial da TAAG avança ainda este ano, diz ministro dos Transportes angolano

20-03-2019 (17h07)

O ministro dos Transportes angolano, Ricardo de Abreu, disse hoje à agência Lusa que a privatização parcial da companhia de aviação angolana TAAG deverá avançar ainda este ano.

TAP fez o primeiro voo comercial de um A330neo nos EUA

20-03-2019 (11h05)

A TAP realizou esta terça-feira o primeiro voo comercial de um Airbus A330-900 Neo nos Estados Unidos, ao aterrar uma aeronave deste modelo em Miami, num voo procedente de Lisboa com 193 passageiros a bordo.

EUA fazem auditoria ao processo de certificação do Boeing 737 MAX 8

20-03-2019 (10h30)

O Departamento dos Transportes do Governo dos EUA confirmou ter lançado uma auditoria à certificação do Boeing 737 MAX 8, modelo dos dois aviões que caíram recentemente na Indonésia e na Etiópia.

Travelport e Japan Airlines juntam-se para criar um GDS líder no Japão

19-03-2019 (18h25)

A Travelport e a Japan Airlines assinaram um acordo para lançar uma joint venture que visa desenvolver um GDS líder no Japão, através da integração das plataformas Travelport Japan e a Axess International Network.

British Airways renova produtos e serviços da Primeira Classe

18-03-2019 (14h08)

A companhia de aviação British Airways, que celebra este ano o seu centenário, anunciou que vai começar a implementar a partir de 31 de Março novos produtos e serviços na Primeira Classe, incluindo novas roupas de cama, amenities e menus.