ANA anuncia já ter entregue proposta para expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa

13-11-2017 (17h28)

“Já entregámos uma proposta para o aumento da capacidade aeroportuária de Lisboa, através do Aeroporto Humberto Delgado e de um novo aeroporto no Montijo”, revelou hoje Carlos Lacerda, presidente da Comissão Executiva da ANA, a subsidiária da Vinci que é a gestora dos aeroportos portugueses.

Carlos Lacerda, citado num comunicado da ANA, afirma que “os próximos passos envolvem um trabalho de aprofundamento e detalhe das várias dimensões da proposta”.

Trata-se do “primeiro passo do que sabemos que será um trabalho conjunto entre todas as entidades envolvidas”, acentuou o executivo.

A empresa avança ter planos para, a partir do próximo Verão IATA, duplicar os “canais de embarque de todas as portas Schengen do Terminal 1 que ainda não possuem esta facilidade”.

Os planos para o próximo Verão também incluem a “criação de duas novas portas de embarque Não Schengen”, a “instalação em curso de linhas automáticas no controlo de segurança, que permitirão aumentar significativamente o processamento de passageiros e a qualidade do serviço prestado” e “a renovação da zona de check-in”.

Os projectos incluem ainda a criação de um novo aeroporto no Montijo, como salientou Nicolas Notebaert, CEO da VINCI Concessions e presidente da VINCI Airports, citado num comunicado.

“Um novo aeroporto no Montijo é a melhor solução para o país, para Lisboa, bem como para a região metropolitana de Lisboa, principalmente para o Sul desta área, e é a melhor solução para os passageiros e para as companhias aéreas”, frisou Nicolas Notebaert.

O executivo sublinhou que “é a solução que permite uma resposta atempada e minimização da perda de passageiros face à expectativa de crescimento de tráfego aéreo, além de permitir estar concluído mais cedo, por prever uma infra-estrutura existe que pode ser usada”, sendo “também a solução menos exigente na necessidade de desenvolvimento adicional de acessibilidades”.

A capacidade aeroportuária de Lisboa é um problema no topo da agenda de vários sectores, designadamente da hotelaria, como afirmou o presidente da AHP, Raul Martins, que em entrevista ao PressTUR publicada este Sábado alertou que “não está a ser respeitado” o calendário da solução aeroportuária para Lisboa (clique para ler: Calendário da solução aeroportuária para Lisboa “não está a ser respeitado”).

Os operadores turísticos portugueses também têm vindo a declarar as suas preocupações com a inexistência de uma alternativa para a estagnação da capacidade do aeroporto da capital portuguesa, como alertaram os directores dos operadores Solférias e Soltrópico, na convenção da rede de agências de viagens independentes GEA (clique para ler: “Vamos ter que lidar com um aeroporto de Lisboa saturado”).

No sector da aviação, também têm aumentado de número as posições declaradas sobre a solução para a capacidade aeroportuária da região de Lisboa, incluindo responsáveis das duas maiores companhias, a TAP e a Ryanair, designadamente David Neeleman, accionista da TAP, e Michael O’Leary, CEO da Ryanair (clique para ler: David Neeleman recusa pagar mais em Lisboa para haver um aeroporto para a Ryanair no Montijo / Portugal vai perder tráfego e turismo para Espanha por culpa das taxas aeroportuárias – afirma Michael O’Leary).

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Angolana BestFly contrata dois ATR 72-600 para charters de negócios

18-06-2019 (13h58)

A companhia de aviação angolana BetFly anunciou no salão aeronáutico de Paris a contratação em leasing de dois ATR 72-600 para voos charter de negócios em Angola, de acordo com o seu CEO, Nuno Pereira, citado pela imprensa internacional.

Qatar Airways eleita melhor companhia de aviação do mundo nos prémios Skytrax

18-06-2019 (15h27)

A Qatar Airways, que na próxima semana começa a voar para Lisboa, foi eleita, pela quinta vez, “companhia de aviação do ano” dos prémios Skytrax, nos quais a TAP ficou no 76º lugar, quatro abaixo da votação de 2018, em que fora 72ª.

IAG anuncia “carta de intenções” de mega encomenda à Boeing

18-06-2019 (19h09)

O IAG, grupo de companhias de aviação de que fazem parte nomeadamente a British Airways, a Vueling e a Level, anunciou hoje ter apresentado uma “carta de intenções” de aquisição de 200 aviões Boeing B737-8 e B737-10.

IAG anuncia Iberia e Aer Lingus como companhias de lançamento do novo Airbus A321XLR

18-06-2019 (19h38)

O IAG, grupo de companhias aéreas iniciado com a fusão entre a British Airways e a Iberia, anunciou hoje estar a comprar 14 Airbus A321XLR para a Iberia e a Aer Lingus, que diz “estarão entre as companhias de lançamento” do novo avião narrowbody de maior alcance.

American Airlines introduz 6º voo diário Miami - Havana

18-06-2019 (16h34)

Apesar das mais recentes medidas do presidente dos Estados Unidos contra as viagens turísticas a Cuba, a American Airlines, maior companhia de aviação do mundo, vai aumentar para seis voos diários a sua oferta de ligações entre Miami, Florida, e a capital cubana, Havana.

Noticias mais lidas