Alemanha proíbe voos da Fly Egypt e Air Cairo

06-12-2018 (15h42)

A autoridade alemã para a aviação civil proibiu as companhias aéreas egípcias Fly Egypt e Air Cairo de voarem para o país por alegado incumprimento de um regulamento sobre catering, deixando assim alguns operadores turísticos à procura de alternativas.

As autoridades alemãs permitem que as companhias aéreas que voam do Egipto abasteçam os aviões com alimentos e bebidas no Aeroporto do Cairo, mas não em outros aeroportos, como, por exemplo, Hurghada ou Sharm el-Sheikh, avança hoje o portal do "FVW", jornal especializado em turismo.

Este regulamento sobre o catering foi introduzido após a explosão de um voo de uma companhia aérea charter russa sobre a península do Sinai, em Outubro de 2015, que matou 224 passageiros e tripulantes, num ataque atribuído a terroristas. As autoridades suspeitam que uma bomba possa ter sido levada para bordo entre os alimentos antes da partida do aeroporto de Sharm el-Sheikh.

Além do incumprimento do regulamento sobre o catering, a autoridade alemã para a aviação civil não indica outras preocupações de segurança sobre as duas companhias aéreas, pelo que, desta forma, poderão recuperar a aprovação para voar para a Alemanha depois de adaptarem as suas opções de abastecimento de alimentos e bebidas.

A Fly Egypt e a Air Cairo voam com aviões B737 e A320 de Hurghada e Sharm el-Sheikh de/para 11 aeroportos na Alemanha, além de operarem voos também de e para a Áustria e Suíça.

A proibição, de acordo com o "FVW", forçou operadores turísticos como a TUI, Thomas Cook, DER Touristik, FTI, Alltours e ETI a reencaminharem passageiros para voos de outras companhias aéreas.

A maioria dos operadores, porém, tinha poucos clientes em voos destas duas companhias, acrescenta a notícia, indicando que, além disso, normalmente no Inverno há capacidade suficiente em voos entre os dois países.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Europa

Clique para ver mais: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

TAP confirma A321neo LR na rota Porto – Newark

18-01-2019 (11h56)

A TAP confirmou que a partir de 1 de Junho vai voar entre Porto e Nova Iorque Newark seis vezes por semana com um avião Airbus A321neo Long Range, como o PressTUR noticiou esta terça-feira, dia 15.

Norwegian vai encerrar bases em Espanha, Itália e EUA

18-01-2019 (11h30)

A companhia de aviação Norwegian Air Shuttle anunciou que vai encerrar a partir de Abril várias bases em Espanha, Itália e Estados Unidos, para melhorar o seu desempenho financeiro.

Aeroportos portugueses já ficaram em Novembro abaixo do crescimento médio na União Europeia

17-01-2019 (17h49)

O estancamento do Aeroporto de Lisboa arrastou o país dos tops de crescimento da aviação comercial na União Europeia para níveis inferiores à média, de acordo com o ACI Europa, que até mostrou Faro no Top5 de crescimento em Novembro dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano.

“A festa poderá estar a acabar em breve”, avisa director-geral do ACI Europa

17-01-2019 (17h47)

O director-geral do ACI Europe, Olivier Jankovec, citado em comunicado da organização, comentou que os dados de Novembro mostram que o transporte aéreo de passageiros “continuam a desafiar um ambiente geopolítico e económico crescentemente desafiador”, mas que “a festa poderá estar a acabar em breve”.