Agência de Segurança Aérea Europeia interdita voos dos B737 MAX 8 e 9 na Europa

12-03-2019 (18h35)

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação na União Europeia (EASA, do inglês para European Union Aviation Safety Agency) anunciou que publicou hoje uma directiva (uma Airworthiness Directive) pela qual estão suspensos todas as operações de voo de aviões 737-8 MAX e 737-9 MAX na Europa.

A informação especifica que a interdição vigora a partir das 19h00 UTC e foi adoptada na sequência do acidente de Domingo com um B737 MAX-8 da Ethiopian em que morreram 157 pessoas.

A EASA enfatiza que emitiu essa directiva como “um passo necessário para garantir a segurança dos passageiros” e que adicionalmente interditou também todos os voos nesses dois modelos da Boeing de/para ou na Europa de companhias de países terceiros.

O comunicado refere ainda que é “demasiado cedo para se tirarem conclusões” sobre o acidente da Ethiopian no Domingo.

A Boeing tinha há pouco anunciado que não considerava necessário avançar com novas orientações para as operadoras do novo avião (para ler mais clique: Boeing diz não ver razão para novas orientações sobre operação do B737 MAX-8).

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Boeing

Clique para mais notícias: 737 MAX

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo TAP prepara-se para entrar em bolsa a partir de 2020

22-03-2019 (18h21)

A TAP SGPS está a trabalhar para, a partir de 2020, estar pronta a avançar com uma IPO (Oferta Pública Inicial), com uma percentagem entre 15% e 30%, anunciou hoje o presidente da Comissão Executiva do grupo.

Grupo TAP tem prejuízo de 118 milhões de euros em “ano necessário”

22-03-2019 (18h06)

O Grupo TAP passou de um lucro de 21,2 milhões de euros em 2017 para um prejuízo de 118 milhões de euros em 2018, um ano de transformação necessária para preparar o futuro, segundo descreveram hoje Miguel Frasquilho, Antonoaldo Neves e David Neeleman.

TAP quer acabar com “dependência” do Brasil através da diversificação de mercados

22-03-2019 (16h42)

A TAP está a trabalhar na diversificação de mercados para acabar com a “dependência” do Brasil, um mercado que representa quase 25% das vendas totais da companhia e que no ano passado teve uma quebra de receitas de 10%, em euros.

TAP vai investir “cada vez mais” nas vendas directas

22-03-2019 (15h13)

As vendas da TAP através dos seus canais directos, como o seu website e o contact center, representaram 41% das vendas da companhia aérea em 2018, e o objectivo é chegar a 50%, disse hoje Raffael Quintas, Chief Financial Officer (CFO) da companhia.

Companhia aérea indonésia cancela encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX

22-03-2019 (14h30)

A companhia aérea indonésia Garuda anunciou hoje o cancelamento de uma encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX, aparelho ligado a dois acidentes, o mais recente dos quais a 10 de Março, na Etiópia.