Aeroportos espanhóis somam mais 2,5 milhões de passageiros no primeiro bimestre

13-03-2018 (14h47)

Foto: AENA
Foto: AENA

Valência, Sevilha e Tenerife Norte têm aumentos acima de 20%

Os aeroportos espanhóis ultrapassaram os 30 milhões de passageiros nos primeiros dois meses do ano, por um aumento médio em 9% que significou mais 2,5 milhões de embarques e desembarques, apesar de se tratar de um período de época baixa.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR, mostraram que maiores aumentos dos primeiros dois meses ocorreram nos dois maiores aeroportos da rede, Madrid, com mais 620,9 mil (+8,4%, para 8,048 milhões), e Barcelona, com mais 486,7 mil (+8,7%, para 6,092 milhões).

Depois estiveram os aeroportos de Valência e Sevilha, respectivamente 10º e 11º em número de passageiros, o primeiro com mais 203 mil passageiros que há um ano (+27,7%, para 936,5 mil) e o segundo com mais 210,2 mil (+32,4%, para 858,5 mil.

O 5º maior aumento do bimestre foi o do aeroporto de Gran Canária,3º maior aeroporto espanhol, com mais 145,8 mil passageiros (+6,8%, para 2,3 milhões), seguido pelos mais 124,3 mil em Tenerife Norte, 12º maior aeroporto da AENA, que foi um dos que fechou o bimestre a crescer acima de 20%, em 20,4%.

Também com aumentos acima de cem mil passageiros nos primeiros dois meses deste ano estiveram Málaga, 4º maior de Espanha, com mais 116,8 mil (+6,6%, para 1,899 milhões), e Palma de Maiorca, 6º maior, com mais 123,7 mil (+9,1%, para 1,486 milhões).

Entre os maiores aumentos de passageiros do primeiro bimestre figuram seguidamente os mais 58,3 mil (+6,5%, para 952,6 mil) em Fuerteventura, 9º maior do período, os mais 51,8 mil (+18,3%, para 334,8 mil) em Ibiza, 15º maior, os mais 45,6 mil (+3,3%, para 1,417 milhões) em Alicante, 7º maior, e os mais 42,6 mil (+7,3%, para 624,1 mil) em Bilbau, 13º maior.

Os dados da AENA evidenciaram também que o crescimento em 9% nos primeiros dois meses do ano foi potenciado pelos voos domésticos, que tiveram um aumento de passageiros m 15,5% ou 1,42 milhões, para 10,62 milhões, enquanto em voos internacionais o aumento foi em 5,8% ou 1,1 milhões, para 20,11 milhões.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos de Espanha

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Travagem de Lisboa ‘arrasta’ aeroportos portugueses para crescimento ‘insípido’

18-09-2018 (17h30)

O crescimento de passageiros nos aeroportos portugueses, que era sistematicamente dos mais fortes na Europa, foi inferior em Julho à média europeia, de acordo com os dados publicados pelo Airports Council International (ACI) Europa, que mostram uma forte correlação com o abrandamento do Aeroporto de Lisboa.

Faro teve a 8ª maior queda de passageiros dos aeroportos europeus em Julho

18-09-2018 (16h34)

O Aeroporto de Faro, principal ‘porta de entrada’ de turistas estrangeiros no Algarve, maior região turística portuguesa, teve em Julho a 8ª maior queda de passageiros de todos os aeroportos europeus, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Airports Council International (ACI) Europa.

TAP põe mais um avião a fazer a ponte aérea Lisboa – Porto

17-09-2018 (13h25)

A TAP acaba de anunciar que vai ter nove aviões a fazer a ponte aérea entre Lisboa e Porto, reforçando a oferta para 18 voos por dia a partir de 28 de Outubro.

United Airlines promete reduzir emissões em 50% até 2050

14-09-2018 (18h41)

A companhia aérea norte-americana United Airlines anunciou o objectivo de, até 2050, reduzir para metade as emissões de gases que contribuem para o efeito estufa, usando como base as emissões registadas em 2005.

TAP vai manter limites de vento que definiu para aterrar na Madeira – Antonoaldo Neves

14-09-2018 (11h54)

“Mesmo que os limites sejam alterados, a TAP vai manter” os limites de vento que definiu para aterragens na Madeira, porque estudou o assunto e tem o “seu padrão de operação e de segurança”, afirmou o CEO da transportadora, Antonoaldo Neves.