Aeroportos espanhóis somam mais 2,5 milhões de passageiros no primeiro bimestre

13-03-2018 (14h47)

Foto: AENA
Foto: AENA

Valência, Sevilha e Tenerife Norte têm aumentos acima de 20%

Os aeroportos espanhóis ultrapassaram os 30 milhões de passageiros nos primeiros dois meses do ano, por um aumento médio em 9% que significou mais 2,5 milhões de embarques e desembarques, apesar de se tratar de um período de época baixa.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR, mostraram que maiores aumentos dos primeiros dois meses ocorreram nos dois maiores aeroportos da rede, Madrid, com mais 620,9 mil (+8,4%, para 8,048 milhões), e Barcelona, com mais 486,7 mil (+8,7%, para 6,092 milhões).

Depois estiveram os aeroportos de Valência e Sevilha, respectivamente 10º e 11º em número de passageiros, o primeiro com mais 203 mil passageiros que há um ano (+27,7%, para 936,5 mil) e o segundo com mais 210,2 mil (+32,4%, para 858,5 mil.

O 5º maior aumento do bimestre foi o do aeroporto de Gran Canária,3º maior aeroporto espanhol, com mais 145,8 mil passageiros (+6,8%, para 2,3 milhões), seguido pelos mais 124,3 mil em Tenerife Norte, 12º maior aeroporto da AENA, que foi um dos que fechou o bimestre a crescer acima de 20%, em 20,4%.

Também com aumentos acima de cem mil passageiros nos primeiros dois meses deste ano estiveram Málaga, 4º maior de Espanha, com mais 116,8 mil (+6,6%, para 1,899 milhões), e Palma de Maiorca, 6º maior, com mais 123,7 mil (+9,1%, para 1,486 milhões).

Entre os maiores aumentos de passageiros do primeiro bimestre figuram seguidamente os mais 58,3 mil (+6,5%, para 952,6 mil) em Fuerteventura, 9º maior do período, os mais 51,8 mil (+18,3%, para 334,8 mil) em Ibiza, 15º maior, os mais 45,6 mil (+3,3%, para 1,417 milhões) em Alicante, 7º maior, e os mais 42,6 mil (+7,3%, para 624,1 mil) em Bilbau, 13º maior.

Os dados da AENA evidenciaram também que o crescimento em 9% nos primeiros dois meses do ano foi potenciado pelos voos domésticos, que tiveram um aumento de passageiros m 15,5% ou 1,42 milhões, para 10,62 milhões, enquanto em voos internacionais o aumento foi em 5,8% ou 1,1 milhões, para 20,11 milhões.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos de Espanha

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo açoriano reforça capital social da SATA Air Açores em 27 milhões de euros

16-07-2018 (16h31)

O Governo dos Açores anunciou hoje um reforço em 27 milhões de euros do capital social da SATA Air Açores, companhia aérea que assegura as ligações aéreas entre as nove ilhas açorianas, "por via da subscrição de 5.400.000 novas ações".

Lufthansa “refuta falsas alegações da Ryanair” sobre a LaudaMotion

16-07-2018 (15h28)

O Grupo Lufthansa afirmou que “são completamente infundadas” as alegações da Ryanair de que a LaudaMotion está sobre ameaça do grupo alemão, “que tenta retirar as nove aeronaves que se viu forçada a ceder à Laudamotion pela Comissão Europeia para lhe permitir reiniciar os seus serviços”.

Grupo SATA encerra contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros

16-07-2018 (13h32)

O Grupo SATA encerrou as contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros, valor que quase triplicou em relação a 2016 (14 milhões), revela o relatório e contas da companhia, a que a Lusa teve acesso.

António Teixeira é o novo presidente do conselho de administração da SATA

16-07-2018 (11h28)

O Governo dos Açores anunciou a escolha do gestor de empresas António Luís Gusmão Teixeira para a presidência do conselho de administração da SATA, substituindo Paulo Menezes, que ocupa o cargo desde o final de 2015.

TACV Cabo Verde Airlines prevê receber hoje mais um avião

16-07-2018 (11h19)

A companhia aérea TACV Cabo Verde Airlines, que no Sábado recebeu o seu primeiro avião Boeing 757, tem previsto receber hoje, segunda-feira, mais uma aeronave e assim “retomar a estabilidade operacional”.