Aeroportos de Istambul lideram crescimento na Europa no primeiro mês deste ano

12-03-2018 (16h32)

Foto: TAV Airports
Foto: TAV Airports

A cidade turca de Istambul liderou o crescimento do movimento de passageiros na Europa no primeiro mês deste ano, com um aumento em 28,6%, em que sobressai a subida de 30,3% no aeroporto de Ataturk, hub da Turkish Airlines, que assim subiu a 2º maior aeroporto europeu em Janeiro.

Dados divulgados pelo Airports Council International (ACI) Europa indicam que o Aeroporto de Istambul Ataturk teve 5,26 milhões de passageiros em Janeiro, apenas aquém dos 5,8 milhões de Londres Heathrow maior aeroporto europeu, e cerca de 45 mil mais que o tradicionalmente nº 2, Paris Charles de Gaulle.

E os dados do ACI evidenciam que a evolução no Aeroporto de Ataturk não foi uma excepção, indicando que o aumento médio de passageiros nos aeroportos da Turquia foi de 28,1%, apenas inferior aos +33,4% ocorridos na Geórgia.

Aliás, segundo os dados do ACI, os dois aeroportos de Istambul, Ataturk e Sabiha Gokcen, foram os líderes em crescimento do grupo dos maiores aeroportos europeus (com mais de 25 milhões de passageiros), com +30,3% e +25,3% respectivamente, Antalya foi 4º, com +14,3%, e Ancara e Izmir lideraram o crescimento no Grupo 2 (aeroportos com mais de dez milhões mas menos de 25 milhões de passageiros), com +47,8% e +20,8%, respectivamente.

E se se calcularem as variações em valor absoluto, a Turquia tem os três aeroportos que mais cresceram no primeiro mês deste ano, com mais 1, milhões de passageiros em Istambul Ataturk, mais cerca de 543 mil em Sabiha Gokcen e mais cerca de 503 mil em Ancara.

Só depois estiveram Amesterdão Schiphol, com mais cerca de 347 mil (+7,6%, para 4,92 milhões), Moscovo Sheremetyevo com mais cerca de 342 mil (+12,6%, para três milhões), Frankfurt, com  mais cerca de 321 mil (+7,6%, para 4,5 milhões), Madrid, com mais cerca de 284 mil (+7,4%, para 4,1 milhões), Barcelona, com mais cerca de 255 mil (+9,1%, para três milhões), Lisboa com mais cerca de 253 mil (+15,2% para 1,91 milhões). e Paris Charles de Gaulle, com mais cerca de 243 mil (+4,9%, para 5,2 milhões).

O Top10 dos aeroportos europeus em Janeiro foi composto por:

1- Londres Heathrow   5.807.762  +1,1%

2- Istambul Ataturk      5.260.514  +30,3%

3- Paris Charles de Gaulle    5.215.495  +4,9%

4- Amesterdão Schiphol    4.919.097  +7,6%

5- Frankfurt       4.549.397  +7,6%

6- Madrid   4.128.526  +7,4%

7- Moscovo Sheremetievo    3.057.891  +12,6%

9- Barcelona      3.056.736  +9,1%

9- Munique 2.948.434  +1,0%

10- Londres Gatwick    2.847.203  +1,4%

(...)

18- Lisboa  1.916.524  +15,2%

48- Porto   761.838     +10%

104- Funchal      221.535     +4%

106- Faro   217.014     -0,7%

139- Ponta Delgada     99.312      +5,6%

 

Clique para mais notícias: Aeroportos europeus

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo TAP prepara-se para entrar em bolsa a partir de 2020

22-03-2019 (18h21)

A TAP SGPS está a trabalhar para, a partir de 2020, estar pronta a avançar com uma IPO (Oferta Pública Inicial), com uma percentagem entre 15% e 30%, anunciou hoje o presidente da Comissão Executiva do grupo.

Grupo TAP tem prejuízo de 118 milhões de euros em “ano necessário”

22-03-2019 (18h06)

O Grupo TAP passou de um lucro de 21,2 milhões de euros em 2017 para um prejuízo de 118 milhões de euros em 2018, um ano de transformação necessária para preparar o futuro, segundo descreveram hoje Miguel Frasquilho, Antonoaldo Neves e David Neeleman.

TAP quer acabar com “dependência” do Brasil através da diversificação de mercados

22-03-2019 (16h42)

A TAP está a trabalhar na diversificação de mercados para acabar com a “dependência” do Brasil, um mercado que representa quase 25% das vendas totais da companhia e que no ano passado teve uma quebra de receitas de 10%, em euros.

TAP vai investir “cada vez mais” nas vendas directas

22-03-2019 (15h13)

As vendas da TAP através dos seus canais directos, como o seu website e o contact center, representaram 41% das vendas da companhia aérea em 2018, e o objectivo é chegar a 50%, disse hoje Raffael Quintas, Chief Financial Officer (CFO) da companhia.

Companhia aérea indonésia cancela encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX

22-03-2019 (14h30)

A companhia aérea indonésia Garuda anunciou hoje o cancelamento de uma encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX, aparelho ligado a dois acidentes, o mais recente dos quais a 10 de Março, na Etiópia.