Aeroportos da Turquia e Rússia lideram crescimento na Europa... com Lisboa e Atenas

14-06-2018 (13h47)

A Turquia e a Rússia tiveram seis dos dez grandes aeroportos europeus com crescimentos de passageiros mais fortes no primeiro quadrimestre, segundo os dados publicados pelo Airports Council International (ACI) Europa, que mostram que da Europa Ocidental apenas Lisboa e Atenas figuraram nos Tops de crescimento do mês de Abril.

O ACI, que elabora os Tops de crescimento por grupos consoante o número anual de passageiros, indica que o Grupo 1, dos que têm mais de 25 milhões de passageiros por ano, onde inclui Lisboa, teve um aumento médio de passageiros em Abril de 4,1%, o Grupo 2, dos que têm entre dez milhões e 25 milhões, onde está o Porto, teve +5,1%, o Grupo, com cinco milhões a dez milhões de passageiros, onde se inclui Faro, teve +6,4%, e o Grupo 4, dos que têm menos de cinco milhões de passageiros por ano, onde estão Funchal e Ponta Delgada, teve um aumento médio em 7,6%.

Os cinco que mais cresceram no Grupo 1 foram Antalya, com +18,7%, Moscovo Sheremetyevo, com +14,8%, Istambul Sabiha Gokcen, com +11,7%, Istambul Ataturk, com +10,7%, e Lisboa, com +9,1%.

Os líderes de crescimento do Grupo 2, por sua vez, foram Ancara, com +30,1%, Kiev, com +21,8%, Moscovo Vnukovo, com +19,4%, Varsóvia, com +14,8%, e Atenas, com +13,7%.

Segundo o ACI, em Abril os aeroportos europeus tiveram um aumento médio de passageiros em 5%, ‘puxado’ pelos aeroportos em países fora da União Europeia, que tiveram um aumento em 10,4%, enquanto os de países da UE tiveram um aumento médio em 3,4%.

A informação do ACI assinala que o aumento médio dos cinco maiores aeroportos europeus enfraqueceu para 2,4%, designadamente pelo impacto das greves na Air France, que levou a que Paris Charles de Gaulle, tradicionalmente segundo maior aeroporto europeu, tivesse uma queda em 3,5% e caísse para a 4ª posição.

A penalizar esteve ainda a queda de passageiros em 2,2% em Londres Heathrow, que ainda assim se manteve o maior aeroporto europeu, com 6,58 milhões de passageiros, seguido por Amesterdão Schiphol, que teve um aumento em 3%, para 6,02 milhões, Istambul Ataturk, com +10,7%, para 5,96 milhões, Paris Charles de Gaulle, com -3,5%, para 5,75 milhões, e Frankfurt, com +5,8%, para 5,74 milhões.

A segunda metade do Top10 inclui Madrid, com 4,8 milhões (+7%), Barcelona, com 4,23 milhões (+3,1%), Munique, com 3,79 milhões (+2%), Londres Gatwick, com 3,74 milhões (-1,4%), e Roma Fiumicino, com 3,67 milhões (+5,9%).

Abril deste ano foi um mês penalizado pelo efeito alteração da data da Páscoa, uma vez que esse ‘pico’ das viagens ocorreu principalmente em Março, quando há um ano tinha sido em Abril.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aeroportos europeus

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CEO da TAP defende direito a sonhar com liderar tráfego entre a Europa e a América do Norte

20-06-2018 (17h57)

Embora tenha pela frente concorrentes como a British Airways, que ainda em 4 de Maio começou a voar de Londres-Heathrow para Nashville, sua 26ª cidade nos Estados Unidos, o CEO da TAP reivindicou hoje no Porto o direito a da companhia a “sonhar grande em relação a ser a principal companhia aérea que liga a Europa à América do Norte”.

CEO da TAP garante aposta no Porto e ironiza: “a concorrência que se cuide”

20-06-2018 (17h51)

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro "é historicamente um dos alicerces da TAP", que tem um "compromisso total e absoluto" com o Porto, garantiu hoje o CEO da companhia, Antonoaldo Neves, que rematou com um: "Queremos ter uma posição dominante no Porto, e a concorrência que se cuide".

Antonoaldo Neves reconhece pontualidade como “problema gravíssimo” da TAP

20-06-2018 (17h48)

"Temos um problema gravíssimo de pontualidade na ponte aérea e na TAP em geral", reconheceu hoje o CEO da companhia, Antonoaldo Neves, na sessão de balanço da operação da companhia aérea no Porto admitiu, que assegurou tratar-se de um "desafio" a superar nos próximos tempos.

Exportações portuguesas de transporte aéreo de passageiros voltam a crescer acima de 20% em Abril

20-06-2018 (16h28)

As empresas portuguesas de transporte aéreo de passageiros, as maiores das quais a TAP, a Azores Airlines, a euroAtlantic e a Hi Fly, aumentaram em Abril as vendas ao estrangeiro em 23,2%, alcançando assim um aumento médio em 15,3% no quadrimestre.

CEO da TAP diz que auditoria do TdC é "assunto de accionista" mas afirma-se "confiante" no futuro

20-06-2018 (14h56)

Antonoaldo Neves, CEO da TAP, escusou-se hoje a comentar a auditoria do Tribunal de Contas (TdC) que aponta uma acrescida "exposição" do Estado português a "contingências adversas" da companhia, mas dizendo estar "confiante" num bom desempenho financeiro da empresa.