Aeroporto de Paris Orly encerra temporariamente à meia noite de Domingo

25-03-2020 (17h49)

Imagem: Air France
Imagem: Air France

A gestora dos aeroportos de Paris informou que encerra temporariamente Orly, que é o aeroporto da capital francesa para onde a TAP opera e para onde ia manter voos até 19 de Abril.

A imprensa francesa noticiou que o encerramento temporário a partir das 00h00 de dia 30 deve-se à quebra quase total do tráfego.

Anteriormente, a empresa previa manter apenas aberto o terminal 3 e no seu website ainda tem uma informação que diz que “todos os voos da Air France, Air Europa, Air Corsica, easyJet, Iberia, Lufthansa, TAP Portugal, Vueling, Corsair, Air Caraïbes, French Bee serão operados a partir de Paris-Orly - ORLY 3”.

O jornal económico “La Tribune” publicou declarações do CEO da ADP, em que informa que o aeroporto vai manter funções vitais para que possa ser utilizado em casos de urgência, bem como que vai propor às companhias com voos para Orly que possam alterar para Roissy – Charles de Gaulle, que é o hub da Air France e o maior aeroporto da capital francesa, o qual também vai ser redimensionado para a baixa de tráfego que se verifica.

A notícia acrescenta que a ADP admite poder manter 10% a 15% do tráfego em Charles de Gaulle.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Aeroporto de Paris

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

United Airlines oferece período de dois anos para alterarção de reservas

08-04-2020 (12h12)

A United Airlines está a oferecer aos seus clientes com viagens marcadas até final de 2020 a possibilidade de alterarem a sua reserva para datas num período alargado de dois anos.

IATA diz não ser possível a aviação voltar ao que era pré-pandemia de covid-19

07-04-2020 (18h21)

“Não esperamos recomeçar a mesma indústria que fechámos há algumas semanas. As companhias de aviação continuarão a ligar o mundo. E vamos fazê-lo utilizando uma variedade de modelos de negócio. Mas os processos precisarão de ser adaptados”, defende o director-geral da IATA, Alexandre de Juniac, em declarações para a imprensa.

Serão precisos anos para o transporte aéreo voltar aos níveis pré-crise da covid-19, Grupo Lufthansa

07-04-2020 (17h32)

O grupo Lufthansa, maior grupo europeu da aviação comercial, desenganou hoje quem ainda sonhe com um rápido retorno à era pré-covid-19, dizendo que vão ser precisos “meses” para as restrições à aviação serem completamente levantadas e que levará “anos” para o tráfego atingir os níveis que tinha.

Jet2.com prevê retomar operações em Junho

07-04-2020 (16h41)

A Jet2.com, que era nos tempos pré-covid uma das companhias de aviação que mais passageiros transportava para o Aeroporto de Faro, anunciou que prevê retomar os voos a 17 de Junho, advertindo que, no entanto, é uma decisão que estará “sob constante revisão” para que sejam cumpridas as orientações dos governos e das autoridades relevantes.

Azul ainda termina 1º trimestre a crescer, apesar do impacto da pandemia de covid-19

07-04-2020 (16h21)

A Azul, companhia brasileira que é accionista indirecta da TAP, indicou hoje que terminou o primeiro trimestre com um crescimento do tráfego em 10,8%, embora tendo registado uma quebra de 24,6% no mês de Março, em que se agravou a disseminação pelo mundo das infecções pelo novo coronavírus.

Noticias mais lidas