Aeroporto de Miami encerra um terminal devido a paralisação do governo dos EUA

11-01-2019 (16h44)

O aeroporto internacional de Miami, nos EUA, vai fechar um dos seus terminais este fim-de-semana devido à paralisação parcial do governo, afirmou hoje o porta-voz.

Hoje, dia de pagamento, os vigilantes aeroportuários não receberam o seu cheque salarial, devido à paralisação parcial do governo dos EUA, e muitos deles estão a ausentar-se ao serviço, declarando estar doentes.

Perante a insuficiência de funcionários, o aeroporto de Miami não consegue manter o funcionamento normal dos 11 postos de controlo e as autoridades de transportes decidiram encerrar o terminal G, durante várias horas, ao longo dos próximos dois dias.

O porta-voz do aeroporto, Greg Chin, reconheceu que vários passageiros se têm queixado de longas filas de espera, nos postos de controlo, mas diz que o aeroporto tem conseguido evitar atrasos nos voos.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, não assina o orçamento de diversas agências federais enquanto o Congresso não aprovar o financiamento da construção de um muro ao longo da fronteira com o México, levando a uma paralisação parcial do governo, que já dura há 21 dias.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: América

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Groundforce prevê investir 2,85 milhões de euros em 2019 e acredita que vai operar no Montijo

21-01-2019 (15h30)

A Groundforce estima investir este ano 2,85 milhões de euros, avançou o presidente executivo, Paulo Neto Leite, que está convicto de que a empresa de handling (assistência em terra) irá operar no futuro aeroporto complementar do Montijo.

Ryanair assina acordo com a SiteMinder para vender hotéis na Europa

21-01-2019 (14h15)

A Ryanair, que há uma semana deu por terminada a sua incursão na venda online de pacotes turísticos, assinou um acordo com a SiteMinder para comercializar hotéis na Europa através da sua plataforma Ryanair Rooms.

TAP reivindica “confiança” da banca internacional

21-01-2019 (13h07)

A TAP informou hoje que nos últimos oito meses captou “empréstimos superiores a 240 milhões de euros”, salientando que se trata de financiamentos de “bancos internacionais de primeira linha” e que demonstram “um enorme voto de confiança na Companhia”.

APG Portugal acrescenta Middle East Airlines ao seu programa de interline

21-01-2019 (10h40)

A Middle East Airlines, companhia aérea de bandeira do Líbano, passou a integrar o programa de emissão de bilhetes interline da APG Portugal, que já conta com 81 transportadoras.

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.