Aeroporto de Macau vai dispor de mais rotas para a China Continental

04-10-2019 (17h17)

O Aeroporto de Macau vai ter este Inverno IATA, que começa no fim de Outubro, mais três ligações com a China Continental, nomeadamente com o aeroporto de Jieyang/Chaoshan, com Changsha e com Wuhan.

A rota Macau - Jieyang/Chaoshan é da Air Macau, que tem programado voá-la diariamente em Airbus A319.

O Aeroporto de Jieyang/Chaoshan, nas cidades de Paotai e Denggang, no distrito de Jiedong, Jieyang, Guangdong serve as cidades de Jieyang, Shantou, Chaozhou e áreas próximas no Leste da província de Guangdong.

As ligações com Changsha e Wuhan estão programadas pela China Southern, ambas a começaram a 27 de Outubro.

A rota Macau - Changsha, capital da província de Hunan, terá voo diário em Airbus A320, enquanto para Macau - Wuhan, capital da província de Hubei onde se podem visitar as relíquias do Período dos Estados Combatentes, incluindo o caixão de Marquis Yi de Zeng e os sinos musicais em bronze de sua sepultura do século 5 A.C. a China Southern programou voos em Boeing B737-800 quatro vezes por semana.

 

Clique para mais notícias: Macau

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Antonoaldo Neves garante que TAP tem “fundações bem sólidas”

21-02-2020 (17h53)

Os resultados da TAP no segundo semestre “não foram suficientes para compensar” as quebras do primeiro, admitiu Antonoaldo Neves, CEO da transportadora, que acrescentou estar convicto, no entanto, que “as fundações estão bem sólidas para a gente continuar nessa trajectória de transformação da empresa e melhoria da sustentabilidade”.

Grupo TAP baixa prejuízos em 12,4 milhões para 105,6 milhões de euros em 2019

21-02-2020 (17h51)

O Grupo TAP registou prejuízos de 105,6 milhões de euros em 2019, uma melhoria de 12,4 milhões de euros face às perdas de 118 milhões registadas em 2018.

TAP fecha o ano com prejuízos de 95,6 milhões

21-02-2020 (17h51)

A companhia portuguesa de aviação TAP perdeu mais 95,6 milhões de euros no ano passado, com um agravamento de 37,6 milhões face a 2018, segundo os resultados da empresa comunicados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Não há possibilidade de a TAP ir para o Montijo”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (17h07)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, voltou a garantir que “não há possibilidade” da companhia aérea ir para o Montijo, apesar de considerar “importantíssimo” a sua construção.

Comissão Executiva da TAP “não comenta política de remuneração da empresa”, Antonoaldo Neves

21-02-2020 (16h59)

O CEO da TAP, Antonoaldo Neves, declarou que “não comenta política de remuneração da empresa” que foi trazida para a ‘praça pública’ pelo accionista David Neeleman que o escolheu para liderar a gestão executiva da companhia.

Noticias mais lidas