Aeroporto de Lisboa tem nova área de self check-in de 11 milhões de euros

14-06-2018 (11h53)

A ANA Aeroportos / Vinci investiu 11 milhões de euros para instalar no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, numa nova área de self check-in e de self baggage drop.

A área de check-in A, como foi baptizado o novo espaço, entrou em funcionamento no dia 7 de Junho.

Os quiosques e balcões de utilização automática em formato self-service terão, numa primeira fase, apoio de funcionários destacados para o efeito, sublinha um comunicado da gestora dos aeroportos portugueses.

 

Ver também:

Montijo pode receber voos civis em 2022, “se”..., director do Aeroporto de Lisboa

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.