Aeroporto de Lisboa soma mais 1,7 milhões de passageiros até Julho e ultrapassa os 16,5 milhões

07-08-2018 (17h24)

O Aeroporto de Lisboa, apesar de alegadamente esgotado, ultrapassou no fim de Julho os 16,5 milhões de passageiros este ano, com um aumento em relação aos primeiros sete meses de 2017 em 11,7% ou cerca de 1,7 milhões, de acordo com dados sobre o tráfego nos aeroportos geridos pela ANA a que o PressTUR.

A informação indica que Lisboa foi assim o aeroporto em Portugal com o maior crescimento nos primeiros sete meses deste ano, apesar de em Julho ter registado um abrandamento acentuado do ritmo de crescimento (para ler mais clique: Crescimento do Aeroporto de Lisboa ‘arrefece’ drasticamente em Julho...mas mantém-se o maior do país).

Lisboa, de acordo com os dados a que o PressTUR teve acesso, concentrou mais de metade dos passageiros que viajaram de/para Portugal nos primeiros sete meses e até reforçou a sua quota em relação a 2017, com uma subida de 51% para 52,8%, que decorre do facto de ter concentrado 75,5% do crescimento do número de passageiros nos aeroportos portugueses, que somaram 31,4 milhões, +7,9% ou mais 2,3 milhões que há um ano.

Além de Lisboa só o Porto teve um contributo significativo para esse crescimento, ao registar até Julho um crescimento médio de passageiros em 10,8%, significando um aumento de aproximadamente 658 mil, para 6,748 milhões.

Os crescimentos em Lisboa e no Porto foram, portanto, o sustentáculo do aumento total na rede de aeroportos geridos pela ANA, cuja evolução foi penalizada pelas quebras registadas em Faro, em 1,7% ou 84 mil passageiros, para 4,869 milhões, e em 1,7% ou cerca de 32 mil, para 1,84 milhões, a que se soma também uma quebra em porto Santo, em 2% ou cerca de 1,8 mil, para 90,6 mil.

A compensar essas quedas estiveram, além de Lisboa e Porto, também os aeroportos dos Açores, a começar pelo João Paulo II em Ponta Delegada, com um aumento de passageiros em 2% ou cerca de 21 mil, para 1,069 milhões.

Na Horta, o número de passageiros aumentou 3,2% ou cerca de 4,2 mil, para 136,9 mil, em Santa Maria o crescimento foi em 2,7% ou 1,4 mil, para 55 mil, e nas Flores foi em 6% ou cerca de 2,1 mil, para 37,7 mil.

Também com algum contributo para o crescimento esteve Beja, para onde foram desviados charter e que assim em Julho somou praticamente dois mil passageiros, chegando a 3,6 mil no conjunto dos primeiros sete meses do ano.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair lança-se na venda de bilhetes para eventos desportivos

14-12-2018 (17h12)

A Ryanair anunciou que começou a comercializar bilhetes para eventos desportivos, designadamente para jogos de futebol das primeiras divisões espanhola e francesa.

Brasil autoriza estrangeiros a ter 100% do capital das companhias aéreas do país

14-12-2018 (16h59)

O Presidente do Brasil, Michel Temer, assinou uma medida provisória que abre espaço para que estrangeiros assumam 100% do controlo do capital das companhias aéreas do país.

Operador dinamarquês vai ter charters para Portugal com a Jet Time, após falência da Primera Air

14-12-2018 (15h49)

O operador turístico dinamarquês Bravo Tours contratou a companhia aérea Jet Time para fazer as suas operações charter no próximo Verão, incluindo voos para Portugal, que estavam previstas ser realizadas pela Primera Air, que declarou falência em Outubro.

TAP prevê poupar 30 milhões de euros na factura de combustível em 2019

14-12-2018 (12h56)

A TAP prevê conseguir em 2019 uma poupança de 30 milhões de euros nos custos de combustível, graças à renovação da frota com aviões mais eficientes, de acordo com o Chief Financial Officer (CFO) da companhia, Raffael Quintas.

Manutenção e engenharia da TAP no Brasil prevê lucro de 3 milhões de euros em 2019 – Antonoaldo Neves

14-12-2018 (12h35)

O negócio da manutenção e engenharia da TAP no Brasil, a ex-VEM (Varig Engenharia e Manutenção), atingiu o equilíbrio operacional em 2018 e deverá alcançar em 2019 um lucro operacional de três milhões de euros, disse Antonoaldo Neves, CEO da TAP.

Ultimas Noticias