Aeroporto de Lisboa soma mais 1,7 milhões de passageiros até Julho e ultrapassa os 16,5 milhões

07-08-2018 (17h24)

O Aeroporto de Lisboa, apesar de alegadamente esgotado, ultrapassou no fim de Julho os 16,5 milhões de passageiros este ano, com um aumento em relação aos primeiros sete meses de 2017 em 11,7% ou cerca de 1,7 milhões, de acordo com dados sobre o tráfego nos aeroportos geridos pela ANA a que o PressTUR.

A informação indica que Lisboa foi assim o aeroporto em Portugal com o maior crescimento nos primeiros sete meses deste ano, apesar de em Julho ter registado um abrandamento acentuado do ritmo de crescimento (para ler mais clique: Crescimento do Aeroporto de Lisboa ‘arrefece’ drasticamente em Julho...mas mantém-se o maior do país).

Lisboa, de acordo com os dados a que o PressTUR teve acesso, concentrou mais de metade dos passageiros que viajaram de/para Portugal nos primeiros sete meses e até reforçou a sua quota em relação a 2017, com uma subida de 51% para 52,8%, que decorre do facto de ter concentrado 75,5% do crescimento do número de passageiros nos aeroportos portugueses, que somaram 31,4 milhões, +7,9% ou mais 2,3 milhões que há um ano.

Além de Lisboa só o Porto teve um contributo significativo para esse crescimento, ao registar até Julho um crescimento médio de passageiros em 10,8%, significando um aumento de aproximadamente 658 mil, para 6,748 milhões.

Os crescimentos em Lisboa e no Porto foram, portanto, o sustentáculo do aumento total na rede de aeroportos geridos pela ANA, cuja evolução foi penalizada pelas quebras registadas em Faro, em 1,7% ou 84 mil passageiros, para 4,869 milhões, e em 1,7% ou cerca de 32 mil, para 1,84 milhões, a que se soma também uma quebra em porto Santo, em 2% ou cerca de 1,8 mil, para 90,6 mil.

A compensar essas quedas estiveram, além de Lisboa e Porto, também os aeroportos dos Açores, a começar pelo João Paulo II em Ponta Delegada, com um aumento de passageiros em 2% ou cerca de 21 mil, para 1,069 milhões.

Na Horta, o número de passageiros aumentou 3,2% ou cerca de 4,2 mil, para 136,9 mil, em Santa Maria o crescimento foi em 2,7% ou 1,4 mil, para 55 mil, e nas Flores foi em 6% ou cerca de 2,1 mil, para 37,7 mil.

Também com algum contributo para o crescimento esteve Beja, para onde foram desviados charter e que assim em Julho somou praticamente dois mil passageiros, chegando a 3,6 mil no conjunto dos primeiros sete meses do ano.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP já voa para Washington – Dulles

17-06-2019 (17h16)

A TAP já liga as capitais de Portugal e dos Estados Unidos, com a inauguração no Domingo do seu voo TP231 para Washington – Dulles, que informou ter preços de ida desde 253 euros.

Lufthansa responsabiliza excesso de capacidade na Europa pela quebra de resultados

17-06-2019 (15h15)

O grupo Lufthansa, maior grupo de aviação da Europa em número de passageiros e em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), responsabiliza um alegado excesso de capacidade na Europa por uma evolução pior do que previa, mas os seus dados mostram que a subsidiária mais problemática é a Eurowings, que até era identificada com o negócio de voos de longo curso low cost.

Lufthansa alarma mercados com revisão em forte baixa da previsão de resultados

17-06-2019 (14h46)

A Lufthansa revelou hoje uma previsão de queda acentuada do resultado operacional ajustado de não recorrentes, que conduziu a forte quebra da sua cotação na Bolsa de Frankfurt e ‘ondas de choque’ nos títulos das outras companhias de aviação europeias.

TAP quadruplica oferta de obrigações para até 200 milhões de euros

14-06-2019 (19h03)

A TAP decidiu multiplicar por quatro o número e valor de obrigações a emitir, no âmbito do empréstimo obrigacionista em curso, passando de 50 milhões de euros para até 200 milhões de euros, foi hoje comunicado ao mercado.

TAP recebe mais três Airbus A330neo e já conta com dez

14-06-2019 (16h58)

A TAP anunciou hoje ter recebido mais três aviões Airbus A330neo e que, assim, já com dez unidades deste avião que diz contribuir “com mais de 24 milhões de euros para a economia portuguesa” e “mais de 600 postos de trabalho para o País”.

Noticias mais lidas