Aeroporto de Lisboa foi o 6º pior do mundo em pontualidade no mês de Junho

12-07-2018 (14h39)

Nem 40% dos voos partiram até 15 minutos da hora prevista

Apenas 38,3% dos voos que partiram do Aeroporto de Lisboa durante o mês de Junho fizeram-no até 15 minutos da hora prevista, indicou a OAG, cujo ranking de pontualidade coloca o aeroporto da capital portuguesa como 6º pior entre 1.193.

A informação mostra o Porto também entre os 50 piores em Junho e também com menos de metade dos voos à hora, ou seja, até 15 minutos da hora de partida anunciada, com 48,6%.

Os dois maiores aeroportos portugueses foram assim os piores em pontualidade no mês de Junho, seguidos por Faro com o 1.094º pior índice de pontualidade, mas já com mais de metade dos voos a partirem até 15 minutos da hora anunciada, com 58%.

Ainda entre os mil piores do mês de Junho incluídos no ranking da OAG estiveram Funchal, em 1.087º, com um índice de pontualidade de 58,5%, Horta, em 1.059º, mas já acima da marca dos 60% dos voos à hora, com 60,5%, e, depois, Ponta Delgada, em 1.024º com 62,9%.

O melhor aeroporto português em pontualidade no mês de Junho foi assim o único que não é parte da ANA/Vinci, o Aeroporto da Terceira, em 761º, com um índice de pontualidade de 74,4%.

Os melhores do mundo em pontualidade no mês de Junho foram os pequenos aeroportos de Sapporo Okadama, Japão, com 96,2% dos voos à hora, seguido por Ciudad Juarez, com 96,1%, e Hanakami, Japão, com 96%.

Entre os maiores aeroportos, o melhor em pontualidade foi o russo Moscovo Sheremetyevo, 45º do mundo em número de voos, com um índice de pontualidade de 92,8%, que foi o 43º melhor do mês.

O maior aeroporto do mundo em número de voos no mês de Junho foi Chicago O’Hare, com 38.493, seguido por Atlanta Hartsfield-jackson, com 37.775, Los Angeles International, com 28.134, e Dallas/Fort Worth, com 28,118, todos nos Estados Unidos, seguidos por Beijing Capital, China, com 68,6%.

Em pontualidade, o melhor destes cinco maiores foi Los Angeles, com 80,1% das partidas até 15 minutos da hora anunciada, seguido por Dallas/Fort Worth, com 73,6%, Atlanta Hartsfield, com 73,4%, Beijing Capital, com 68,6%, e Chicago O’Hare, com 68,4%, que teve simultaneamente o pior índice de cancelamentos do Top5, com 3,8%, seguido por Beijing Capital com 3%, e Dallas Fort Worth, com 1,7%.

Lisboa, por sua vez, teve 1,9% de cancelamentos, o Porto teve 2,2%, Faro teve 0,6%, o Funchal teve 1,8%, Ponta Delgada teve 1,4%, Terceira teve 0,4% e Horta teve 1,7%.

 

Ver também:

TAP teve em Junho 4º pior índice de pontualidade da OAG


Para ler mais notícias: OAG

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo açoriano reforça capital social da SATA Air Açores em 27 milhões de euros

16-07-2018 (16h31)

O Governo dos Açores anunciou hoje um reforço em 27 milhões de euros do capital social da SATA Air Açores, companhia aérea que assegura as ligações aéreas entre as nove ilhas açorianas, "por via da subscrição de 5.400.000 novas ações".

Lufthansa “refuta falsas alegações da Ryanair” sobre a LaudaMotion

16-07-2018 (15h28)

O Grupo Lufthansa afirmou que “são completamente infundadas” as alegações da Ryanair de que a LaudaMotion está sobre ameaça do grupo alemão, “que tenta retirar as nove aeronaves que se viu forçada a ceder à Laudamotion pela Comissão Europeia para lhe permitir reiniciar os seus serviços”.

Grupo SATA encerra contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros

16-07-2018 (13h32)

O Grupo SATA encerrou as contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros, valor que quase triplicou em relação a 2016 (14 milhões), revela o relatório e contas da companhia, a que a Lusa teve acesso.

António Teixeira é o novo presidente do conselho de administração da SATA

16-07-2018 (11h28)

O Governo dos Açores anunciou a escolha do gestor de empresas António Luís Gusmão Teixeira para a presidência do conselho de administração da SATA, substituindo Paulo Menezes, que ocupa o cargo desde o final de 2015.

TACV Cabo Verde Airlines prevê receber hoje mais um avião

16-07-2018 (11h19)

A companhia aérea TACV Cabo Verde Airlines, que no Sábado recebeu o seu primeiro avião Boeing 757, tem previsto receber hoje, segunda-feira, mais uma aeronave e assim “retomar a estabilidade operacional”.