Aeroporto de Frankfurt teve quebra de passageiros em 73,5% na última semana

25-03-2020 (10h55)

Foto: www.frankfurt-airport.com
Foto: www.frankfurt-airport.com

A gestora do Aeroporto de Frankfurt informou que na última semana verificou uma quebra de passageiros em 73,5% e que a carga embarcada e desembarcada decresceu 20,4%.

O Aeroporto, que se tem mantido a funcionar para viabilizar voos de repatriamento, indicou que passará a divulgar dados de tráfego todas as quintas-feiras.

 

Clique para mais notícias: Aeroporto de Frankfurt

Clique para mais notícias: Coronavírus

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ethiopian Airlines perdeu receitas na ordem dos 504 milhões de euros

08-04-2020 (18h03)

A Ethiopian Airlines, a maior transportadora aérea de África e propriedade do estado etíope, encerrou a maior parte as suas linhas comerciais desde o início da pandemia do novo coronavírus, e perdeu 504 milhões de euros em receitas.

Estão programados mais três voos charter entre Angola e Portugal

08-04-2020 (17h05)

Há dois voos entre Lisboa e Luanda programados para os dias 13 e 14 de Abril, e um entre Porto e Luanda, no dia 16, com o intuito de trazer cidadãos de regresso a Portugal, devido à pandemia do novo coronavírus.

TAP lança voos para novos destinos em plena pandemia de coronavírus

08-04-2020 (15h51)

Não haverá muitas companhias a lançar novos voos nos tempos de pandemia de coronavírus que o mundo vive, e menos ainda a pô-los à venda desde já, mas é o que a TAP está a fazer e no seu site já tem à venda as linhas Lisboa - Cancun e Ponta Delgada - Toronto.

Airbus suspende produção e montagem de aviões na Alemanha e nos Estados Unidos

08-04-2020 (14h52)

A construtora aeronáutica Airbus suspendeu actividades de produção e montagem de aviões comerciais nas suas fábricas em Bremen e Stade, na Alemanha, e em Mobile, nos Estados Unidos.

United Airlines oferece período de dois anos para alterarção de reservas

08-04-2020 (12h12)

A United Airlines está a oferecer aos seus clientes com viagens marcadas até final de 2020 a possibilidade de alterarem a sua reserva para datas num período alargado de dois anos.

Noticias mais lidas