Aeroporto de Faro lidera crescimento em Portugal com aumento de passageiros em 21,9%

11-02-2019 (12h49)

Foto: ANA/Vinci
Foto: ANA/Vinci

O Aeroporto de Faro voltou a ser o aeroporto português com o crescimento mais forte de passageiros, no primeiro mês deste ano, com um aumento em 21,9%, depois de uma subida em 19% em Dezembro passado.

Dados dos aeroportos portugueses geridos pela ANA, subsidiária do grupo francês Vinci, a que o PressTUR teve acesso mostram que apesar desse desempenho de Faro, o crescimento médio do tráfego de passageiros nos dez aeroportos portugueses geridos pela ANA ficou em 6,1%, representando um aumento em 196,4 mil, para 3,439 milhões.

Este quadro deve-se a que, mesmo em forte desaceleração, o Aeroporto de Lisboa concentrou em Janeiro 57,5% do total de passageiros embarcados e desembarcados em aeroportos portugueses este Janeiro e o seu crescimento face a Janeiro de 2018 ficou nuns ‘magros’ 3,2%, representando ainda assim um aumento de 62,3 mil, para 1,978 milhões.

Com este ‘patinar’ de Lisboa, fruto do atraso na concretização de soluções para o estrangulamento de capacidade detectado há anos, o Porto impõe-se mais uma vez como o aeroporto português com o maior aumento de passageiros, com mais 71,4 mil, ainda que sem atingir um crescimento relativo a dois dígitos, ficando em 9,6%.

O Porto, de acordo com os dados a que o PressTUR teve acesso, teve um total de 833,3 mil passageiros em Janeiro, o que equivale a 24,2% do total dos dez aeroportos portugueses e mais 0,7 pontos do que teve em Janeiro de 2018.

A seguir ao Porto, em número de passageiros, esteve Faro, com 264,5 mil, e, depois, Funchal, com 226,5 mil e que teve o crescimento mais modesto dos cinco maiores aeroportos portugueses, em apenas 2,2%, para 226,5 mil.

Já o Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada, maior aeroporto dos Açores, teve um aumento de passageiros a dois dígitos, em 10,1%, significando um aumento de aproximadamente dez mil, mais do dobro do Funchal, cujo aumento foi de 4,95 mil.

Ponta Delgada chegou assim aos 109,3 mil passageiros, representando 3,2% do total de passageiros em aeroportos geridos pela ANA no mês de Janeiro, +0,1 pontos que há um ano.

Os dados a que o PressTUR teve acesso evidenciam que os piores desempenhos do primeiro mês deste ano foram nos aeroportos de Porto Santo, com uma queda de passageiros em 14,4% ou cerca de 970, para 5,7 mil, e de Santa Maria, com -1,9% ou menos cerca de 120, para 6,1 mil.

Já os aeroportos da Horta e das Flores tiveram aumentos de passageiros, respectivamente em 9,9% ou cerca de 1,15 mil, para 12,7 mil, e em 5,8% ou cerca de 150, para 2,7 mil.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vueling vai ter voos Tenerife - Lisboa

15-02-2019 (16h56)

A Vueling, low cost do IAG, grupo de que fazem parte também a British Airways, a Iberia, a Aer Lingus e a Level, vai ter voos entre Tenerife e Lisboa a partir de Abril.

TAP transporta menos passageiros este Janeiro nas suas rotas espanholas

15-02-2019 (15h47)

A TAP, que em meados do ano passado retirou A Coruña, Astúrias e Vigo da sua rede de destinos em Espanha, começou 2019 com uma quebra de passageiros nas ligações com o país vizinho em 3,4% ou cerca de 4,7 mil, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pela AENA.

Passageiros em voos entre Espanha e Portugal aumentam 10,8% em Janeiro

15-02-2019 (15h33)

Os aeroportos espanhóis somaram este Janeiro 357,6 mil passageiros de voos de/para Portugal, +10,8% ou mais 34,9 mil que no primeiro mês de 2018, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR.

Aeroportos espanhóis começam 2019 com aumento de um milhão de passageiros

15-02-2019 (15h08)

Os 49 aeroportos espanhóis somaram 16,58 milhões de passageiros no primeiro mês deste ano, com um aumento em 7% ou 1,08 milhões em relação a Janeiro de 2018, cerca de metade do qual em Madrid Barajas e em Barcelona El Prat, de acordo com a AENA, gestora dos aeroportos espanhóis.

Lucro da Finnair baixa 11% para 150,7 milhões de euros em 2018

15-02-2019 (14h37)

A Finnair, que voa de Helsínquia para Lisboa e tem programado voar também para o Porto, obteve um lucro líquido de 150,7 milhões de euros em 2018, menos 11% do que no ano anterior, apesar de um aumento da facturação.