Accionista da TAP explica cancelamentos de voos com “congestionamento em outros aeroportos”

04-04-2018 (22h13)

David Neeleman, Fernando Pinto e Humberto Pedrosa (Foto: TAP)
David Neeleman, Fernando Pinto e Humberto Pedrosa (Foto: TAP)

O accionista da TAP Humberto Pedrosa explicou os cancelamentos de voos da companhia nos últimos dias de Março com “problemas de congestionamento em outros aeroportos”.

“Que eu saiba não temos nenhuma greve de pilotos prevista. É natural que existam cancelamentos de voos nesta altura. No período da Páscoa há muito movimento. Temos tido problemas de congestionamento em outros aeroportos e isso gera atrasos e algumas vezes cancelamentos", disse o empresário, citado pela Agência Lusa.

Na última semana de Março foi noticiado que a TAP tinha cancelado pelo menos 36 voos entre as 7h00 de dia 26 e a manhã de 27 e esse número anormal de cancelamentos foi relacionado com uma acção dos pilotos de “seguir à risca o que diz o Acordo da Empresa em relação às horas de descanso” (para ler mais clique: TAP cancelou 36 voos no Aeroporto de Lisboa desde ontem de manhã).

Humberto Pedrosa, que participava na cerimónia que marcou o início da subconcessão para a operação e manutenção do Metro do Porto para o período 2018-2025, desvalorizou a situação e contrapôs que “a imagem da TAP está muito forte” e “está a crescer com muita solidez”.

Convidado a comentar a escolha de Antonoaldo Neves para a liderança da gestão executiva da transportadora aérea portuguesa, Humberto Pedrosa afirmou que foi escolhida “a pessoa certa”.

“É uma pessoa jovem, com muita vontade, experiência, muita disponibilidade e que gosta da companhia. Vamos renovar e levar a TAP para um patamar que a TAP deve estar”, afirmou.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.