Agências de viagens devem ser cada vez mais dinamizadoras das exportações – Ana Mendes Godinho, SET

12-01-2018 (10h55)

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, lançou um desafio às agências de viagens para que sejam “cada vez mais nossos instrumentos de exportação”.

O turismo contribui “decisivamente para um aumento da balança”, uma vez que consegue exportar tendo “as pessoas cá dentro” sem ter “um peso significativo nas importações”, começou por dizer Ana Mendes Godinho, que falava esta quinta-feira na tomada de posse dos órgãos sociais da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) para o triénio 2018-2020.

A secretária de Estado do Turismo lançava assim “um repto às agências para que sejam também cada vez mais as agências dinamizadoras deste aumento das exportações”.

Ana Mendes Godinho desafia a que sejam as agências de viagens a trazer “cada vez mais pessoas para dentro de Portugal” e a ser “montras daquilo que se vive em Portugal”.

Como exemplo, a secretária de Estado do Turismo salientou a actuação da APAVT após os incêndios na Região Centro, ao dinamizarem “operação turística nas regiões menos tradicionais”.

“Penso que o Congresso no Centro será também uma oportunidade óptima para mobilizarmos este tipo de construção de operação turística”, afirmou ainda Ana Mendes Godinho, apesar de ainda não ter sido anunciada a localização do próximo Congresso da APAVT.

 

Continua:

Ana Mendes Godinho enaltece o contributo das associações para o sucesso do turismo em Portugal

 

Ver também:

Portugal soma mais de 13.000 milhões de euros de receitas turísticas no fim de Outubro e supera total de 2016

Vendas de voos de passageiros ao estrangeiro aceleram crescimento em Outubro para 32,5%

 


Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: APAVT

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Receitas da hotelaria portuguesa crescem há 52 meses... mas abrandamento instala-se

15-10-2018 (17h00)

A hotelaria portuguesa concluiu em Agosto o 52º mês consecutivo de aumento dos proveitos, mas já sem os aumentos a dois dígitos que se sucediam desde o primeiro quadrimestre de 2014, tendo registado em Agosto o aumento mais fraco desde 2013, se excluídos os efeitos de calendário pelas alterações da data da Páscoa.

Dormidas de estrangeiros na hotelaria portuguesa caem há cinco meses consecutivos

15-10-2018 (16h53)

"Dormidas de não residentes mantêm tendência negativa", destacou o INE ao divulgar hoje os dados do turismo no alojamento turístico ‘tradicional', evidenciando assim que a quebra ocorrida em Agosto não foi uma excepção.

Lisboa espera arrecadar 36,5 milhões de euros com taxa turística em 2019

15-10-2018 (15h52)

A Câmara Municipal de Lisboa prevê arrecadar 36,5 milhões de euros com a Taxa Municipal Turística em 2019, mais do dobro do estimado em 2018, que foi de 14,4 milhões, anunciou hoje o vereador das Finanças, João Paulo Saraiva.

Cuba recebeu mais de 25 mil turistas portugueses até Setembro

15-10-2018 (15h32)

O número de turistas portugueses que visitaram Cuba nos primeiros nove meses deste ano já ultrapassou a marca de 25 mil, com um aumento de quase três mil face ao período homólogo do ano passado, de acordo com dados a que o PressTUR teve acesso.

Número de turistas britânicos na hotelaria portuguesa cai há 11 meses consecutivos

15-10-2018 (15h21)

O turismo internacional na hotelaria portuguesa caiu mesmo em Agosto, tradicionalmente mês de ‘pico’ da actividade turística, especialmente da parte dos cinco maiores emissores europeus e designadamente do maior de todos, o Reino Unido, que regista quedas de hóspedes e dormidas há 11 meses consecutivos.