TUI Group realça sucesso da estratégia de centrar-se em conteúdos (hotéis e cruzeiros)

28-09-2016 (16h17)

O TUI Group, maior grupo europeu de operadores turísticos e agências de viagens que tem estado a alterar o foco para os conteúdos, referindo-se a hotéis e navios de cruzeiros, anunciou hoje que vai ultrapassar a previsão de 10% de subida do lucro operacional no exercício que termina sexta-feira, avançando que espera alcançar um aumento entre 12% e 13%.

A divulgação desta nova previsão de resultados antes de juros, impostos e amortizações (EBITA), bem como antes de variações cambiais e sem contabilizar o impacto da venda da Hotelbeds, foi anunciada pelo CEO Friedrich Joussen como a demonstração do acerto da transformação do TUI no que designa por “content centric, vertically integrated tourism group”.

Aliás, nessa lógica, o seu destaque vai para o reforço da oferta de hotéis, com a abertura de cinco unidades este Verão (um RIU e um Sensatori na República Dominicana, um RIU no Sri Lanka e dois clubs Robinson na Grécia e na Turquia), e de cruzeiros, com a introdução de dois novos navios, o TUI Discovery, em Junho, e o Mein Schiff 5, em Julho.

Os operadores turísticos continuam, porém, a ser a origem da maioria das suas receitas e o grupo destaca a esse respeito que tem aprofundado a estratégia de “relação directa com os consumidores”, especificando que aumentou em um ponto, para 72%, a percentagem de vendas pelo que designa por “distribuição controlada”, ou seja, agências próprias, e reforçou em dois pontos, para 43%, o que designa por “online mix”.

Os dados que avançou por mercados emissores acerca das vendas dos seus programas de Verão indicam aumentos em 1% do número de reservas e da receita, acrescentando que excluindo a Turquia o aumento atinge 7%.

Os dados mostram, adicionalmente, que esses aumentos em 1% se devem essencialmente ao mercado do Reino Unido, onde teve um aumentos das receitas de vendas e do número de clientes em 5%.

Na Alemanha, outro dos seus principais mercados, pelo contrário, teve uma queda do número de clientes em 2% e as receitas de vendas baixaram 1%.

França, terceiro grande mercado emissor europeu, não figura nos dados publicados pelo TUI Group sobre os seus chamados “source markets”, a qual, relativamente à região Ocidental apenas inclui o Benelux, com uma queda das receitas de vendas em 1%, apesar de um aumento do número de clientes em 2%.

 

Clique para mais notícias: TUI

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ricardo Freixinho deixa Soltrópico

18-10-2018 (18h59)

O Grupo Newtour anunciou que Ricardo Freixinho, director de contratação da Soltrópico, vai deixar o operador turístico no final deste mês, alteração integrada "num conjunto de mudanças que estão a ser efectuadas em todo o Grupo Newtour, que continuarão até ao primeiro trimestre de 2019".

Soltrópico apresenta programação de réveillon a 300 agentes de viagens (com fotos)

18-10-2018 (17h16)

O operador turístico Soltrópico juntou cerca de 300 agentes de viagens em Coimbra, Porto e Lisboa para apresentar a sua programação para o Fim de Ano, num workshop que Fernando Bandrés, director operacional, descreveu como uma forma “dinâmica” de divulgar a oferta de 19 fornecedores, entre hotéis, companhias aéreas e destinos.

Papa-Léguas promove conversas sobre viagens de aventura

18-10-2018 (11h00)

A agência de viagens Papa-Léguas está a promover em Lisboa, já a partir de amanhã, dia 19, “conversas descontraídas realizadas por viajantes para inspirar novos viajantes a aventurarem-se por destinos incríveis”.

AHP confirma hotelaria portuguesa mais rentável mesmo com ocupação em queda

17-10-2018 (16h59)

O AHP Tourism Monitor publicado hoje pela AHP, Associação da Hotelaria de Portugal, indica que em Agosto, mês de maior actividade hoteleira em Portugal, apesar de uma queda da ocupação dos quartos em 1,3 pontos, a receita média de quartos por quarto disponível subiu 4%, ‘puxada’ por uma subida do preço médio de quartos em 6%.

Travelport renova acordo de distribuição com a Jet Airways

17-10-2018 (14h17)

A Travelport e a Jet Airways renovaram o seu acordo de distribuição, que permite às agências de viagens conectadas à tecnológica aceder à oferta da companhia de aviação indiana.