Soltrópico e Solférias anunciam charter para o Fim de Ano na Boavista

11-07-2017 (14h21)

Os operadores turísticos Soltrópico e Solférias acabam de anunciar que têm programada uma operação charter contratada à TAP para o Fim de Ano na Ilha da Boavista, em Cabo Verde, com partida de Lisboa no dia 26 de Dezembro em A320 de 156 lugares.

Os operadores já estão a comercializar pacotes com sete noites de alojamento na Boavista com preços por pessoa em quarto duplo a começar nos 798 euros e regime de alojamento e pequeno-almoço (APA) e desde 1.536 euros em regime de tudo incluído (TI).

Os pacotes incluem voos TAP de ida e volta com partida de Lisboa no dia 26 de Dezembro, taxas, transferes, seguro de viagem e sete noites de alojamento.

 

Clique para ver mais: Promoções

Clique para ver mais: Cabo Verde

Clique para ver mais: Soltrópico / Solférias

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Plataforma da Solférias já permite reservar ‘fare families’ (com vídeo)

12-11-2018 (16h03)

O operador turístico Solférias anunciou que passou a ter na sua plataforma uma funcionalidade que permite a reserva ‘fare families' em programas com voos, possibilitando aos agentes de viagens oferecer mais opções aos seus clientes.

Soltrópico dá formação sobre os Emirados Árabes Unidos

12-11-2018 (12h56)

O operador turístico Soltrópico está a anunciar uma formação sobre os Emirados Árabes Unidos a decorrer no dia 14 de Novembro.

Agências de viagens europeias acusam IATA de prepotência

09-11-2018 (12h43)

A ECTAA, organização que reúne as associações de agências de viagens e operadores turísticos europeus, acusou a IATA, associação mundial de companhias de aviação, de "unilateralmente" pôr em causa aspectos importantes da regulação da sua relação comercial.

Reservas em GDS abrandam fortemente no terceiro trimestre, Amadeus

07-11-2018 (17h50)

As reservas de voos por agências de viagens através dos GDS (sistemas globais de distribuição) passaram de um crescimento médio em 4,3% no primeiro semestre para apenas 1,7% no terceiro trimestre, revelou hoje a Amadeus IT, que atribui o abrandamento, entre outros factores, ao impacto de "estratégia adoptadas por algumas companhias de aviação" na Europa Ocidental, sua maior região.

Agências e operadores turísticos estão “relativamente confortáveis”, Pedro Gordon, GEA

05-11-2018 (18h42)

“A nível de comissões acho que o mercado está mais ou menos bem regulado neste momento”, assumiu Pedro Gordon, director-geral da GEA, maior rede portuguesa de agências de viagens em número de lojas, ao pronunciar-se sobre a remuneração das agências pelas vendas de pacotes de operadores turísticos, o seu maior segmento de actividade.