Solférias apresenta Gran Canária a agentes de viagens

29-06-2017 (09h23)

Funchal, Lisboa e Porto são as cidades por onde a Solférias passa esta semana para apresentar aos agentes de viagens a Gran Canária, um destino que garante ser para visitar durante todo o ano, graças às temperaturas e oferta cultural e de entretenimento.

A proximidade, a duas horas e meia de voo de Lisboa, a temperatura média anual de 24 graus e as mais de 120 praias para visitar foram os primeiros argumentos apresentados em Lisboa pelo delegado da Gran Canária para o mercado ibérico, Jorge Kahr Stenger.

A esses atractivos juntam-se as paisagens diversas, com mais de 40% do território classificado como Reserva da Biosfera, os seis quilómetros das dunas de Maspalomas e a oferta hoteleira, com 12 hotéis de 5-estrelas e 49 de 4-estrelas.

É um destino multifacetado, garante Jorge Kahr Stenger, indicado para famílias, casais e para quem procura actividades e entretenimento, incluindo desportos aquáticos, golfe, vida nocturna, compras e turismo LGBT.

A cultura e o património histórico são outros pontos destacados pelo executivo, designadamente pelos 500 anos de história do destino, visíveis na arquitectura dos edifícios localizados nos centros históricos.

Acresce ainda o aumento da oferta de voos para Gran Canária a partir de Portugal, que este ano, desde 10 de Junho, passou a contar com ligações diárias da TAP entre Lisboa e Las Palmas, que se juntam às rotas operadas pela Binter a partir do Funchal e de Lisboa.

Os voos da TAP “darão muito mais exposição” à Gran Canária, perspectiva Nuno Mateus, director-geral da Solférias, em conversa com os jornalistas durante o evento em Lisboa.

Há contudo “muita pressão a nível de quartos” na Gran Canária, alerta o director do operador, considerando que o fenómeno é justificado pelo aumento da procura de outros mercados europeus durante o Verão, que reservam com mais antecedência que os portugueses.

Com a apresentação aos agentes de viagens em finais de Junho e com a falta de hotéis disponíveis, Nuno Mateus perspectiva que este seja apenas “um ano de afirmação” da Solférias na comercialização da Gran Canária a partir de Portugal Continental.

A partir do Funchal, através da Solférias Madeira, a programação do operador para a Gran Canária está consolidada, sendo um dos principais destinos de férias dos madeirenses, e isso irá contribuir para o desempenho das vendas a partir de Portugal Continental.

Contudo, este ano o que Nuno Mateus pretende “é marcar a nossa posição, ir evoluindo e, sinceramente, com o que já fazemos na Madeira, temos muito mais capacidade de atingir bons números, mas não no primeiro ano”.

A Solférias, a Gran Canária e a TAP promoveram apresentações para agentes de viagens no Funchal, com cerca de 40 participantes, e em Lisboa, com cerca de 150.

A última sessão de formação sobre a Gran Canária está marcada para esta quinta-feira, dia 29, no Hotel Ipanema Park, no Porto, pelas 19h, onde estão previstos cerca de 130 agentes de viagens.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Solférias

Clique para ver mais: Gran Canária

Clique para ver mais: TAP

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Compra da Travelport pelo fundo Siris notificada à Autoridade da Concorrência

17-01-2019 (15h24)

O fundo de investimentos Siris Cayman Fund IV notificou a Autoridade da Concorrência (AdC) da sua proposta de compra da plataforma de comércio de viagens Travelport, divulgada em 10 de Dezembro e que tem o apoio unânime da Administração da companhia.

Macau quer atrair mais convenções, congressos e exposições

17-01-2019 (14h07)

O Governo de Macau pretende tornar o território mais competitivo na atracção de mais convenções, congressos e exposições, o segmento MICE, apesar das melhorias neste sector nos últimos anos, anunciou hoje o secretário para a Economia e Finanças daquela região.

Turistas portugueses na Dominicana voltaram em 2018 a ser mais de 40 mil

16-01-2019 (17h50)

A República Dominicana recebeu 40,5 mil turistas residente em Portugal em 2018, que foi assim o segundo ano em que teve mais de 40 mil turistas residentes em Portugal, depois de em 2009 ter atingido os 42,7 mil, que se mantém o recorde anual.

Portugal foi o 2º emissor europeu que mais cresceu para a Dominicana em 2018

16-01-2019 (17h48)

Portugal, com mais 9.188 turistas na Dominicana em 2018, teve o segundo maior aumento do ano entre 25 emissores europeus, atrás apenas de Inglaterra, de onde o destino teve um aumento de 9.980 turistas.

Newtour adopta conexões NDC para aceder aos voos do Grupo Lufthansa

16-01-2019 (13h40)

A Newtour, que integra o operador turístico Soltrópico e as agências de viagens Bestravel, assinou um acordo para poder reservar voos das companhias do Grupo Lufthansa através de conexões NDC.