Serhs Tourism será essencial para os canais de venda do Grupo Ávoris em Portugal e Espanha

10-05-2018 (17h10)

O Grupo Ávoris assinou um acordo para incorporar a Serhs Tourism, medida que será essencial para ‘alimentar’ os canais de venda do grupo em Portugal e Espanha, por um lado, e, por outro, aceder ao inventário de operadores turísticos da Europa de Leste, Países Nórdicos e Rússia.

A Serhs Tourism é a divisão de intermediação turística do Grupo Serhs, que além da hotelaria actua no sector do turismo receptivo e na distribuição B2B, como fornecedor de serviços de viagens, incluindo alojamento, handling, transferes, excursões e tours para operadores turísticos, agências de viagens e OTAs.

Através desta operação, o Grupo Ávoris vai incorporar na sua oferta a estrutura de contratação da Serhs de cerca de cinco mil hotéis, com forte presença nas costas espanholas, segundo avança a imprensa espanhola.

Assim, a incorporação do produto da Serhs Tourism será fundamental para os canais de venda da Ávoris em Espanha e Portugal.

Por outro lado, segundo um comunicado das duas empresas divulgado na imprensa espanhola, a integração permite acesso a um conjunto de operadores turísticos europeus, especialmente na Europa Central e Oriental, nos países nórdicos e na Rússia, onde a Serhs é um player importante.

O acordo inclui a integração da Rhodasol, a plataforma B2B da Serhs liderada em Portugal por Carlos Guarita, que fornece agências de viagens em Portugal, Espanha e nos mercados francófonos com uma tecnologia de distribuição que alcança 11.500 clientes.

A marca Serhs Tourism vai manter-se, assim como a direcção e as equipas actuais da empresa.

Gabriel Subías, CEO da Ávoris, citado no comunicado, afirmou que o acordo “sem dúvida gerará sinergias muito positivas no nosso grupo, combinando a força do grupo Serhs com a capacidade de distribuição das diferentes marcas que compõem a Ávoris”.

Por outro lado, a integração permite “continuar o nosso processo de internacionalização, permitindo-nos aceder ao portfólio de importantes operadores turísticos da Europa de Leste e da Rússia”.

Jordi Bagó, CEO da Serhs, afirmou por sua vez que a operação enquadra-se na estratégia do grupo de “fazer grandes alianças com os principais parceiros em cada um dos sectores de actividade do grupo”.

Na assinatura do acordo, que está sujeito a aprovação pela autoridade da concorrência, estiveram presentes, além de Gabriel Subías e Jordi Bagó, o director-geral da Serhs Tourism, Josep Maria Bagudà, e o director-geral de Desenvolvimento do Negócio e Transformação da Ávoris, Michel Arellano.

 

Clique para mais notícias: Ávoris

Clique para mais notícias: Serhs

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CVC ultrapassou os cinco milhões de passageiros embarcados no primeiro semestre

14-08-2018 (17h56)

O grupo brasileiro CVC Corp, que engloba agências de viagens e operadores turísticos e vende viagens de lazer e corporativas, superou no primeiro semestre os cinco milhões de passageiros embarcados, com um aumento em 30,8% em relação ao período homólogo de 2017.

CVC agrega mais uma participada b2b com a compra do consolidador Esferatur

14-08-2018 (16h26)

A brasileira CVC, maior grupo latino americano de organização e comercialização de viagens, anunciou hoje um reforço do seu portefólio de produtos e serviços para o mercado profissional através da aquisição da Esferatur, classificada como um dos maiores consolidadores do mercado brasileiro, com vendas de bilhetes de avião na ordem de 1,8 mil milhões de reais (cerca de 407 milhões de euros).

Lusanova Cruzeiros já vende cruzeiros Star Clippers

08-08-2018 (17h20)

A Lusanova Cruzeiros, que em finais de Julho começou a vender cruzeiros da Carnival Cruise Line, anunciou hoje que também passou a ser agente de vendas da Star Clippers.

Soltrópico lança campanha para férias em Setembro em Cabo Verde, Tunísia e Porto Santo

08-08-2018 (12h58)

A Soltrópico lançou uma campanha de vendas para férias em Setembro em alguns dos seus destinos programados com voos charter, designadamente as ilhas cabo-verdianas do Sal e da Boavista, Monastir, na Tunísia, e Porto Santo.

Operadores marítimo-turísticos dos Açores queixam-se de falta de capacidade na SATA

07-08-2018 (15h08)

A SATA “está a penalizar” a actividade dos operadores marítimo-turísticos, por falta de capacidade para a procura que há nomeadamente para mergulho com jamantas ao largo da ilha de Salta Maria, que empresários locais garantem estar a afirmar-se como alternativa às Maldivas.