Reservas na Alemanha para férias em Portugal estão 20% acima de 2015

23-03-2016 (13h11)

A associação alemã de agências de viagens DRV revelou que as reservas na Alemanha para férias Portugal estão 20% acima de 2015, ano em que os residentes na Alemanha foram 4º maior mercado nas receitas turísticas portuguesas e 2º maior mercado em dormidas no alojamento turístico em Portugal.

Em gastos turísticos o mercado alemão posicionou-se como o 4º maior emissor para Portugal em 2015, com 11% do total das receitas turísticas portuguesas, mais 0,4 pontos que em 2014, segundo dados do Banco de Portugal recolhidos pelo PressTUR.

Os gastos turísticos de alemães em Portugal ascenderam a 1,2 mil milhões de euros no ano passado, mais 13,9% ou mais 152 milhões que em 2014.

Em dormidas no alojamento turístico português, a Alemanha foi o 2º maior emissor, com uma quota de 14%, mais 0,5 pontos que em 2014.

As dormidas de alemães no alojamento turístico em Portugal ascenderam a 4,8 milhões, mais 10,9% ou mais 475,7 mil que em 2014, segundo dados do INE.

Em hóspedes, com 1,1 milhões, mais 13,2% ou mais 128,8 mil que em 2014, os residentes na Alemanha foram o 4º maior mercado no alojamento turístico português, com uma ‘fatia’ de 10,9%, mais 0,3 pontos que um ano antes.

“Este ano o crescimento do número de reservas, em final de Janeiro, situava-se em cerca de 20%”, revelou Norbert Fiebig, presidente da DRV, citado num comunicado da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT).

O presidente da DRV, que se encontrou com o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, na semana passada em Berlim, destacou que “a promoção e marketing de Portugal na Alemanha deveria manter-se no seu mais alto nível, para assegurar a continuidade de Portugal enquanto destino de referência para os nossos clientes”.

Em Novembro de 2015 a DRV juntou cerca de 800 participantes no seu congresso em Lisboa “que tiveram também a oportunidade de conhecer as vantagens do país e regressaram com as melhores impressões”, frisou Norbert Fiebig.

“Portugal é um país com uma tremenda riqueza para o turismo, que não se limita a oferecer o Sol e o mar com praia, mas também um turismo de cidade, designadamente em Lisboa e Porto, que é muito apelativo”, sublinhou o presidente da DRV, para acrescentar que “para quem prefira natureza ou caminhadas, ou seja entusiasta do golfe, o país dispõe de muitas e boas ofertas”.

Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, frisou que “estas são notícias positivas e encorajadoras, vindas de um mercado tão importante para Portugal, que naturalmente recebemos com muita alegria”.

“Tendo sido com toda a certeza apenas mais uma contribuição entre tantas tão importantes, o feedback que temos recebido dos nossos colegas alemães, como aconteceu durante a ITB, expressa bem a importância que teve este congresso [da DRV realizado em Lisboa em Novembro]”, sublinhou Pedro Costa Ferreira, para acrescentar que a sua expectativa é que, “em sede de projeto de promoção da CTP (Confederação do Turismo Português), este mercado tenha uma abordagem promocional  forte e continuada”.

 

Clique para mais notícias: APAVT / DRV

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Amadeus Selling Platform Connect estará pronta para o NDC “em breve” (com vídeo)

18-04-2019 (12h48)

A multinacional tecnológica para as viagens e turismo anunciou que sua plataforma Selling Platform Connect estará preparada para os novos standards NDC da IATA "em breve".

Viajar Summer Party está marcada para 11 de Maio

17-04-2019 (19h37)

A Viajar Summer Party, encontro anual com agentes de viagens organizado pela Viajar Tours, vai decorrer no dia 11 de Maio em Montemor-o-Velho.

APG inclui Air Panama no seu programa de interline

17-04-2019 (11h44)

A APG Portugal anunciou hoje a inclusão no seu programa de interline da Air Panama, companhia que opera voo domésticos no Panamá e também faz ligações a San José, capital da Costa Rica.

Americanos garantem crescimento do turismo internacional na Dominicana no 1º trimestre

16-04-2019 (14h44)

O crescimento em 12,3% das chegadas dos Estados Unidos, seu primeiro mercado emissor, garantiu à Dominicana um aumento de turistas internacionais no primeiro trimestre, apesar do calendário desfavorável à comparação com 2018.

Turistas portugueses na Dominicana baixam 52% no 1º trimestre

16-04-2019 (14h37)

Sem voos directos para Punta Cana e sem Páscoa no primeiro trimestre, ao contrário do que aconteceu em 2018, o número de turistas portugueses na Dominicana baixou 52% este ano, representando uma queda de 3,1 mil, para 2,9 mil.