Presidente da APAVT reclama da TAP respeito pela “liberdade de escolha do consumidor”

20-04-2016 (14h22)

Foto: TAP
Foto: TAP

Apesar do clima de festa, como é tradição na entrega dos prémios TOP TAP, o presidente da APAVT não deixou de assinalar o desagrado das agências de viagens portuguesas relativamente a "acções pontuais da TAP" que em sua opinião "inviabilizam na sua concepção a intervenção dos agentes de viagens".

Sem deixar de enaltecer as virtualidades da “aliança entre a TAP e as agências de viagens portuguesas” e, inclusivamente, de perspectivar “uma TAP mais forte, um sector dos agentes de viagens mais robusto, e uma relação entre os dois ainda mais sólida”, Pedro Costa Ferreira também não deixou de assumir “sérias divergências relativamente a algumas acções pontuais da TAP”.

Contactado pelo PressTUR, o presidente da APAVT disse não querer especificar a que acções se referia, mantendo que se referia a medidas que “não se coadunam com o historial de relacionamento” entre a companhia aérea e as agências de viagens, porque “não servem a liberdade de escolha do consumidor”.

As suas referências levam a crer que se estava a referir a campanhas de promoções que a companhia aérea disponibiliza nos seus canais de venda directa sem possibilitar as mesmas condições aos agentes de viagens.

O que está em causa, defendeu Pedro Costa Ferreira, é preservar a liberdade de escolha dos consumidores relativamente ao canal onde preferem comprar as suas passagens.

“Nunca tivemos, e muito menos exprimimos, a vontade de sermos um canal de distribuição privilegiado. Ao invés, sempre defendemos a livre escolha do consumidor aquando da decisão de comprar”, frisou o presidente da APAVT na sua intervenção no jantar dos TOP TAP ontem em Lisboa, no Convento do Beato (ver também: Veja aqui as agências TOP para a TAP em 2015 / Fernando Pinto apresenta “equipa de trabalho da nova TAP” às agências de viagens).

Daí, prosseguiu, que a APAVT mantenha sobre este e outros temas “uma abertura total para um diálogo abrangente, consistente e construtivo”, sublinhando que “seria uma pena que esta atitude construtiva fosse confundida com fraqueza”.

“A verdade é que ao fim de tantos anos de luta e de trabalho, a única coisa que podemos afirmar com plena convicção é que os agentes de viagens não se sentem nem frágeis, nem tão pouco cansados”, concluiu o dirigente.


Ver também:

“Precisamos da ajuda de vocês” — Fernando Pinto às agências de viagens de Portugal e do Brasil

TAP fez mais charters no 1º trimestre de 2016 do que em todo o ano passado – David Neeleman

Fernando Pinto apresenta “equipa de trabalho da nova TAP” às agências de viagens

Veja aqui as agências TOP para a TAP em 2015

 

Clique para mais notícias: APAVT

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CVC ultrapassou os cinco milhões de passageiros embarcados no primeiro semestre

14-08-2018 (17h56)

O grupo brasileiro CVC Corp, que engloba agências de viagens e operadores turísticos e vende viagens de lazer e corporativas, superou no primeiro semestre os cinco milhões de passageiros embarcados, com um aumento em 30,8% em relação ao período homólogo de 2017.

CVC agrega mais uma participada b2b com a compra do consolidador Esferatur

14-08-2018 (16h26)

A brasileira CVC, maior grupo latino americano de organização e comercialização de viagens, anunciou hoje um reforço do seu portefólio de produtos e serviços para o mercado profissional através da aquisição da Esferatur, classificada como um dos maiores consolidadores do mercado brasileiro, com vendas de bilhetes de avião na ordem de 1,8 mil milhões de reais (cerca de 407 milhões de euros).

Lusanova Cruzeiros já vende cruzeiros Star Clippers

08-08-2018 (17h20)

A Lusanova Cruzeiros, que em finais de Julho começou a vender cruzeiros da Carnival Cruise Line, anunciou hoje que também passou a ser agente de vendas da Star Clippers.

Soltrópico lança campanha para férias em Setembro em Cabo Verde, Tunísia e Porto Santo

08-08-2018 (12h58)

A Soltrópico lançou uma campanha de vendas para férias em Setembro em alguns dos seus destinos programados com voos charter, designadamente as ilhas cabo-verdianas do Sal e da Boavista, Monastir, na Tunísia, e Porto Santo.

Operadores marítimo-turísticos dos Açores queixam-se de falta de capacidade na SATA

07-08-2018 (15h08)

A SATA “está a penalizar” a actividade dos operadores marítimo-turísticos, por falta de capacidade para a procura que há nomeadamente para mergulho com jamantas ao largo da ilha de Salta Maria, que empresários locais garantem estar a afirmar-se como alternativa às Maldivas.