Negócios na plataforma de comércio da Travelport aumentam 12% no primeiro semestre

02-08-2018 (16h28)

Imagem: Travelport
Imagem: Travelport

A plataforma de comércio de produtos turísticos da Travelport processou no primeiro semestre negócios no montante global de 46,7 mil milhões de dólares (cerca de 40 mil milhões de euros), com um aumento em 12% relativamente ao período homólogo de 2017, informou hoje a empresa.

A informação especifica que no segundo trimestre o aumento foi em 11%, para 23,44 mil milhões de dólares (cerca de 20 mil milhões de euros).

Relativamente aos produtos e serviços comercializados, sabe-se que os voos são a maior fatia, mas a empresa indica apenas que no primeiro semestre estão incluídas 34,35 milhões de noites de hotel e 53,3 milhões de dias de rent-a-car, com aumentos respectivamente em 2% e em 5%.

No segundo trimestre, o aumento do número de noites de hotel foi de 2%, para 17,78 milhões, mas em rent-a-car houve uma estagnação em baixa, para 28,6 milhões de dias.

O processamento destes negócios, de acordo com a informação disponibilizada pela Travelport, geraram-lhe uma receita de 1.290,6 milhões de dólares (1,1 mil milhões de euros) no primeiro semestre, em alta de 7% relativamente ao período homólogo, com +2% no segmento que designa por Air, referindo-se a Aviação, que somou 916,88 milhões de dólares (785,2 milhões de euros), e +21% no Beyond Air, onde inclui designadamente hotelaria, rent-a-car e processamento de pagamentos, designadamente pela sua subsidiária eNett, que foi mais uma vez ‘a estrela’ do crescimento.

No segundo trimestre, o crescimento das receitas obtidas pela Travelport com a sua plataforma de comércio foi ainda mais forte, situando-se em 9%, com +5% no segmento Air e +21% no Beyond Air, nomeadamente pelo aumento em 82% da eNett.

O balanço evidencia que os aumentos de receita foram gerados principalmente por subidas da receita média por segmento, unidade utilizada pelos GDS, que aumentou em média 7% no semestre, com +9% no segundo trimestre.

O número de segmentos, por sua vez, teve uma estagnação em baixa tanto no semestre, ficando em 179,25 milhões, quanto no segundo trimestre, com 86,9 milhões.

 

Ver também:

Travelport cresce 24% na Europa no 2º trimestre, mas não evita quebra do lucro em 80%

 

Clique para mais notícias: Travelport

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Springwater vai finalmente apostar na “aproximação/integração” Geostar - Top Atlântico

15-02-2019 (16h35)

O grupo espanhol Wamos, do fundo suíço Springwater, vai avançar finalmente para a “aproximação/integração” das suas redes em Portugal, a Top Atlântico comprada ao antigo GES e a Geostar comprada ao grupo Sonae em 2015.

Roadshow “Os Especialistas” começa segunda-feira no Algarve

15-02-2019 (11h02)

O roadshow “Os Especialistas”, que junta fornecedores de produtos e serviços para agências de viagens, vai começar na próxima segunda-feira, dia 18, em Vilamoura, e vai percorrer mais cinco cidades portuguesas até ao fim do mês.

Solférias espera continuar a crescer em vendas para a Disneyland Paris, Cláudia Caratão

13-02-2019 (22h34)

A Solférias começou o ano com um volume de vendas para a Disneyland Paris “bastante superior” ao registado no período homólogo do ano passado e prevê fechar o ano com crescimento face a 2018, apesar da entrada ‘em jogo’ de um novo concorrente, disse ao PressTUR a directora de produto e contratação do operador turístico, Cláudia Caratão.

“Excesso de oferta” para Caraíbas e Cabo Verde poderá prejudicar outros destinos, Nuno Anjos (Viajar Tours)

13-02-2019 (17h30)

O "excesso de oferta" para as Caraíbas e para Cabo Verde poderá significar uma descida de preços para esses destinos e, consequentemente, poderá afectar a procura por outros, alertou Nuno Anjos, Sales & Marketing manager do Viajar Tours, em conversa com o PressTUR.

Bestravel tem nova agência de viagens em Évora

13-02-2019 (11h15)

O grupo de agências de viagens Bestravel, que se apresenta como a maior rede de agências em franchising, anunciou a abertura de uma nova agência em Évora, elevando assim a sua rede para um total de 54 lojas.