Mundo Abreu é “sinal da força que o turismo tem na nossa economia”, Paulo Portas

11-04-2015 (20h36)

O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, comentou hoje, à abertura da 13ª edição do Mundo Abreu, que o evento “é um sinal da força que o turismo tem na nossa economia”.



Paulo Portas, porém, até porque questionado nesse sentido, haveria de falar sobretudo sobre a atracção de turistas estrangeiros, que não é manifestamente o foco do Mundo Abreu, que é uma feira de venda de viagens a portugueses.
Parte importante dessa venda é tradicionalmente para o destino Portugal, contribuindo assim para os resultados do turismo português, mas ainda assim sem qualquer relação com exportações de turismo, que têm que ver com gastos de turistas estrangeiros, e que têm sido uma das ‘bandeiras’ do discurso oficial da recuperação da economia portuguesa.
O vice-primeiro-ministro, ainda assim, não deixou de assinalar que este ano a Viagens Abreu celebra o 175º aniversário, salientando que “dois terços dos países do mundo não têm a idade que a Abreu tem”.
“Já cá estão há muitos anos e têm uma relação muito fiel com os clientes”, comentou, antes de admitir que “nunca tinha visto o lugar onde as pessoas fazem as suas compras e reservas de férias”.
“Tornou-se uma tradição, vai na 13ª edição. E eu acho que é um sinal, primeiro de que a economia está melhor. Segundo, que o turismo dá um contributo muito importante para que a economia esteja melhor. E terceiro que as exportações beneficiam do turismo. Eu acho que se vê com bastante nitidez que há uma grande procura”, afirmou ainda Paulo Portas, que percorreu o recinto da FIL onde decorre o Mundo Abreu acompanhado por Artur Abreu, administrador da Viagens Abreu, Diamantino Pereira, director da Viagens Abreu, Francisco Calheiros, presidente da CTP, Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, e Hélder Amaral, deputado do CDS-PP.


Meio dia de Mundo Abreu basta para dizer: “Vai ser melhor que 2014”, Diamantino Pereira
Mundo Abreu 2015 soma numa hora mais de 900 clientes na FIL  
Enchente à abertura do Mundo Abreu 2015. Mais de 2.000 esperam abertura das portas  

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

AHP confirma hotelaria portuguesa mais rentável mesmo com ocupação em queda

17-10-2018 (16h59)

O AHP Tourism Monitor publicado hoje pela AHP, Associação da Hotelaria de Portugal, indica que em Agosto, mês de maior actividade hoteleira em Portugal, apesar de uma queda da ocupação dos quartos em 1,3 pontos, a receita média de quartos por quarto disponível subiu 4%, ‘puxada’ por uma subida do preço médio de quartos em 6%.

Travelport renova acordo de distribuição com a Jet Airways

17-10-2018 (14h17)

A Travelport e a Jet Airways renovaram o seu acordo de distribuição, que permite às agências de viagens conectadas à tecnológica aceder à oferta da companhia de aviação indiana.

Embaixadora de Cuba realça contributo dos operadores para subida do turismo português no seu país

16-10-2018 (17h51)

“Tem sido de muita importância os programas dos operadores portugueses”, afirmou a Embaixadora de Cuba em Lisboa, Mercedes Martinez Valdés, ao enaltecer o contributo dos voos charter para o crescimento do turismo português para Cuba, que até Setembro situa-se em 13%.

Operadores portugueses fazem balanço positivo das vendas para Cuba

16-10-2018 (17h47)

A avaliação dos operadores turísticos Sonhando, Solférias, Jolidey e Travelplan às vendas de Cuba este ano é positiva, disseram ao PressTUR os seus representantes ontem em Lisboa, corroborando aos números mais recentes das chegadas de portugueses à ilha, que indicam um crescimento de 13% entre Janeiro e Setembro.

Travelport promove formação para agentes de viagens na Madeira

16-10-2018 (12h48)

A Travelport Portugal promoveu uma acção de formação para 50 agentes de viagens na Madeira, uma região que registou nos primeiros oito meses do ano um crescimento de 15% das reservas na sua plataforma, face ao período homólogo de 2017.