Média da dívida da Thomas Cook aos hotéis está entre 70 e 100 mil euros – AHP

21-10-2019 (14h26)

A presidente executiva da Associação de Hotéis de Portugal (AHP) afirmou que a média das dívidas da Thomas Cook aos hotéis é de 70 mil a 100 mil euros e que as cadeias com perdas maiores têm seguros de crédito.

“A média de dívida ronda entre os 70 e os 100 mil euros, isto dívida vencida e que vai ser reclamada nas insolvências. Agora, há insolvências em cascata, foi mais uma na Alemanha e também já divulgámos quem é o administrador da massa falida para serem reclamados créditos”, disse Cristina Siza Vieira à Lusa.

A dirigente associativa, ressalvou que, tal como foi anunciado, há grupos hoteleiros no Algarve com valores em dívida bem mais altos, mas que na sua “maioria tinham seguros de crédito”.

“No fundo, de algum modo, mesmo estes grupos que tinham uma dívida grande tinham seguros de créditos. Esta questão está bastante bem assegurada”, reforçou Cristina Siza Vieira.

A expectativa, acrescentou, está no que vai ser feito para garantir o negócio da operação que a Thomas Cook detinha.

“Relativamente ao futuro, agora é um bocadinho uma reorganização do mercado [tal como afirmou a Organização Mundial do Turismo]. O que se sente é que já há movimentações para ver quem é que fica com o mercado Thomas Cook a nível internacional. Vai ser importante também na WTM, em Londres, ver como é que se vais distribuir esta nova capacidade”, acrescentou a presidente executiva da AHP, sublinhando que “é maior a perda de negócio futuro, do que o prejuízo imediato”.

A Thomas Cook entrou em suspensão de pagamentos em 23 de setembro ao não conseguir os 200 milhões de libras (cerca de 227 milhões de euros) que bancos como o RBS e o Lloyds exigiam para fazer face aos meses de inverno, o que deixou 'um buraco' de mais de 3.000 milhões de libras (3.370 milhões de euros).

No mesmo dia, as entidades algarvias afirmavam temer que a falência da Thomas Cook deixasse por pagar os serviços prestados na época alta na região, apesar de os turistas deste operador representarem apenas 0,2% dos passageiros do aeroporto de Faro.

Na altura, a Região de Turismo do Algarve (RTA) revelou que o ‘peso’ da Thomas Cook já vinha a diminuir no Algarve, reflexo da “concorrência das companhias low cost e das reservas online”, representando, actualmente, 10 mil turistas desembarcados no Aeroporto de Faro, “apenas 0,2% do Em 27 de setembro, o Governo português anunciou que as empresas afetadas pela insolvência do operador turístico teriam à disposição uma linha de apoio com um montante até 1,5 milhões de euros para financiar necessidades de tesouraria.

Já em 09 de outubro, a agência independente de turismo Hays Travel anunciou a intenção de comprar as 555 agências da Thomas Cook no Reino Unido, o operador turístico britânico que pediu falência em Setembro.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: AHP

Clique para mais notícias: Thomas Cook

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Thomas Cook Alemanha cancela todas as viagens para 2020

13-11-2019 (09h27)

A filial alemã do falido grupo Thomas Cook cancelou todas as reservas para viagens a partir de 1 de Janeiro de 2020.

DER Touristik quer ficar com agências Holiday Land e hotéis Sentido do grupo Thomas Cook

13-11-2019 (08h56)

A DER Touristik anunciou que chegou a acordo para comprar a rede de agências de viagens Holiday Land, incluindo os contratos de franquia, e que pretende adquirir a rede de hotéis Sentido, subsidiárias do falido grupo Thomas Cook.

Soltrópico leva agentes de viagens a conhecer Recife e Fortaleza

11-11-2019 (15h53)

Passeios de buggy na praia e de jangada no rio, hotéis de charme para escapadas românticas e resorts para férias animadas com toda a família, eis a diversidade da oferta de Recife e Fortaleza que a Soltrópico mostrou a um grupo de agentes de viagens, numa viagem em parceria com a TAP.

Vendas de voos pelas agências de viagens portuguesas crescem 12,9% em Setembro

31-10-2019 (14h32)

As agências de viagens IATA portuguesas venderam em Setembro +12,9% ou mais 9,4 milhões de euros em bilhetes de voos regulares, atingindo o montante recorde para o mês de 82,3 milhões.

Solférias oferece bilhetes para a estreia de “Frozen 2” aos agentes que venderem mais Disneyland Paris

30-10-2019 (13h42)

O operador turístico Solférias vai oferecer bilhetes duplos para a estreia de "Frozen 2 - O Reino Do Gelo" em Lisboa e no Porto aos agentes de viagens que venderem mais Disneyland Paris na campanha de reservas antecipadas para o próximo Verão.

Noticias mais lidas