Governo quer operadores turísticos a usarem aeroporto de Beja

04-07-2018 (16h25)

Foto: ANA Aeroportos
Foto: ANA Aeroportos

O Governo e a ANA Aeroportos de Portugal vão desenvolver uma campanha junto dos operadores que oferecem pacotes turísticos integrados para usarem o aeroporto de Beja, sobretudo nos períodos de Verão, quando a pressão sobre Lisboa é ainda maior.

"O que o Governo articulou com a concessionária, a ANA Aeroportos, e face ao esgotamento que se verifica no aeroporto de Lisboa faz todo o sentido que se procure promover aquela infraestrutura, nomeadamente no Verão IATA (de final de Março a final de Outubro), quando temos mais dificuldades no aeroporto de Lisboa", explicou Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas.

À saída de uma audição parlamentar, na qual abordou brevemente a questão, o ministro acrescentou, aos jornalistas, a intenção de "desenvolver uma campanha junto dos operadores turísticos, que organizam viagens de ponto a ponto, integradas".

Assim, em vez de focar atenção nas companhias e na "atractividade das taxas", pretende-se oferecer a "atractividade da infraestrutura aos operadores que oferecem ofertas integradas, com um pico de procura no Verão".

"Esperamos que isso possa induzir a procura daquela infraestrutura nos próximos anos e, em particular nos próximos Verões", disse o governante, notando "não ser realista que se possa influenciar neste Verão. (...) Mas pode influenciar muito a organização de operações nos próximos Verões", estimou.

Sem números do eventual alívio do aeroporto Humberto Delgado face a este desvio de tráfego, o ministro assinalou que qualquer operação em Beja "é importante porque a região vê aí um sinal de esperança" e porque é um "chamariz, é um primeiro momento de algo que pode ser maior e que pode crescer no futuro".

Na audição regimental no parlamento hoje, o ministro reafirmou os problemas de atrasos no aeroporto em Lisboa e das dificuldades na operação que "vêm lá de trás", que não surgiram apenas agora.

Os problemas climactérios, greves e problemas laborais em algumas companhias tem levado a problemas na "generalidade dos aeroportos europeus", garantiu o ministro, reafirmando que metade dos atrasos no aeroporto de Lisboa se deve à sua localização periférica, numa citação de um estudo do Eurocontrol.

Sobre as agressões recentes de funcionários da empresa de ‘handling' Groundforce, por passageiros descontentes, nas portas de embarque do aeroporto de Lisboa, Pedro Marques considerou ser uma "situação indesejável e que devem ser criadas condições para que nada disso aconteça".

O Aeroporto de Lisboa, apesar de declarado esgotado, atraiu ainda assim mais de 85% dos novos de/para Portugal nos primeiros cinco meses do ano e foi o que mais cresceu em Maio, como o PressTUR noticiou em meados de Junho (clique para ler: Apesar de ‘esgotado', aeroporto de Lisboa concentra mais de 85% dos novos voos de/para Portugal e Aeroporto de Lisboa manteve-se em Maio o aeroporto português que mais cresce).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Operador dinamarquês vai ter charters para Portugal com a Jet Time, após falência da Primera Air

14-12-2018 (15h49)

O operador turístico dinamarquês Bravo Tours contratou a companhia aérea Jet Time para fazer as suas operações charter no próximo Verão, incluindo voos para Portugal, que estavam previstas ser realizadas pela Primera Air, que declarou falência em Outubro.

APG Portugal acrescenta Adria Airways e Jeju Air ao seu programa de interline

11-12-2018 (16h28)

As companhias de aviação Adria Airways, da Eslovénia, e Jeju Air, da Coreia do Sul, passaram a integrar o programa de emissão de bilhetes interline da APG Portugal.

Roadshow “Os Especialistas” visita seis cidades em Fevereiro

11-12-2018 (15h27)

O roadshow “Os Especialistas”, que junta fornecedores de produtos e serviços para agências de viagens, vai percorrer seis cidades portuguesas de 18 a 28 de Fevereiro, contando assim com menos duas sessões que na edição de 2018.

Bestravel chega às 53 lojas com nova agência em Lousada

11-12-2018 (14h40)

O grupo de agências de viagens Bestravel chegou às 53 lojas com a inauguração de uma nova agência em Lousada, no distrito do Porto.

Hotéis no Sal e na Boavista estão “no limite da sua capacidade” para o Fim de Ano – presidente da AAVTCV

10-12-2018 (12h58)

Os hotéis das ilhas cabo-verdianas do Sal e da Boavista estão “no limite da sua capacidade” para o réveillon, e os principais mercados emissores são o Reino Unido e Portugal, segundo Mário Sanches, presidente da Associação das Agências de Viagem e Turismo de Cabo Verde (AAVTCV).

Ultimas Noticias