euroAtlantic prevê transportar 2.730 turistas nos charters da Sonhando para Cayo Coco

03-08-2018 (14h20)

A euroAtlantic airways anunciou que prevê transportar 2.730 turistas nos charters de Verão para Cayo Coco, em Cuba, contratados pela sua subsidiária Sonhando.

A operação charter para Cayo Coco começou a 9 de Julho e realiza-se à partida de Lisboa às segundas-feiras até 10 de Setembro, em avião Boeing 767-300ER.

Citado num comunicado que assinala os 25 anos de actividade da euroAtlantic, Tomaz Metello, proprietário e presidente do Conselho de Administração da companhia, assinalou que “a marca euroAtlantic já faz parte do património das palavras cubanas” e recordou a actividade da euroAtlantic como exportadora de serviços ACMI (aluguer de aeronave, tripulação, manutenção e seguro) para a companhia aérea Cubana de Aviácion.

A previsão de Tomaz Metello é que a euroAtlantic, “com a operação em curso, continue a construir novas pontes para o estreitamento das nossas relações bilaterais, comerciais, culturais e históricas”.

No mesmo contexto, o comunicado assinala que a companhia aérea constrói há dez anos “pontes entre Portugal e São Tomé e Príncipe, detendo a maior fatia do capital social da STP Airways (40.61%) e a gestão da companhia nacional são-tomense”.

Os voos da STP Airways entre São Tomé e Lisboa, operados em aviões da euroAtlantic, somaram nos primeiros seis meses do ano 17.236 passageiros.

Na Guiné-Bissau, outro destino onde tem vindo a apostar, tendo iniciado uma ligação regular entre Lisboa e Bissau em 2014, a euroAtlantic transportou 10.716 passageiros nos primeiros seis meses do ano.

Dados do Relatório e Contas  de 2017 citados pela companhia indicam um volume de negócios de 67,988 milhões com resultados líquidos de 16.318 milhões euros, mais 66% face à execução orçamental do último ano.

A companhia de Tomaz Metello, acrescenta o comunicado, demonstrou sempre desde a fundação, em 1993, desempenhos operacionais positivos.

A euroAtlantic passou a ser detida a 100% por Tomaz Metello em Julho do ano passado (clique para ler: Tomaz Metello fica com 100% da euroAtlantic e nomeia novo CEO).

A frota da companhia aérea é composta por um Boeing B777-200ER, seis Boeing 767-300ER e um Boeing 737-800.

 

Clique para ver mais: euroAtlantic

Clique para ver mais: Sonhando

Clique para ver mais: Cuba

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CVC ultrapassou os cinco milhões de passageiros embarcados no primeiro semestre

14-08-2018 (17h56)

O grupo brasileiro CVC Corp, que engloba agências de viagens e operadores turísticos e vende viagens de lazer e corporativas, superou no primeiro semestre os cinco milhões de passageiros embarcados, com um aumento em 30,8% em relação ao período homólogo de 2017.

CVC agrega mais uma participada b2b com a compra do consolidador Esferatur

14-08-2018 (16h26)

A brasileira CVC, maior grupo latino americano de organização e comercialização de viagens, anunciou hoje um reforço do seu portefólio de produtos e serviços para o mercado profissional através da aquisição da Esferatur, classificada como um dos maiores consolidadores do mercado brasileiro, com vendas de bilhetes de avião na ordem de 1,8 mil milhões de reais (cerca de 407 milhões de euros).

Lusanova Cruzeiros já vende cruzeiros Star Clippers

08-08-2018 (17h20)

A Lusanova Cruzeiros, que em finais de Julho começou a vender cruzeiros da Carnival Cruise Line, anunciou hoje que também passou a ser agente de vendas da Star Clippers.

Soltrópico lança campanha para férias em Setembro em Cabo Verde, Tunísia e Porto Santo

08-08-2018 (12h58)

A Soltrópico lançou uma campanha de vendas para férias em Setembro em alguns dos seus destinos programados com voos charter, designadamente as ilhas cabo-verdianas do Sal e da Boavista, Monastir, na Tunísia, e Porto Santo.

Operadores marítimo-turísticos dos Açores queixam-se de falta de capacidade na SATA

07-08-2018 (15h08)

A SATA “está a penalizar” a actividade dos operadores marítimo-turísticos, por falta de capacidade para a procura que há nomeadamente para mergulho com jamantas ao largo da ilha de Salta Maria, que empresários locais garantem estar a afirmar-se como alternativa às Maldivas.