Casa cheia nas apresentações da programação de Inverno da Solférias

14-09-2018 (17h03)

A Solférias organizou esta semana eventos de apresentação de programas de Inverno, no Porto e em Lisboa, em duas festas de Réveillon antecipado com direito a confetis e a espumante, ambas com casa cheia.

“Como fazemos muita contratação de operações pontuais, de Réveillon essencialmente, quisemos mais uma vez tentar ser criativos e reproduzir no evento a noite de Réveillon, para anunciar os produtos e toda a nossa programação”, resumiu Sónia Regateiro, directora Comercial do operador turístico, em conversa com os jornalistas, ontem em Lisboa.

As expectativas, “para uma primeira vez e para esta altura do ano em que temos muitos colegas ainda de férias”, apontavam para 200 participantes em cada cidade.

O resultado superou as previsões, com 290 participantes na Kasa da Praia, no Porto, e mais de 400 confirmados para o Ministerium, em Lisboa.

Da programação com voos charter para o Réveillon, o Brasil é uma das principais apostas da Solférias, que tem quatro voos charter em parceria com outros operadores, designadamente dois para Salvador, de Lisboa e Porto, um de Lisboa para Natal e um Lisboa – Porto – Fortaleza.

Com as operações Lisboa – Natal e Porto – Salvador esgotadas (clique para ler: Operadores portugueses esgotam charter para Réveillon no novo Vila Galé Touros), a Solférias está a procurar reforçar a capacidade aérea para o Brasil, de acordo com a directora Comercial do operador.

Outros destinos em que a Solférias tem programas com voos charter para o Fim de Ano são Porto Santo, com um voo de Lisboa, Madeira, com dois voos de Lisboa e um do Porto, Sal e Boavista, com uma partida de Lisboa para cada ilha, e Marraquexe, com um voo de Lisboa e outro do Porto.

A programação da Solférias para o Fim de Ano com voos regulares, entre outros destinos, inclui Dubai, com voos Emirates, São Tomé e Príncipe, com voos STP Airways, e Cuba, com voos Air Europa.

Para o Carnaval e para a Páscoa, como o PressTUR avançou esta segunda-feira, a Solférias também tem programas com voos charter contratados à TAP para as ilhas cabo-verdianas do Sal e da Boavista, num total de quatro partidas (clique para ler: Solférias, Soltrópico e Abreu contratam charters à TAP para pacotes de Carnaval e Páscoa em Cabo Verde).

Questionada sobre a programação para férias na Neve, Sónia Regateiro destacou que “não tem sido um produto que apostamos muito em termos de dimensão”, mas sim em diferenciação, com produtos alternativos.

A Solférias começou a ter programas para férias na Neve com a aquisição da marca Mundovip, altura em que integrou na equipa João Cruz, “muito especializado no produto Neve”, frisou Sónia Regateiro.

O operador organizou os dois eventos com apoio do Turismo de Marrocos, Turismo da Madeira, Patronato de Turismo Gran Canária, Turismo de Macau, Turismo de Espanha, Travelport, Hi Fly, TAP, LATAM, TAAG, Air Europa, Vila Galé, Iberostar, Oásis Atlântico, Vila Baleira Hotel, Be Live Hotéis, Palladium Hotel Group, Pestana Hotel Group e SGS Seguros.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Solférias

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Plataforma da Solférias já permite reservar ‘fare families’ (com vídeo)

12-11-2018 (16h03)

O operador turístico Solférias anunciou que passou a ter na sua plataforma uma funcionalidade que permite a reserva ‘fare families' em programas com voos, possibilitando aos agentes de viagens oferecer mais opções aos seus clientes.

Soltrópico dá formação sobre os Emirados Árabes Unidos

12-11-2018 (12h56)

O operador turístico Soltrópico está a anunciar uma formação sobre os Emirados Árabes Unidos a decorrer no dia 14 de Novembro.

Agências de viagens europeias acusam IATA de prepotência

09-11-2018 (12h43)

A ECTAA, organização que reúne as associações de agências de viagens e operadores turísticos europeus, acusou a IATA, associação mundial de companhias de aviação, de "unilateralmente" pôr em causa aspectos importantes da regulação da sua relação comercial.

Reservas em GDS abrandam fortemente no terceiro trimestre, Amadeus

07-11-2018 (17h50)

As reservas de voos por agências de viagens através dos GDS (sistemas globais de distribuição) passaram de um crescimento médio em 4,3% no primeiro semestre para apenas 1,7% no terceiro trimestre, revelou hoje a Amadeus IT, que atribui o abrandamento, entre outros factores, ao impacto de "estratégia adoptadas por algumas companhias de aviação" na Europa Ocidental, sua maior região.

Agências e operadores turísticos estão “relativamente confortáveis”, Pedro Gordon, GEA

05-11-2018 (18h42)

“A nível de comissões acho que o mercado está mais ou menos bem regulado neste momento”, assumiu Pedro Gordon, director-geral da GEA, maior rede portuguesa de agências de viagens em número de lojas, ao pronunciar-se sobre a remuneração das agências pelas vendas de pacotes de operadores turísticos, o seu maior segmento de actividade.