ATA alerta associados para “risco de falência” do operador turístico russo Natalie Tours

05-07-2018 (14h11)

A Associação Turismo do Algarve (ATA) está a alertar os seus associados para "risco de falência" do operador turístico russo Natalie Tours, que já foi um dos mais importantes para Portugal e Espanha.

Uma informação da ATA aos associados a que o PressTUR teve acesso diz que o operador Natalie Tours “atravessa dificuldades nos destinos onde possui operações charter e neste sentido há risco de falência”.

A Natalie Tours foi “no passado um dos principais TO’s do mercado” e “atravessou um período de crise entre 2014-2016, no qual esteve prestes a fechar”.

Nesse contexto, acrescenta a informação da ATA, a delegação do Turismo de Portugal na Rússia “recomenda prudência”.

Na mesma comunicação, a ATA informa os associados que a DSBW Tours, outro operador turístico russo, declarou falência esta terça-feira, dia 3 de Julho.

O portal de notícias de turismo espanhol “Preferente” noticiou ontem que o operador Natalie Tours acabou por ter que suspender na sexta-feira os seus charters para Barcelona, Rimini, Catânia, Nápoles, Antalya e Heraklion.

A notícia, que cita o director do operador, Vladimir Vorobiov, em declarações a uma emissora russa, diz que desde 30 de Junho que o Natalie Tours tem reduzido progressivamente a sua operação, mas sempre prometendo ressarcir os clientes ou recolocá-los em programas de outros operadores.

Hoje o “Preferente” avança que a situação está a provocar problemas a milhares de viajantes e deixará dívidas de dezenas de milhões de euros.

O problema terá começado há cerca de uma semana, com impacto sobretudo na Turquia, particularmente em Antalya, quando o operador suspendeu operações charter.

Além da Turquia, o portal destaca que o operador tem grande presença na Catalunha, a região espanhola mais afectada pela situação, e também na Grécia, em Rimini, Catânia, Costa del Sol e Maiorca. Estes são os destinos mais afectados, embora a lista seja superior, acrescenta a notícia.

Um dos motivos para a situação é o sucesso da selecção russa no Mundial de Futebol, disse o director da Natalie Tours, afirmando que as vendas de viagens para turistas russos caíram a pique desde que a equipa começou a obter resultados positivos.

Outra razão apontada por Vladimir Vorobiev é a desvalorização do rublo, que se deve à situação económica do país e dificulta a actividade turística.

O executivo afirmou que desde há umas semanas que a empresa enfrenta um problema de liquidez, que conduziu a um atraso nos pagamentos aos clientes e resultou numa dívida que ascende a “vários milhões de euros”.

A empresa está a procurar investidores e, segundo Vladimir Vorobiev, pode vender até 100% do capital. O director do operador, continua o “Preferente”, disse que está a negociar com investidores dos Emirados Árabes Unidos e da Rússia, mas que não chegou a bom porto porque o mercado está muito complicado.

A notícia revela que há vários clientes da Natalie Tours em toda a Europa que estão a pedir ao operador turístico que se encarregue dos gastos, ao que a empresa está a responder que os viajantes devem pagar e serão depois reembolsados.

 

Ver também:

Operador turístico russo DSBW Tours declara falência

 

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Soltrópico e Abreu anunciam charter para o Fim de Ano na Bahia

18-07-2018 (17h59)

A Soltrópico e a Abreu lançaram uma operação charter para o Réveillon na Bahia, com partida de Lisboa no dia 26 de Dezembro e regresso a 2 de Janeiro.

Operadores turísticos portugueses lançam charters para Fim de Ano no Brasil

18-07-2018 (10h34)

Os operadores turísticos Solférias, Exoticoonline, Sonhando e Alto Astral acabam de lançar operações charter para o Réveillon no Brasil, com quatro partidas e um total de 1.180 lugares para Salvador, Natal e Fortaleza.

Alemães e russos fazem cair turismo europeu nas Caraíbas

16-07-2018 (16h36)

Com menos 41 mil turistas que há um ano, Alemanha e Rússia foram os emissores responsáveis por uma queda no primeiro semestre do número de turistas residentes na Europa na Dominicana, que teve no pólo oposto principalmente os aumentos de turistas residentes em França e Portugal.

Chegadas de turistas portugueses a Punta Cana aumentam 95% no 1º semestre

16-07-2018 (16h16)

O Aeroporto Internacional de Punta Cana, que é o maior aeroporto das Caraíbas em chegadas de passageiros residentes em Portugal, atingiu este ano um novo recorde de 15.366 turistas do mercado português no primeiro semestre, com um aumento em 95,1% ou quase 7,5 mil relativamente ao período homólogo de 2017.

Expedia deixa de aceitar pagamentos em Bitcoin

13-07-2018 (16h59)

A Expedia, uma das maiores OTAs (agências de viagens online) do mundo, deixou de aceitar a criptomoeda Bitcoin como pagamento de voos e hotéis nas suas plataformas.