Agentes de viagens “tranquilos” com nova taxa da British Airways e da Iberia – Pedro Costa Ferreira, APAVT

01-06-2017 (15h45)

Os agentes de viagens vão manter-se “tranquilos, certos da criação de valor junto do cliente” — assim reage o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, ao anúncio pela British Airways e Iberia que vão aplicar uma taxa sobre as reservas efectuadas em GDS, que são os sistemas de trabalho mais utilizados pelas agências de viagens.

O dirigente associativo, em depoimento ao PressTUR, começa por desmontar os argumentos com que as duas companhias do IAG justificaram a introdução da taxa, dizendo que “não estamos a falar de comparação de custos em diferentes canais, por parte das companhias aéreas”, mas, sim, a uma questão mais de fundo que tem que ver com transparência no mercado.

“[A introdução da taxa] é muito mais uma alternativa entre «ambiente GDS», que obriga a transparência e comparação, e «ambiente reserva em canal directo», que impede a comparação e a transparência, perseguindo mais quota de mercado”, sustenta o presidente da APAVT.

É por esse motivo, prossegue Pedro Costa Ferreira, que “esta é uma via que prejudica consumidores e pequenas e médias companhias aéreas, beneficiando as grandes”, sendo também por isso “que a ECTAA mantém uma queixa na comunidade europeia, no que respeita a este assunto”.

Com base nestes argumentos, “mantemo-nos, enquanto agentes de viagens, tranquilos, certos da criação de valor junto do cliente, e cientes de que os clientes mantêm total confiança na nossa acção”, remata o presidente da APAVT.

“Foi essa confiança, lembremos, que levou as low-cost a acederem ao «ambiente GDS»”, salienta ainda Pedro Costa Ferreira, que destaca também que “quem é mais pequeno sabe que só pode mover-se no mercado se puder ser, no mercado, comparado pelos clientes” e que “esse papel, de comparação e transparência, tem sido desenvolvido, desde sempre, pelos agentes de viagens”.

“Tudo indica que, mais do que nunca, seremos fundamentais na preservação deste equilíbrio”, conclui Pedro Costa Ferreira.

 

Para ler mais clique:

British Airways e Iberia vão cobrar taxa nas reservas em GDS a partir de Novembro

CEO do Amadeus desvaloriza impacto para a empresa da introdução da taxa GDS pela British Airways e Iberia

 

Clique para mais notícias: APAVT

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vendas para a Tunísia decorrem a bom ritmo – Solférias, Sonhando e Soltrópico

22-06-2018 (11h24)

Os operadores turísticos Solférias, Sonhando e Soltrópico, que este ano retomaram as operações charter para a Tunísia, com voos para Djerba e Monastir, estão satisfeitos com o desempenho das vendas e destacam que a oferta diversificada, muito além da praia, é o trunfo do destino.

Chegada de turistas portugueses à Tunísia aumenta 51% até Junho

22-06-2018 (10h46)

A Tunísia recebeu entre Janeiro e 10 de Junho cerca de 4.500 turistas portugueses, o que representa um aumento em 51% em relação a 2017, revelou a directora ibérica do Turismo da Tunísia, Mounira Derbel.

Viajar Tours lança “manuais” para agentes de viagens sobre Sardenha, Riviera do Mar Jónico e Creta

21-06-2018 (15h59)

O operador Viajar Tours está a anunciar o lançamento do “Manual do Agente”, um conjunto de brochuras com informação útil, curiosidades e fichas técnicas dos principais hotéis que comercializa nos seus programas para Sardenha – Costa Esmeralda, Riviera do Mar Jónico e Creta.

APAVT e Madeira relançam programa de formação de agentes de viagens “Madeira Specialist”

21-06-2018 (15h26)

A Associação de Promoção da Madeira e a APAVT vão relançar o programa de formação de agentes de viagens “Madeira Specialist”, uma iniciativa que desenvolveram em 2007 e que pretende criar especialistas na comercialização de viagens ao destino.

Grupo DIT lança marca de agências de viagens Pisa Mundo em Portugal

20-06-2018 (17h26)

O grupo de gestão de agências de viagens DIT Portugal acaba de anunciar o lançamento de uma nova marca de agências de viagens para o mercado português, a Viagens Pisa Mundo.