Agências e operadores turísticos estão “relativamente confortáveis”, Pedro Gordon, GEA

05-11-2018 (18h42)

“A nível de comissões acho que o mercado está mais ou menos bem regulado neste momento”, assumiu Pedro Gordon, director-geral da GEA, maior rede portuguesa de agências de viagens em número de lojas, ao pronunciar-se sobre a remuneração das agências pelas vendas de pacotes de operadores turísticos, o seu maior segmento de actividade.

Pedro Gordon não deixou de assinalar, no entanto, que em sua opinião houve excesso de oferta no mercado, que levou a que operações charter tivessem saído em Setembro com lugares vazios.

A questão é que “todos querem crescer, ninguém abdica de crescer”, e há os que “querem ganhar quota de mercado”, observou Pedro Gordon, acrescentando que sendo estratégias diferentes, por quanto num caso a rentabilidade pode ser preterida por quem elege como objectivo ganhar quota de mercado, por ter efeito cumulativo no mercado.

“Mas seja como for as duas juntas produzem o efeito de excesso de oferta”, realçou Pedro Gordon, que também destacou que não são apenas os operadores turísticos que perdem nesse caso, pois também as agências de viagens vêem a sua remuneração cair.

“Não é o mesmo 15% de 1.200 que 15% de 800”, exemplificou Pedro Gordon, que admitiu que o mercado tem estado a trabalhar com a comissão “standard” de 14% / 15%, mas não sobre a totalidade do PVP, pois há parcelas não comissionáveis, como taxas de aeroporto, vistos, etc.

Assim, “afinal não é 14% ou 15%, é um pouco menos”, disse Pedro Gordon que, no entanto, também explicou que mesmo esse cálculo é relativo, pois pelo menos 25% a 30% dos dias, as agências estão a trabalhar com promoções dos operadores que “dão mais dois ou três pontos para um determinado destino”

A perspectiva que passou foi que, tendo em conta estes factores, “o mercado está mais ou menos bem regulado neste momento” e não antecipa uma nova tendência de descida das comissões pagas pelos operadores turísticos.

Clique para mais notícias: GEA

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Turistas portugueses na Dominicana voltaram em 2018 a ser mais de 40 mil

16-01-2019 (17h50)

A República Dominicana recebeu 40,5 mil turistas residente em Portugal em 2018, que foi assim o segundo ano em que teve mais de 40 mil turistas residentes em Portugal, depois de em 2009 ter atingido os 42,7 mil, que se mantém o recorde anual.

Portugal foi o 2º emissor europeu que mais cresceu para a Dominicana em 2018

16-01-2019 (17h48)

Portugal, com mais 9.188 turistas na Dominicana em 2018, teve o segundo maior aumento do ano entre 25 emissores europeus, atrás apenas de Inglaterra, de onde o destino teve um aumento de 9.980 turistas.

Newtour adopta conexões NDC para aceder aos voos do Grupo Lufthansa

16-01-2019 (13h40)

A Newtour, que integra o operador turístico Soltrópico e as agências de viagens Bestravel, assinou um acordo para poder reservar voos das companhias do Grupo Lufthansa através de conexões NDC.

Abreu Online lança vendas antecipadas para o Verão em Portugal e Espanha

14-01-2019 (18h33)

A Abreu Online, divisão B2B da Viagens Abreu, lançou hoje para o mercado uma campanha de vendas antecipadas para o Verão, em que inclui destinos portugueses, com destaque para o Algarve, e também o Sul de Espanha.

Soltrópico anuncia programas para a Páscoa em São Tomé e Príncipe com voos TAAG

14-01-2019 (15h22)

O operador turístico Soltrópico divulgou para o mercado programas para as férias da Páscoa em São Tomé e Príncipe, com voos TAAG de ida e volta, via Luanda, com partidas de Lisboa nos dias 5, 7, 10 e 12 de Abril.