Agências de viagens portuguesas já venderam mais 43 milhões de euros de voos que há um ano

31-08-2018 (16h58)

As agência de viagens IATA portugueses chegaram ao fim de Julho com mais 43 milhões de euros de vendas de voos que nos primeiro sete meses de 2017 (+8,6%), mas ainda ficaram 11,7 milhões abaixo do ano recorde de 2008.

Dados a que o PressTUR teve acesso indicam que nos primeiros sete meses deste ano as agência de viagens portuguesas venderam em BSP, sistema da IATA que regulariza as transacções entre as companhias aéreas e as agências de viagens, 543,8 milhões de euros, que é o segundo maior montante de sempre para este período do ano, aquém apenas dos 555,6 milhões atingidos em 2008.

Porém, a comparação simples entre os montantes de vendas ‘omite’ o facto de os últimos anos terem sido de queda dos preços dos voos, por efeito da descida do preço do combustível, que atingiu máximos históricos em 2008, pelo que na actualidade as agências têm que vender mais voos para atingirem o mesmo nível de receitas de vendas de há uma década.

A informação a que o PressTUR teve acesso revela relativamente ao mês de Julho que as vendas de voos pelas agências de viagens IATA portuguesas totalizaram nesse mês 80,1 milhões de euros,+10,7% ou mais 7,76 milhões.

O melhor mês de Julho de sempre mantém-se assim o do ano de 2008, único em que as vendas superaram os 90 milhões de euros, tendo atingido o montante de 92,96 milhões.

O segundo melhor Julho mantém-se o de 2007, com 86,2 milhões de euros de vendas, e o terceiro é o de 2013, com praticamente 82 milhões.

Vendas superiores aos 80,1 milhões de Julho deste ano ocorreram ainda nos meses de Julho de 2004, com 81,6 milhões, de 2014, com 81,5 milhões, e de 2002 e 2003, em ambos os casos com aproximadamente 80,5 milhões de euros.

 

Clique para mais notícias: BSP Portugal

Clique para mais notícias: Agências de viagens

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Turismo internacional na Dominicana cresce sobretudo pelos residentes na América do Norte

17-12-2018 (16h21)

A República Dominicana, um dos destinos mais procurados nas Caraíbas, registou até Novembro um aumento de 245,5 mil turistas estrangeiros, com mais 243,1 mil residentes em países da América do Norte, que representaram 58,4% das chegadas totais, +2,1 pontos no período homólogo de 2017.

Soltrópico dá formação sobre Cabo Verde

17-12-2018 (15h56)

O operador turístico Soltrópico está a anunciar uma sessão de formação em formato webinar sobre Cabo Verde, na próxima quarta-feira, dia 19 de Dezembro.

Dominicana já garantiu o 2º melhor ano de sempre em chegadas de turistas portugueses

17-12-2018 (15h39)

A República Dominicana recebeu até ao fim de Novembro 38,3 mil turistas portugueses, alcançando assim o segundo maior total num ano completo, inferior apenas aos 42,7 mil que estiveram no país em 2009.

Congresso de turismo na Madeira vai juntar mais de 400 profissionais franceses

17-12-2018 (15h30)

O Congrès des Entrepreneurs du Voyage (EdV), um congresso de profissionais de turismo franceses que terá lugar na Madeira, está esgotado a cerca de um mês e meio da sua realização, com mais de 400 participantes.

Operador dinamarquês vai ter charters para Portugal com a Jet Time, após falência da Primera Air

14-12-2018 (15h49)

O operador turístico dinamarquês Bravo Tours contratou a companhia aérea Jet Time para fazer as suas operações charter no próximo Verão, incluindo voos para Portugal, que estavam previstas ser realizadas pela Primera Air, que declarou falência em Outubro.