Agências de viagens dos Estados Unidos vendem mais bilhetes de avião mas facturam menos

19-04-2016 (15h17)

Foto: Diana Fernandes
Foto: Diana Fernandes

As agências de viagens dos Estados Unidos concretizaram 15,2 milhões de transacções (vendas de bilhetes de avião) através do sistema ARC (idêntico ao BSP) no mês de Março, +3,88% que no mês homólogo de 2015, mas o valor global factura caiu ainda assim 4,53%, para 8.279,8 milhões de dólares.

O que estes dados do ARC indicam é que o valor médio das transacções, que neste caso se aproxima da tarifa média dos voos, caiu aproximadamente 8,1%, mantendo-se, assim, a tendência que já vem desde pelo menos 2015.

Os dados permitem estimar que a queda mais acentuada terá sido na tarifa média dos voos internacionais, que se terá situado em aproximadamente 9,3%, reflectindo uma queda da facturação em 5,26%, para 3.054,6 milhões de dólares apesar de um aumento do número de transacções em 4,49%, para 4,94 milhões.

Em voos domésticos, a facturação caiu 4,71%, para 3.420,5 milhões de dólares, apesar de uma subida do número de transacções em 3,59%, para 10,27 milhões, o que indica uma queda da tarifa média em cerca de 8%.

Estas estimativas de evolução das tarifas médias por voos domésticos e internacionais, porém, referem-se apenas à facturação do valor atribuído pelas companhias aos voos, sem fees das companhias aéreas e de outros fornecedores de serviços, como aeroportos, segurança, etc., que o ARC não segmenta.

Os dados do ARC evidenciam, no entanto, que foi precisamente nas fees das companhias aéreas que se deu o decréscimo do montante total de fees, pois baixaram 6,66%, para 714,2 milhões de dólares, enquanto as fees de outros fornecedores, que representaram 57,6% do total, praticamente estagnaram (-0,06%, para 969,9 milhões).

Os dados relativos ao conjunto do primeiro trimestre expressam as mesmas tendências, com as vendas totais ARC a baixaram 3,39%, para 23.271,7 milhões de dólares, embora o número de transacções tenha aumentado 4,53%, para 43,18 milhões.

Os dados do ARC evidenciam que a queda das vendas totais em valor se ficou a dever a um decréscimo em 3,73% do valor das tarifas, para 18.201,9 milhões de dólares, e uma queda da componente de fees em 2,2%, para 4.722,7 milhões de dólares, que decorre por inteiro da queda em 6,14% das fees das companhias aéreas, para 1.968,8 milhões de dólares.

A informação da ARC assinala um forte aumento dos denominados EMD (de Electronic Miscellaneous Document, referindo-se às fees de alguns ancillaries, como upgrades de lugares, despacho de bagagens, menores não acompanhados ou animas na cabina), que passaram de 3,1 milhões de dólares no primeiro trimestre de 2015 para 8,3 milhões este ano, com o número de transacções a subir de 23.745 para 106.792.

 

Clique para mais notícias: Vendas ARC

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: América

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Congresso da APAVT volta à Madeira de 14 a 17 de Novembro

17-05-2019 (12h38)

Nove anos depois, a Madeira vai voltar a receber o Congresso Nacional da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), o 45º da sua história, de 14 a 17 de Novembro, tornando-se o destino português a receber mais vezes o evento, foi hoje anunciado no Funchal.

TAP volta a ter a queda mais forte de vendas de bilhetes pelas agências corporate brasileiras

16-05-2019 (23h04)

A TAP foi a companhia que teve a mais forte quebra do número de bilhetes vendidos pelas agências de viagens corporate brasileiras membros da ABRACORP no primeiro trimestre, com um decréscimo em 28%, que compara com uma quebra média das vendas de voos internacionais pelas suas 29 associadas de 0,6%.

Avianca Brasil suspensa do BSP

16-05-2019 (21h16)

A IATA comunicou ao mercado brasileiro que suspendeu do BSP a Avianca Brasil, marca sob a qual operava a Ocean Air, e, de acordo com o “Panrotas”, recomendou às agências de viagens que liquidem directamente com a equipa comercial da companhia todas as contas em aberto, incluindo vendas pendentes e reclamações de reembolso, assim como quaisquer transacções futuras.

Soltrópico convida agentes de viagens para um passeio no Hippotrip

15-05-2019 (15h19)

A Soltrópico está a convidar agentes de viagens para um passeio no Hippotrip em Lisboa, uma iniciativa que integra a “Moments by Soltrópico”, conceito que pretende promover a proximidade entre o operador turístico e os agentes de viagens.

Globalia compra Marsol

15-05-2019 (10h28)

O grupo Globalia, de que fazem parte o operador turístico Travelplan e a companhia aérea Air Europa, anunciou hoje a aquisição do operador turístico Marsol, que opera nos mercados português e espanhol.