20% dos viajantes em negócios aproveita a deslocação para uma ‘escapadinha’ – CWT

14-07-2016 (13h08)

Um em cada cinco viajantes em negócios aproveita a deslocação para fazer turismo de lazer, sendo maior a probabilidade de o fazer quanto mais distante for o destino, conclui a Carlson Wagonlit Travel's Solution Group ao analisar 29 milhões de viagens de negócios.

O estudo da CWT indica que um em cada cinco viajantes em negócios desfruta de dias de lazer no destino, uma percentagem que se mantém constante entre 2011 e 2015.

Metade dos viajantes aproveita os dias após a viagem em trabalho para ter momentos de lazer, 35% reserva os dias antes do trabalho e o restante reserva dias antes e depois.

Catalin Ciobanu, do CWT Solutions Group, afirma que apesar de haver mais pessoas a falar sobre o conceito de ‘bleisure’ (business + leisure), não significa que a percentagem desse tipo de viagens tenha aumentado.

“O que está a acontecer é que os viajantes em bleisure têm tendência a fazer uma ou duas viagens ‘bleisure’ por ano, independentemente do segmento demográfico ou da frequência com que viaja”, salientou Catalin Ciobanu.

O estudo conclui que há uma maior percentagem de mulheres e jovens a acrescentar dias de lazer às suas viagens de negócios, o que pode ser explicado pelo baixo volume de viagens de negócios por parte de jovens e de mulheres.

Um dos factores que influencia este tipo de viagens é a distância da origem ao destino, sendo que quanto mais longo for o voo, maior a probabilidade de serem acrescentados uns dias de lazer a uma viagem de trabalho.

Catalin Ciobanu acrescenta que, “para um gestor de viagens corporate, o ponto fundamental é a necessidade de considerar opções de ‘bleisure’ na sua política de viagens, especialmente para programas com elevado volume de viagens de longo curso”.

O conceito de ‘bleisure’ (business+leisure) utilizado neste estudo requer a estada de pelo menos uma noite de Sábado no destino antes e/ou depois do trabalho.

 

Clique para mais notícias: CWT

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Solférias leva às Maldivas agentes de viagens que mais venderem o destino

20-02-2019 (14h02)

O operador turístico Solférias anunciou que vai oferecer oito lugares numa viagem de familiarização (fam trip) às Maldivas às oito agências de viagens que mais venderem os seus programas para este destino.

Potenciais compradores da Travelport perspectivam crescimento mais agressivo

19-02-2019 (17h21)

Impulsionar a indústria da distribuição de viagens para uma espécie de “versão 2.0”, significando ter um crescimento mais agressivo, é a perspectiva apontada por Frank Baker, co-fundador do Siris Capital Group, uma das sociedades de investimento que tem em curso uma proposta de aquisição da Travelport apoiada pela administração da companhia.

Sem charters semanais para Punta Cana, turismo português para a Dominicana cai 55%

19-02-2019 (16h29)

Portugal foi o quarto país europeu com a maior quebra de turistas na Dominicana este Janeiro, reflectindo a inexistência de voos semanais para Punta Cana, ao contrário do ano passado, que foi o primeiro desde 2011 em que os operadores turísticos tiveram voos mesmo em época baixa.

Carlson Wagonlit Travel passa a ser só CWT

19-02-2019 (16h16)

A Carlson Wagonlit Travel, uma das maiores agências de viagens corporate do mundo, presente em Portugal associada à Springwater Turismo, anunciou uma mudança de designação oficial para CWT, que era já a sigla mais utilizada para a designar, embora não assumida oficialmente.

Springwater vai finalmente apostar na “aproximação/integração” Geostar - Top Atlântico

15-02-2019 (16h35)

O grupo espanhol Wamos, do fundo suíço Springwater, vai avançar finalmente para a “aproximação/integração” das suas redes em Portugal, a Top Atlântico comprada ao antigo GES e a Geostar comprada ao grupo Sonae em 2015.