Aeroporto de Faro lidera crescimento em Portugal com aumento de passageiros em 21,9%

11-02-2019 (12h49)

Foto: ANA/Vinci
Foto: ANA/Vinci

O Aeroporto de Faro voltou a ser o aeroporto português com o crescimento mais forte de passageiros, no primeiro mês deste ano, com um aumento em 21,9%, depois de uma subida em 19% em Dezembro passado.

Dados dos aeroportos portugueses geridos pela ANA, subsidiária do grupo francês Vinci, a que o PressTUR teve acesso mostram que apesar desse desempenho de Faro, o crescimento médio do tráfego de passageiros nos dez aeroportos portugueses geridos pela ANA ficou em 6,1%, representando um aumento em 196,4 mil, para 3,439 milhões.

Este quadro deve-se a que, mesmo em forte desaceleração, o Aeroporto de Lisboa concentrou em Janeiro 57,5% do total de passageiros embarcados e desembarcados em aeroportos portugueses este Janeiro e o seu crescimento face a Janeiro de 2018 ficou nuns ‘magros’ 3,2%, representando ainda assim um aumento de 62,3 mil, para 1,978 milhões.

Com este ‘patinar’ de Lisboa, fruto do atraso na concretização de soluções para o estrangulamento de capacidade detectado há anos, o Porto impõe-se mais uma vez como o aeroporto português com o maior aumento de passageiros, com mais 71,4 mil, ainda que sem atingir um crescimento relativo a dois dígitos, ficando em 9,6%.

O Porto, de acordo com os dados a que o PressTUR teve acesso, teve um total de 833,3 mil passageiros em Janeiro, o que equivale a 24,2% do total dos dez aeroportos portugueses e mais 0,7 pontos do que teve em Janeiro de 2018.

A seguir ao Porto, em número de passageiros, esteve Faro, com 264,5 mil, e, depois, Funchal, com 226,5 mil e que teve o crescimento mais modesto dos cinco maiores aeroportos portugueses, em apenas 2,2%, para 226,5 mil.

Já o Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada, maior aeroporto dos Açores, teve um aumento de passageiros a dois dígitos, em 10,1%, significando um aumento de aproximadamente dez mil, mais do dobro do Funchal, cujo aumento foi de 4,95 mil.

Ponta Delgada chegou assim aos 109,3 mil passageiros, representando 3,2% do total de passageiros em aeroportos geridos pela ANA no mês de Janeiro, +0,1 pontos que há um ano.

Os dados a que o PressTUR teve acesso evidenciam que os piores desempenhos do primeiro mês deste ano foram nos aeroportos de Porto Santo, com uma queda de passageiros em 14,4% ou cerca de 970, para 5,7 mil, e de Santa Maria, com -1,9% ou menos cerca de 120, para 6,1 mil.

Já os aeroportos da Horta e das Flores tiveram aumentos de passageiros, respectivamente em 9,9% ou cerca de 1,15 mil, para 12,7 mil, e em 5,8% ou cerca de 150, para 2,7 mil.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP reforça oferta de voos entre Porto e São Paulo a partir de Junho

21-02-2019 (11h58)

A TAP vai reforçar as ligações entre Porto e São Paulo dos actuais dois voos por semana para três voos semanais a partir de Junho, que serão às terças, quintas e Sábados.

easyJet lança nova rota de Verão Porto – Málaga

21-02-2019 (09h56)

A companhia de aviação easyJet anunciou que vai voar entre Porto e Málaga de 2 de Abril a 26 de Outubro, quatro vezes por semana, em A320.

TAP recebe segundo Airbus A320neo

20-02-2019 (18h22)

A TAP comunicou hoje que já recebeu o segundo novo Airbus A320neo, com a matrícula CS-TSB, da encomenda de 71 aviões ao fabricante europeu que conta receber até 2025.

Banco de Portugal contabiliza recorde de exportações de transporte aéreo de passageiros em 2018

20-02-2019 (14h07)

O Banco de Portugal contabilizou 3,56 mil milhões de euros de exportações portuguesas de transporte aéreo de passageiros em 2018, que constitui um novo recorde anual, +6,8% ou mais 226,4 milhões que em 2017.

Solférias leva às Maldivas agentes de viagens que mais venderem o destino

20-02-2019 (14h02)

O operador turístico Solférias anunciou que vai oferecer oito lugares numa viagem de familiarização (fam trip) às Maldivas às oito agências de viagens que mais venderem os seus programas para este destino.