UNESCO actualiza Património Mundial da Humanidade

02-08-2010 (18h58)

O Comité do Património Mundial da Humanidade da UNESCO,que está reunido em Brasília, anunciou novas entradas para a lista de Património Mundial da Humanidade.

A reunião da UNESCO decorre até amanhã, 3 de Agosto, em Brasília, Brasil, e prevê a inserção de 39 propriedades.
Além da Praça de São Francisco, na cidade de São Cristóvão, no estado brasileiro de Sergipe, o Camino Real de Tierra Adentro, e as cavernas pré históricas de Yagul e Mitla, em Oaxaca, México ( UNESCO acrescenta sítios no Brasil e no México ao Património Mundial da Humanidade), foram também acrescentados novos sítios em diversas partes do Mundo.
A lista do Património Cultural da Humanidade foi aumentada com diversas entradas.
A Citadela Imperial de Thang Long, em Hanoi, Vietname, construída no século XI, os monumentos históricos de Dengfend no “Centro do Céu e da Terra”, China, o sítio arqueológico de Sarazm, no Tajiquistão, a Cidade Episcopal de Albi, em França, e o canal de Singelgrascht (século XVII) em Amesterdão, Países Baixos, são as novas adições ao Património Cultural da Humanidade, que também viu serem estendidos o património cultural das minas de Rammelsberg, em Goslar, Alemanha, pela adição do sistema de gestão da Água de Upper Harz, e a cidade mineira de Roros, na Noruega, com a adição da paisagem cultural, nomeadamente a estrada de transporte de Inverno.
Por outro lado, o bairro de At Turaig em ad-Dir’iyah (Arábia Saudita), 11 estabelecimentos prisionais na Austrália, construídos nos séculos XVIII e XIX, o observatório astronómico de Jantar Mantar, em Jaipur, Índia, o Santuário em Ardabil, no Irão, o complexo histórico do bazar de Tabriz, também no Irão, o atol de Biquíni, nas Ilhas Marshall e as cidades históricas de Hahoe e Yangdong, na República da Coreia, fundadas nos séculos XIV e XV, fazem também parte das novas entradas.
A planície de Putorana, na Reserva Natural de Putoransky, Federação Russa, entrou na lista da UNESCO, juntando-se a novas entradas como as terras altas centrais do Sri Lanka, as ilhas e atóis de Papahānaumokuākea, nos Estados Unidos da América, ou a Área de Conservação de Ngorongoro, Tanzânia.
O Monte San Giorgio, Itália, uma extensão do Monte San Giorgio na Suíça, passou também a fazer parte da lista da UNESCO.
A entidade integrou também o castelo de Eggenberg, em Graz (já considerada Património Mundial da Humanidade), Áustria, a Igreja da Ressurreição do Mosteiro de Suceviţa, Roménia, como parte das “Igrejas da Moldávia”, e o conjunto de arte rupestre do paleolítico em Siega Verde, como extensão do património de arte pré-histórica do Vale do Côa.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Maior travessia marítima do mundo também vai ser atracção turística – Turismo Macau

23-10-2018 (16h16)

A directora dos Serviços de Turismo de Macau disse hoje que a maior travessia marítima do mundo, que liga Macau, Hong Kong e a cidade chinesa de Zhuhai, também vai ser por si só uma atracção para os viajantes.

Sergi Arola recebe Joachim Koerper e João Rodrigues na Rota das Estrelas

22-10-2018 (16h36)

O restaurante LAB by Sergi Arola, no Penha Longa Resort em Sintra, vai ser 'etapa' da Rota das Estrelas, pelo segundo ano consecutivo, com um jantar preparado por três chefs Michelin no dia 7 de Novembro.

The Independente Collective anuncia The Indy House

22-10-2018 (15h47)

O projecto The independente Collective está a anunciar a The Indy House Rooms & Apartments, uma unidade de alojamento junto ao Largo do Intendente, em Lisboa.

Soltrópico anuncia “os melhores preços do réveillon”

22-10-2018 (15h39)

O operador turístico Soltrópico anunciou ao mercado um conjunto de propostas para réveillon, incluindo programas para Açores e Madeira, Marrocos, Cabo Verde, São Tomé, Brasil e Emirados Árabes Unidos.

Solférias lança novo circuito em Marrocos: “As Pérolas do Norte”

22-10-2018 (14h58)

O operador turístico Solférias divulgou para o mercado um novo circuito para viagens a Marrocos, designado “As Pérolas do Norte”, uma viagem de uma semana por Marraquexe, Casablanca, Rabat, Tanger, Meknés e Fez.